Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Existe um Olhar

Não te preocupes com os que não te conhecem, mas esforça-te por seres digno de ser conhecido. (Confúcio)

Existe um Olhar

Não te preocupes com os que não te conhecem, mas esforça-te por seres digno de ser conhecido. (Confúcio)

Além da terra, além do céu


Além da Terra, além do Céu,
no trampolim do sem-fim das estrelas,
no rastro dos astros,
na magnólia das nebulosas.
Além, muito além do sistema solar,
até onde alcançam o pensamento e o coração,
vamos!
vamos conjugar
o verbo fundamental essencial,
o verbo transcendente, acima das gramáticas
e do medo e da moeda e da política,
o verbo sempreamar,
o verbo pluriamar,
razão de ser e de viver.

 
(Carlos Drummond de Andrade)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Porque nunca é tarde...

Não procures mais a solidão
Não te escondas pela multidão
Eu só quero encontrar-te aqui
Num sonho meu

Hoje mesmo vou-te dar a mão
Passear-te sem tocar no chão
Eu só quero abraçar-te aqui
Num sonho meu

Porque nunca é tarde
Para alguém sonhar
Eu só queria poder acordar
Num sonho teu

Porque nunca é tarde
Para alguém amar
Eu só queria poder acordar
Num sonho teu

Se algum dia tu chamares por mim
Se algum dia tu amares assim
Saberás tu acordar aqui
Num sonho meu

 

(Delfins-música)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Não há como fugir ao destino

 
 

Parado e atento à raiva do silêncio
de um relógio partido e gasto pelo tempo
estava um velho sentado no banco de um jardim
a recordar fragmentos do passado

na telefonia tocava uma velha canção
e um jovem cantor falava da solidão
que sabes tu do canto de estar só assim
só e abandonado como o velho do jardim?

o olhar triste e cansado procurando alguém
e a gente passa ao seu lado a olhá-lo com desdém
sabes eu acho que todos fogem de ti pra não ver
a imagem da solidão que irão viver
quando forem como tu
um velho sentado num jardim

passam os dias e sentes que és um perdedor
já não consegues saber o que tem ou não valor
o teu caminho parece estar mesmo a chegar ao fim
pra dares lugar a outro no teu banco do jardim

o olhar triste e cansado procurando alguém
e a gente passa ao seu lado a olhá-lo com desdém
sabes eu acho que todos fogem de ti pra não ver
a imagem da solidão que irão viver
quando forem como tu
um resto de tudo o que existiu
quando forem como tu
um velho sentado num jardim

 

Mafalda Veiga-música

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Espelho de água

Olhos bem abertos, percorro a paisagem
E guardo o que vejo, para sempre, uma clara imagem
Um manto imenso de água, um pingo move o mundo,
Corrente forte exacta, de um azul quase profundo,

Um sopro de ar, faz girar, o mundo melhor,
Raio de sol, luz maior, para partilhar,
O espelho nunca mente, fiel como ninguém,
Faz da vida, paixão energia, que toca sempre mais
alguém,

Refrão

Vai, espelho de água, trata e guarda, o que é nosso afinal,
Em nós, vive a arte, de ser parte, de um mundo melhor,
Eu sei, que gestos banais, parecem pouco, mas talvez sejam fundamentais,

Vai, espelho de água, trata e guarda, o que é nosso afinal,

Em nós, vive a arte, de ser parte, de um mundo melhor,
Vai, espelho de água, trata e guarda, o que é nosso
afinal,
Em nós,vive a arte, de ser parte, de um mundo melhor, vai.

 

Paulo Gonzo-música

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

A vida é uma passagem

 
 
Parque Rainha D. Leonor- Caldas da Rainha
Outubro de 2011
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Gotas de água numa manhã de chuva

Gota de Água

Eu, quando choro,
não choro eu.
Chora aquilo que nos homens
em todo o tempo sofreu.
As lágrimas são as minhas
mas o choro não é meu.
(António Gedeão)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sou como um rio

Eu sempre gostei de ti
Eu sempre te conheci
Nunca pensei que me deixasses só

Eu sempre te procurei
Eu nunca te abandonei
Nunca pensei que te sentisses só

Sou como um rio
Que vive só para ti
Correndo só para te ver
Sou como um rio
Que acaba ao pé de ti
Foi sempre assim
Gostar de ti

Poque é que tudo acabou?
O que é que para ti mudou?
Que agora tenho de viver sem ti

Sou como um rio
Que vive só para ti
Correndo só para te ver
Sou como um rio
Que acaba ao pé de ti
Foi sempre assim
Gostar de ti

 

Delfins-música

 

Rio Mondego visto de Penacova

Outubro de 2011

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Em dois tons

 

 

De cores fortes ou suaves de pincelada firme de quem sabe que o que vemos é sempre o espelho daquilo que sentimos no momento.

O enigma do preto e branco, a profusão e clareza das  cores , são ao fim e ao cabo pedaços de vida que colorimos ao sabor das emoções fazendo uso dos sentidos, dos olhares e da eterna vontade de navegar por mundo desconhecidos.

Ancoramos em qualquer porto, rebastecemo-nos de alegria, de estrelas diferentes que brilham à noite e da eterna vontade de atracar num porto seguro.

A ideia de dois tons diferentes foi tirada daqui

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

A vida num olhar

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Contorcemo-nos... dobramos a vida quando ela teima dobrar-nos a nós.

 Lutamos enfim, para nunca ficarmos sós e se algum mérito tiver este esforço por vezes atroz,
que seja um sorriso, um gesto, um olhar que tome conta de nós
 
Copiei do blog do Pedro Alves esta forma de mostrar a mesma fotografia a P&B e a cores, gostei do efeito.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Alfredo Sfeir-Younis

Somos o que pensamos. Tudo o que somos surge com nossos pensamentos. Com os nossos pensamentos, fazemos o nosso mundo.
(Buda)
 
Alfredo Sfeir-Younis, economista ambiental, chileno de origem libanesa, trabalhou no Banco Mundial durante 30 anos, e foi também o seu representante nas Nações Unidas e na Organização Mundial do Comércio. Alfredo adotou como uma das suas várias residências uma pacata aldeia do Oeste de Portugal e, apesar de estar reformado, tem uma vida ativa e plena: vai regularmente ao Oriente, tem aulas com os seus mestres, faz peregrinações e meditação. Por outro lado, coordena a sua fundação, dá conferências um pouco por todo o mundo e colabora esporadicamente com alguns bancos e universidades em planos de desenvolvimento. Recebeu diferentes prémios internacionais, entre os quais Lifetime Ambassador of Peace (2001); The 2003 Peace, Mercy and Tolerance Award (2003); The Person of the Year, World Ass. Of Retired Persons, NYC (2004). É ainda autor de vários livros e presidente do Zambuling Institute for Human Transformation (ZIHT).
O nome espiritual Cho Tab Khen Zambuling foi-lhe concedido pelo mestre tibetano Lama Gangchen Tulku Rimpoche, e significa o Sanador do Mundo.
 
Meditação na Papoa- Peniche
Outubro de 2011
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pág. 1/4

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D