Quarta-feira, 27 de Outubro de 2010

Um resto de tudo

Olha estas velhas árvores, mais belas
Do que as árvores moças, mais amigas,
Tanto mais belas quanto mais antigas,
Vencedoras da idade e das procelas...
O homem, a fera e o inseto, à sombra delas
Vivem, livres da fome e de fadigas:
E em seus galhos abrigam-se as cantigas
E os amores das aves tagarelas.
Não choremos, amigo, a mocidade!
Envelheçamos rindo. Envelheçamos
Como as árvores fortes envelhecem,
Na glória de alegria e da bondade,
Agasalhando os pássaros nos ramos,
Dando sombra e consolo aos que padecem!

(Olavo Bilac)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 00:42
link do post | comentar | favorito
|
12 comentários:
De DyDa/Flordeliz a 27 de Outubro de 2010 às 01:46
"Envelheçamos sorrindo"?

Mas eu não sou árvore, sou gente, que sente
E tenho de agasalhar o meu descendente
Preciso de genica, ter força, ser resistente
Se aceito a sorrir que estou a envelhecer
Não tarda adormeço e me deixo desfalecer
E depois que importa se parto satisfeita
Eu quero é agora, sentir-me perfeita
Não quero ser sombra, muito menos silhueta
Quero ser mulher, rodopiar, fazer pirueta
Amar ser amada sem lembrar da idade
Poder sorrir ou cantar se me der vontade


É a hora...

Ficou bonito o sol a bater na folha que ainda não perdeu a cor.

Beijinho


De Existe um Olhar a 27 de Outubro de 2010 às 20:29
E ficou ainda mais bonito o poema que aqui deixaste.
Lindo mesmo!

Beijos
Manu


De Jorge Soares a 27 de Outubro de 2010 às 09:00
Adoro estas imagens.... detalhes da natureza que é sempre bela.. bem apanhada.

Jorge


De Existe um Olhar a 27 de Outubro de 2010 às 20:30
Obrigada Jorge.

Beijos
Manu


De Rosinda a 27 de Outubro de 2010 às 10:45
Bom dia Manu!
A foto está linda, o poema está óptimo.
Quando olhei para a foto somente me ocorreu que apesar dos ramos envelhecidos, no topo (cabeça) ainda há ramos a desabrochar. :-) Eu quero morrer assim, de pé como as árvores!
Um beijinho
Rosinda

PS: Já reparas-te que a nossa amiga Flor tem uma veia poética muito interessante....? Gostei!
Beijo Flor


De Existe um Olhar a 27 de Outubro de 2010 às 20:32
Olá Rosinda
Já não é a primeira vez que a Flor deixa aqui os seus dotes de poetisa.

Beijos
Manu


De FatimaSoares a 27 de Outubro de 2010 às 11:03
Olá Manu! Com a idade vem a sabedoria e a paz que permite viver a vida mais aproveitadamente e tal como as árvores o nosso "cerne" não tem idade. Um beijinho Bom resto de semana.


De Existe um Olhar a 27 de Outubro de 2010 às 20:34
Olá Fátima
A vida está dentro de nós para a vivermos e aproveitarmos da melhor maneira possível.

Beijos
Manu


De cuidandodemim a 27 de Outubro de 2010 às 13:19
Quem nos dera envelhecer assim como descreve Olavo Bilac. Cada vez mais belos, abrigando os amigos, rindo, fortes e bondosos...
Bjns


De Existe um Olhar a 27 de Outubro de 2010 às 20:35
Tudo depende das nossas escolhas, do modo como queremos orientar a nossa vida.

Beijos
Manu


De Joana a 27 de Outubro de 2010 às 13:26
Olhando para a foto, também se pode dizer que são os últimos vestígios do velho, que vai dar lugar ao novo.

Beijinhos


De Existe um Olhar a 27 de Outubro de 2010 às 20:37
Sempre em constante renovação, não é Joana? É o ciclo da vida.

Beijos
Manu


Comentar post

Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

.Quem me segue

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 227 seguidores

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
14
16
18

19
22
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Hoje vou meter água

. Quem sou eu?

. Porta número 8

. O templo dourado

. Caíram desamparadas

. Fui lá...

. Tudo ao contrário

. Há pano para mangas

. Eu quero uma casa no camp...

. A descer

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. O regresso

. A MORTE e as PENAS.

. As cores do tempo

. ...Ah e tal são meras Teo...

. O cheiro da luz

. Um Livro, Uma Imagem

. A verdadeira história de ...

. CARTA À MINHA AMIGA INÊS

.links

.Lista de links

.Quem me visita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds