Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Existe um Olhar

Não te preocupes com os que não te conhecem, mas esforça-te por seres digno de ser conhecido. (Confúcio)

Existe um Olhar

Não te preocupes com os que não te conhecem, mas esforça-te por seres digno de ser conhecido. (Confúcio)

Nas dunas

IMG_0797.JPG

 Uma nova experiência que me surpreendeu pela positiva.

Caminhar, ouvir o silêncio, com um sol que brilhava, sem ser escaldante, foi das boas sensações que tive em mais uma viagem.

Aqui senti-me pequenina e os meus pensamentos soltaram-se, quais finos grãos de areia, que impediram que a minha mente se perdesse. Pude concentrar-me na imensidão da areia e agradecer por poder experienciar outra visão do mundo.

 Viagem feita com a http://www.zenfamily.pt/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ousa dar o primeiro passo

Caminhando sempre

A nossa caminhada começa com um primeiro passo, quem fica preso no mesmo lugar, não descobre outros caminhos, impede-nos de conhecer outros mundos, outras culturas, novas pessoas, experiências e vivências que nos enriquecem.

Arrisca, ousa e segue o teu destino com determinação e coragem.

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Bateram à minha porta

Era uma porta

Bateram à minha porta em 6 de agosto,
aí não havia ninguém
e ninguém entrou, sentou-se numa cadeira
e transcorreu comigo, ninguém.

Nunca me esquecerei daquela ausência
que entrava como Pedro por sua causa
e me satisfazia com o não ser,
com um vazio aberto a tudo.

Ninguém me interrogou sem dizer nada
e contestei sem ver e sem falar.

Que entrevista espaçosa e especial!

(Últimos Poemas)

Pablo Neruda

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Dia da Terra

Dia da Terra

O Dia da Terra foi criado pelo senador norte-americano Gaylord Nelson no dia 22 de Abril de 1970.

Tendo por finalidade criar uma consciência comum aos problemas da contaminação, conservação da biodiversidade e outras preocupações ambientais para proteger a Terra.

Mais informações aqui

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Raízes que contam histórias

Raízes

As raízes contam histórias, já foram árvores frondosas, deram folhas, flores e algumas frutos, já serviram de sombra, mas tal como na vida tudo é efémero e um dia sucumbem e são apenas destroços que lembram momentos.

Fica um olhar do que imaginamos que  foi .

 

"Afundo um pouco o rio com meus sapatos.

Desperto um som de raízes com isso
A altura do som é quase azul."

Manoel de Barros

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um dia diferente

IMG_1425a.jpg

Hoje não houve Tv, jogos, mensagens de Tm, ou outras coisas que fazem com que não se saia de casa.

Pai e filho sairam à rua, pedalaram, riram, competiram... num radioso dia de Domingo.

Hoje vai sendo raro o convívio ao ar livre e quando vejo situaçãoes destas, dá-me um gosto especial registar.

 

"A arte de viver é simplesmente a arte de conviver... simplesmente, disse eu? Mas como é difícil!"

Mario Quintana

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Hoje colhi uma flor

Uma flor

Quero-te dar chuva de flores pela manhã. E quando quiseres podes vir colher sorrisos directo do quintal da minha alma. Nunca te há-de faltar afecto. E se murchar tua alegria, podes vir buscar uma muda no meu jardim para que a tua floresça outra vez. Se te faltar o vento, eu te sopro carinho. E se te faltarem as cores do dia, a gente pinta tudinho com tons de felicidade. Lá do alto, não te deixarei lhar para baixo e mesmo que escorregues de uma nuvem molhada, eu não te soltarei a mão, não te deixarei cair. Amizade é isso, tecto firme no temporal, água para a sede no deserto, riso para enxugar a lágrima que cai.

Desconhecido

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Depois da vida

Raízes

 

Quando meu coração parar desfeito, 
Em sombra na profunda sepultura; 
E o meu corpo espectral e já perfeito, 
Divagar entre o Olimpo e a terra dura; 

Quando sentir, enfim, todo o meu peito 
A converter-se em luminosa altura; 
Eu, aquele fantasma, o claro eleito, 
O enviado da vida à morte escura; 

Ah, quando, em mim, eu for minha esperança! 
Meu próprio ser, divino e redimido; 
E minha sombra apenas for lembrança, 

Bem longe, em outro mundo transcendente, 
À luz dum sol jamais anoitecido, 
Serei contigo, amor, eternamente. 


Teixeira de Pascoaes

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O sorriso das folhas

Em leque

 

Sorriso audível das folhas,
Não és mais que a brisa ali.
Se eu te olho e tu me olhas,
Quem primeiro é que sorri?
O primeiro a sorrir ri.

Ri, e olha de repente,
Para fins de não olhar,
Para onde nas folhas sente
O som do vento passar.
Tudo é vento e disfarçar.

Mas o olhar, de estar olhando
Onde não olha, voltou;
E estamos os dois falando
O que se não conversou.
Isto acaba ou começou

Fernando Pessoa

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As bolas de sabão

Bolinhas de sabão

As bolas de sabão que esta criança

Se entretém a largar de uma palhinha

São translucidamente uma filosofia toda.

Claras, inúteis e passageiras como a Natureza,

 

Amigas dos olhos como as coisas,

São aquilo que são

Com uma precisão redondinha e aérea,

E ninguém, nem mesmo a criança que as deixa,

Pretende que elas são mais do que parecem ser.

 

Algumas mal se vêem no ar lúcido.

São como a brisa que passa e mal toca nas flores

E que só sabemos que passa

Porque qualquer coisa se aligeira em nós

E aceita tudo mais nitidamente.

Alberto Caeiro

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D