Sábado, 31 de Julho de 2010

Cores de um dia de Verão

A qualidade da nossa vida é determinada pelas actividades que realizamos (Aristóteles)
Julho de 2010 em Porto Santo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 16:37
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
|
Sábado, 24 de Julho de 2010

Tranquilamente ancorados

Baía de Cascais-Julho de 2010
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 22:45
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

Expressões

Pode-se ficar alegre consigo mesmo durante certo tempo, mas a longo prazo a alegria tem de ser compartilhada por duas pessoas.
(Henrik Ibsen)

Mercado medieval-Óbidos-2010
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 02:10
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Sexta-feira, 23 de Julho de 2010

Nem sempre há sorrisos

             "É preferível a tristeza de quem suporta a iniquidade do que a alegria de quem a comete."
           (Santo Agostinho)

 
Mulher egípcia na feira medieval em S. Pedro de Sintra-Julho de 2010
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 00:21
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito
|
Terça-feira, 20 de Julho de 2010

Assusta-me o silêncio.

Assusta-me esse silêncio, essa calma
Deixa-me só com a minha amargura
Marcado pela experiência de vida tão dura
Qual algema que me prende e fere a alma
 
Procuro locais onde veja vida e movimento
Para me dispersar por aí na imensa multidão
Não me deixar envolver nesse sofrimento
Provocado por espaços onde reine a solidão
 
Não páro, não posso adormecer por momentos
Sou assaltado por monstros , fantasmas da vida
Fazem dos meus sonhos, o maior dos tormentos
Tentando agarrar um destino  com a esperança perdida
 
Um poema de João Severino
que deixou aqui
Muito obrigada João
 
Carvoeiro-Peniche- Julho de 2010
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 22:44
link do post | comentar | ver comentários (20) | favorito
|

O intruso

Quando o homem aprender a respeitar até o menor ser da criação, seja animal ou vegetal, ninguém precisará ensiná-lo a amar seus semelhantes".
Albert Schweitzer - Prêmio Nobel da Paz em 1952

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 18:28
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Segunda-feira, 19 de Julho de 2010

Colorindo o céu

Quando o mundo se tornar confuso ne concentrarei nas fotografias.
Quando as imagens se tornarem inadequadas me contentarei com o silêncio.
(Ansel Adams)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 20:40
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
|
Domingo, 18 de Julho de 2010

Ir, estar, voltar e despedir-se

 "Porque eu sou do tamanho do que vejo/E não do tamanho da minha altura..."

(Alberto Caeiro)

 

Praia do Rio Cortiço-Óbidos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 22:39
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
|
Sexta-feira, 16 de Julho de 2010

Ausência

Por muito tempo achei que a ausência é falta.
E lastimava, ignorante, a falta.
Hoje não a lastimo.
Não há falta na ausência.
A ausência é um estar em mim.
E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços,
que rio e danço e invento exclamações alegres,
porque a ausência, essa ausência assimilada,
ninguém a rouba mais de mim.

Carlos Drummond de Andrade
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 23:59
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|
Quinta-feira, 15 de Julho de 2010

Há dias de luz

Às vezes, em dias de luz perfeita e exacta,
Em que as coisas têm toda a realidade que podem ter,
Pergunto a mim próprio devagar
Porque sequer atribuo eu
Beleza às coisas.

Uma flor acaso tem beleza?
Tem beleza acaso um fruto?
Não: têm cor e forma
E existência apenas.
A beleza é o nome de qualquer coisa que não existe
Que eu dou às coisas em troca do agrado que me dão.
Não significa nada.
Então porque digo eu das coisas: são belas?

Sim, mesmo a mim, que vivo só de viver,
Invisíveis, vêm ter comigo as mentiras dos homens
Perante as coisas,
Perante as coisas que simplesmente existem.

Que difícil ser próprio e não ser senão o visível!

                                        Alberto Caeiro

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 23:51
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Quarta-feira, 14 de Julho de 2010

Contornos do tempo

Cortar o tempo

Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias,
a que se deu o nome de ano,
foi um indivíduo genial.

Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão.

Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos.
Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui pra diante vai ser diferente

Carlos Drummond de Andrade
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 17:54
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
|
Terça-feira, 13 de Julho de 2010

Jogada no lixo

Encontrei-a num monte de entulho, trouxe-a para aqui, para que perdure no meu olhar.
Há coisas que nunca morrem.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
tags: , , , ,

publicado por Existe um Olhar às 20:45
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
|
Segunda-feira, 12 de Julho de 2010

Estranhos olhares

"Nao vemos as coisas como sao, vemos as coisas como somos!"
Mercado Medieval em Óbidos-Julho de 2010
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 22:59
link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito
|

A Feiticeira

"Há sempre, nas mais sinceras confissões das mulheres, um cantinho de silêncio." (Paul Bourget)

 

Mercado Medieval em Óbidos - Julho de 2010

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 01:20
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
|
Domingo, 11 de Julho de 2010

Regresso

Se não semearmos nada é porque não somos nada e se não somos nada, não precisaríamos estar aqui, pois não temos nada a oferecer.
 
Depois de uma avaria na máquina fotográfica, eis que regresso!
 
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 17:08
link do post | comentar | ver comentários (18) | favorito
|
Quarta-feira, 7 de Julho de 2010

Jaca e baunilha

A jaca é o fruto da jaqueira, árvore tropical trazida da Índia para o Brasil no século XVIII. É uma árvore que chega a 20 m de altura e seu tronco tem mais de 1 m de diâmetro A fruta nasce no tronco e nos galhos inferiores da jaqueira e são formados por gomos, sendo que cada um contém uma grande semente recoberta por uma polpa cremosa. Apresenta cor amarelada e superfície áspera, quando madura. As variedades mais cultivadas da jaqueira são: jaca-dura, jaca-mole e jaca-manteiga.
Conheci e provei este fruto numa fazenda em Zanzibar.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 21:28
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
|
Terça-feira, 6 de Julho de 2010

No Lago Vitória

O dia estava cinzento e abafado.
Demos um passeio ao longo deste lago com a ajuda desta simpática jovem de 15 anos que resolveu aprender a falar inglês para guiar os turistas e assim poder ganhar algum dinheiro.
Era olhada com admiração e respeitada por todos os que moravam naquela aldeia de pescadores.
Aproveita-se para lavar a bicicleta!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 00:27
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
|
Segunda-feira, 5 de Julho de 2010

Continuo na selva

Na plenitude da felicidade, cada dia é uma vida inteira.

Johann Goethe
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 00:54
link do post | comentar | ver comentários (17) | favorito
|
Domingo, 4 de Julho de 2010

Sai petisco

 
Bar-Covão dos Musaranhos-Lagoa de Óbidos
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 00:49
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
|
Sábado, 3 de Julho de 2010

Gigantes pacíficos

"A natureza delicia-se na comida mais simples. Todos os animais, excepto o homem, comem um só prato." (Joseph Addison)

 

Parque do Serengeti-Tanzânia

Novembro de 2009

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 11:22
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
|
Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

.Quem me segue

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 226 seguidores

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
14
16
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. O templo dourado

. Caíram desamparadas

. Fui lá...

. Tudo ao contrário

. Há pano para mangas

. Eu quero uma casa no camp...

. A descer

. Chapéus há muitos

. Tu que passas...

. Em tons de verde

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. O regresso

. A MORTE e as PENAS.

. As cores do tempo

. ...Ah e tal são meras Teo...

. O cheiro da luz

. Um Livro, Uma Imagem

. A verdadeira história de ...

. CARTA À MINHA AMIGA INÊS

.links

.Lista de links

.Quem me visita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds