Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Existe um Olhar

Não te preocupes com os que não te conhecem, mas esforça-te por seres digno de ser conhecido. (Confúcio)

Existe um Olhar

Não te preocupes com os que não te conhecem, mas esforça-te por seres digno de ser conhecido. (Confúcio)

Perdida no tempo

 

_MG_3263 (1).JPG

 

Esqueceu-se que o tempo tinha passado, ficou ali a lembrar o tempo em que era verde e jovem agarrada à mãe árvore.

Lembrou as cores brilhantes, o viço dos dias de verão, o amarelo/alanrajado do Outono.
Um dia uma brisa que passou fez com que se deprendesse da árvore e caiu, a partir daí passou a viver de sonhos e ilusões e desejou que o tempo voltasse para trás.
Se ela me me ouvisse dir-lhe-ia uma frase de Sébastien-Roch Chamfort

 

"O prazer pode apoiar-se sobre a ilusão, mas a felicidade repousa sobre a realidade."

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Umas vezes pinga outras não

IMG_5054 (1).JPG


Como torneira
Que pinga
Gota a gota
E ninguém liga,
Assim o tempo
Leva de nós
Aos poucos
A vida...

Davi Roballo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Castelo de Montalegre

IMG_4800a.jpg

O Castelo de Montalegre foi construído já tardiamente, inserindo-se no movimento empreendido por D. Afonso III para a reorganização das fornteiras a oeste e a este de Chaves. O objetivo da sua construção foi o de que a fronteira setentrional de Trás-os-Montes fosse dotada de uma efetiva ordem territorial e jurídica, que deveria ficar sob o poder do Rei. No entanto, esse domínio régio durou pouco tempo, sendo que, ainda antes do término do século XIII, Pedro Anes recebeu, por parte do rei D. Dinis, a carta de foral de Montalegre, com o objetivo de povoar estas terras, já que, por essa altura, Montalegre encontrava-se completamente deserta.

Situado na Freguesia, Vila e Concelho de Montalegre, no distrito de Vila Real, em Portugal, no topo de um monte granítico, 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Liberta-te

IMG_5097.JPG

 

O pior cárcere não é o que aprisiona o corpo, mas o que asfixia a mente e algema a emoção. Sem liberdade, as mulheres sufocam seu prazer. Sem sabedoria, os homens se tornam máquinas de trabalhar.

Augusto Cury

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Meus olhos e eu

IMG_5506a.jpg


De frente ao espelho,
“eu e meus eus”,
meus olhos e eu
observando 
os reflexos ampliados
das marcas do tempo,
no corpo e na alma

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

IMG_6562 (2).JPG

 Ter fé não se explica, ou se tem ou não.

Ter um sonho não basta, é preciso acreditar que o podemos alcançar e transformar essa fé no motor que nos levará até ele.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

A janela indiscreta

IMG_4569a.jpg

 O que se vê depende sobretudo da forma como olhamos para elas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pedalando com Joaquim Agostinho

IMG_6559a.jpg

 Joaquim Agostinho nasceu em Torres Vedras a 7 de Abril de 1943 e faleceu a 10 de Maio depois de dez dias em coma em consequência de uma queda sofrida numa etapa na X etapa da volta ao Algarve 
Já tinha fotografada a estátua dele no centro da cidade e de volta a Torres recentemente vi uma série de placas como as da foto mesmo na entrada da cidade.

Joaquim Agostinho começou a praticar ciclismo no Sporting Clube de Portugal, equipa que o descobriu ao treinar perto de Casalinhos de Alfaiate em Torres Vedras, começando a praticar já com 25 anos de idade. Ainda assim, conseguiu evoluir de tal forma que é usualmente referido como o melhor ciclista português de todos os tempos.

A sua carreira internacional começou em 1968, depois de ter sido observado pelo director desportivo francês Jean de Gribaldy. Obteve resultados de destaque na Volta à Espanha, vários dias de amarelo e um segundo lugar final, distando apenas 11 segundos da vitória, e na Volta a França onde terminou duas vezes no pódio e venceu a mítica etapa do Alpe d`Alpe d`Huez.

O seu modo de pedalar era peculiar: por ter aprendido tardiamente (por volta dos 23 anos), e logo em seguida começar treinos mais pesados, sofria constantes quedas. Era bastante desengonçado, o que lhe rendeu o apelido de "Quim Cambalhotas".

 

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Madressilva

 

_MG_0480.JPG

 A madressilva é um arbusto que pertence à familia das plantas Caprifoliáceas. Esta planta tem a sua origem nas terras do continente europeu, na zona meridional.

O signíficado desta trepadeira relaciona-se diretamente com a fraternidade. É especialmente usada para expressar o amor sobretudo em laços de amizade ou de família.

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pelo Tejo vai-se para o mundo

IMG_6374a.jpg

 O Tejo é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia, 
Mas o Tejo não é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia 
Porque o Tejo não é o rio que corre pela minha aldeia. 
O Tejo tem grandes navios 
E navega nele ainda, 
Para aqueles que vêem em tudo o que lá não está, 
A memória das naus. 
O Tejo desce de Espanha 
E o Tejo entra no mar em Portugal. 
Toda a gente sabe isso. 
Mas poucos sabem qual é o rio da minha aldeia 
E para onde ele vai 
E donde ele vem. 
E por isso porque pertence a menos gente, 
É mais livre e maior o rio da minha aldeia. 
Pelo Tejo vai-se para o Mundo. 
Para além do Tejo há a América 
E a fortuna daqueles que a encontram. 
Ninguém nunca pensou no que há para além 
Do rio da minha aldeia. 
O rio da minha aldeia não faz pensar em nada. 
Quem está ao pé dele está só ao pé dele. 

Alberto Caeiro, in "O Guardador de Rebanhos - Poema XX" 
Heterónimo de Fernando Pessoa 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pág. 1/2

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D