Quinta-feira, 14 de Abril de 2011

O espelho da alma

Os espelhos são usados para ver o rosto; a arte para ver a alma.

(George Bernard Shaw)

 

Março de 2011

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
tags: ,

publicado por Existe um Olhar às 21:12
link do post | comentar | ver comentários (18) | favorito
|
Quarta-feira, 13 de Abril de 2011

Solta-se o beijo...

 

Espreito por uma porta encostada
Sigo as pegadas de luz
Peço ao gato "xiu" para não me denunciar

Toca o relógio sem cuco
Dá horas à cusquice das vizinhas e eu
Confesso às paredes de quem gosto
Elas conhecem-te bem

Aconchego-me nesta cumplicidade
Deixo-me ir nos trilhos traçados
Pela saudade de te encontrar
Ainda onde te deixei

Trago-te o beijo prometido
Sei o teu cheiro mergulho no teu tocar
Abraças a guitarra e voas para além da lua

Amarro o beijo que se quer soltar
Espero que me sintas para me entregar
A cadeira, as costas, o cabelo e a cigarrilha
A dança do teu ombro...

E nesse instante em que o silêncio
É o bater do coração
Fecha-se a porta
Pára o relógio
As vizinhas recolhem
Tu olhas-me...

Tu olhas-me...

 

(Ala dos Namorados e Sara Tavares)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
tags:

publicado por Existe um Olhar às 19:17
link do post | comentar | ver comentários (23) | favorito
|

A mão que me ampara

 

Hoje não há palavras, preferi música..."Mãos" de António Pinho Vargas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 09:57
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
|
Terça-feira, 12 de Abril de 2011

Não são servidos, pois não?

 

Depois de um belo fim de tarde na praia, nada como umas saborosas amêijoas à Bolhão de Pato

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 23:30
link do post | comentar | ver comentários (20) | favorito
|

Descobrindo a beleza

 

 

Vivemos só para descobrir beleza. Todo o resto é uma forma de espera. 

(Frase de Gibran Khalil Gibran)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
tags:

publicado por Existe um Olhar às 18:30
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
|

Fonte luminosa

 

"Muita luz é como muita sombra: não deixa ver."

(Carlos Castaneda)

 

Rotunda da fonte luminosa

Caldas da Rainha

Março de 2011

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 08:34
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Segunda-feira, 11 de Abril de 2011

A luz ilumina os artistas

 

 

A arte diz o indizível; exprime o inexprimível, traduz o intraduzível. 

 ( Leonardo da Vinci)

 

Centro de alto desenvolvimento de badminton

Caldas da Rainha

Março de 2011

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 17:30
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito
|

Uma rosa para a Rosinda

 

FAZER ANIVERSÁRIO
Fazer aniversário é ter a certeza de que ao menos uma vez ao ano a vida será vista de uma maneira diferente.
Fazer aniversário é brincar de crescer e quem sabe mais tarde virar "gente".
É sorrir sem ter motivo ou chorar pela mesma coisa.
É ter de novo a certeza de que os sonhos ainda poderão realizar-se
É reconhecer que amigos se importam com a sua importância.
É contar o tempo que se viveu e o que se deixou de viver.
É luz na escuridão.
É lembrar da vitória de um dia ter sido embrião.
É aprender a valorizar o tempo.
É contar com a presença dos ausentes.
É tornar novo o que se fez velho.
É fazer do novo o sempre.
Enfim,fazer aniversário é contar, os minutos, as horas os dias meses e anos,e muito mais que tudo isso,
Fazer aniversário é saber que só se nasce uma vez e que por isso a oportunidade de viver é única e isso torna o valor da vida sem valor, porque Fazer aniversário é viver sem preço, mas viver feliz.

(Lyndcey Lee)

 

Muitos Parabéns amiga.

Que tenhas um dia muito feliz!

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 06:33
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
|
Domingo, 10 de Abril de 2011

Perdida

 

Poema sobre a recusa

Como é possível perder-te
sem nunca te ter achado
nem na polpa dos meus dedos
se ter formado o afago
sem termos sido a cidade
nem termos rasgado pedras
sem descobrirmos a cor
nem o interior da erva.

Como é possível perder-te
sem nunca te ter achado
minha raiva de ternura
meu ódio de conhecer-te
minha alegria profunda
 
(Maria Teresa Horta)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 15:30
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|
Sábado, 9 de Abril de 2011

Se o destino é o infinito o caminho é nas alturas

 

Superfície azul do céu,
asas em curva de dores,
Fernão Capelo levanta e voa,
porque voar é importante,
mais que comer e viver.

Caro é pensar diferente,
viver em infinitos,
voar dias inteiros
só aprendendo a voar.

Gaivota que se preza
tem de sentir as estrelas,
analisar paraísos,
conquistar múltiplos espaços.

Gaivota que se preza
precisa buscar perfeição.
Importante é olhar de frente,
em uma, em dez, cem mil vidas.

Para Fernão nada é limite:
voa, treina, aprende,
paira sobre o comum do viver.

Se o destino é o infinito,
o caminho é nas alturas!
 
Fernão Capelo Gaivota
 
Ericeira- Abril de 2011
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 23:22
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito
|
Sexta-feira, 8 de Abril de 2011

Farol do Penedo da Saudade

 

O farol do Penedo da Saudade é um farol português que se localiza na estrada junto à costa, cerca de 800 metros a Norte de São Pedro de Moel, freguesia e concelho da Marinha Grande, distrito de Leiria.

Trata-se de uma torre quadrangular de cantaria, com edifício anexo revestido a azulejos cor castanho avermelhado e farolim vermelho. Tem 32 metros de altura.

 

VISITA VIRTUAL

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 17:46
link do post | comentar | ver comentários (17) | favorito
|
Quinta-feira, 7 de Abril de 2011

Vai...

 

 

 

 

 

Para sonhar o que poucos ousaram sonhar.
Para realizar aquilo que já te disseram que não podia ser feito.
Para alcançar a estrela inalcançável.

Essa será a tua tarefa: alcançar essa estrela.
Sem quereres saber quão longe ela se encontra;
nem de quanta esperança necessitarás;
nem se poderás ser maior do que o teu medo.
Apenas nisso vale a pena gastares a tua vida.

Para carregar sobre os ombros o peso do mundo.
Para lutar pelo bem sem descanso e sem cansaço.
Para enxugar todas as lágrimas ou para lhes dar um sentido luminoso.
Levarás a tua juventude a lugares onde se pode morrer, porque precisam lá de ti.
Pisarás terrenos que muitos valentes não se atreveriam a pisar.
Partirás para longe, talvez sem saíres do mesmo lugar.

(Paulo Geraldo)

 

 

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
tags:

publicado por Existe um Olhar às 23:55
link do post | comentar | ver comentários (19) | favorito
|

A minha alegre casinha

 

Que saudades eu já tinha da minha alegre casinha...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 18:30
link do post | comentar | ver comentários (19) | favorito
|
Quarta-feira, 6 de Abril de 2011

A paz com que sonhei

 

Eu sonhei que todo mundo era feliz,
que todos sentiam o amor e que todas as pessoas viviam em paz ... E ainda vou seguir com o mesmo sonho!

Mara Chan

 

Lago de Pataias que a minha amiga Joana teve a simpatia de me mostrar.

Um sítio de paz!

6 de Março de 2011

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 23:40
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito
|

Recantos e encantos

 

 

O céu não estava azul, mas a temperatura já convidava a passear no areal e mesmo a tomar uma bela banhoca.

Um lugar magnífico e muito bem preservado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 08:30
link do post | comentar | ver comentários (19) | favorito
|
Terça-feira, 5 de Abril de 2011

E ao longe a Berlenga

 

O Arquipélago das Berlengas está situado a 16 km a oeste de Peniche. O arquipélago é um possante bloco granítico.

Fazem parte deste arquipélago três pequenos ilhéus:

  • Berlenga Grande
  • Estelas
  • Farilhões (-Forcados).

A parte mais importante da ilha é chamada Berlenga e representa mais de 2/3 da superfície total da ilha. A outra parte chama-se Ilha Velha e encontra-se separada da restante ilha pela erosão maritima.

A Reserva Natural das Berlengas está com a candidatura a Reserva da Unesco

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
tags:

publicado por Existe um Olhar às 18:00
link do post | comentar | ver comentários (18) | favorito
|
Segunda-feira, 4 de Abril de 2011

Cerâmica das Caldas da Rainha

 

 

 

 

 

 

 

A actividade desenvolveu-se historicamente na região a partir dos solos  ricos em argila, o que é indicado, por exemplo, na toponímia Bombarral , onde "barral" (ou "barreiro") designa um local de onde se tira barro.

A primeira fase da cerâmica Caldense iniciou-se na década de 1820, com a produção de D. Maria dos Cacos, caracterizada pela monocromia verde-cobre ou castanho-manganês de peças de tipo utilitário (funcionalista) de gosto popular. Um segundo momento é marcado, em meados do século, pela renovação introduzida por Manuel Cipriano Gomes Mafra, mais tarde conduzida ao seu ápice por Rafael Bordalo Pinheiro e discípulos seus, como por exemplo Francisco Elias.

As peças produzidas a partir de então caracterizam-se pela profusão de modelos formais, assim como por uma diversificada abordagem de temas decorativos. Os principais tipos da chamada "louça das Caldas" são:

  • Utilitária
    • louça de cozinha - apresentada em duas abordagens distintas: a contemporânea, com linhas e design simples, para uso diário; e a naturalista, representando folhas de couve, de alfaces, peixes, fruta, enchidos, etc.

Humorística/Peculiar

  • Decorativa
  • Erótica
  • Caricaturista
  • Naturalista

Hoje ao fazer a pé um percurso que costumo fazer de carro , reparei nas paredes que decoravam um viaduto recentemente construído, como levava a máquina, aproveitei para testemunhar a beleza das paredes. É bom andar a pé!

Espero que gostem também do vídeo que aqui deixo, sobre o que de melhor se faz nas Caldas da Rainha

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 16:33
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Domingo, 3 de Abril de 2011

A arte de viver

A arte de viver é simplesmente a arte de conviver ... simplesmente, disse eu? Mas como é difícil!

Mário Quintana

 

4 de Abril de 2011

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
tags: ,

publicado por Existe um Olhar às 22:40
link do post | comentar | ver comentários (15) | favorito
|
Sábado, 2 de Abril de 2011

Brincadeiras

 

 

 

 

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 16:55
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
|
Sexta-feira, 1 de Abril de 2011

Quando a Lua acordar

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
tags: ,

publicado por Existe um Olhar às 23:00
link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito
|
Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

.Quem me segue

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 227 seguidores

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
14
16
18

19
22
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Hoje vou meter água

. Quem sou eu?

. Porta número 8

. O templo dourado

. Caíram desamparadas

. Fui lá...

. Tudo ao contrário

. Há pano para mangas

. Eu quero uma casa no camp...

. A descer

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. O regresso

. A MORTE e as PENAS.

. As cores do tempo

. ...Ah e tal são meras Teo...

. O cheiro da luz

. Um Livro, Uma Imagem

. A verdadeira história de ...

. CARTA À MINHA AMIGA INÊS

.links

.Lista de links

.Quem me visita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds