Quinta-feira, 26 de Junho de 2014

À caça de borboletas


Para mim conseguir uma foto com borboletas é tão difícil como acertar num número que seja do euromilhões. Desta vez andei feita maluquinha atrás desta pelo mato fora. Consegui este exemplar que andou a fazer fintas o tempo todo e a gozar com a minha cara. Não ficou como ambicionei, mas tentei e deu nisto.


“Nossas vitórias não consistem no tamanho do que conquistamos e sim na importância de nunca termos desistido.” 

LF Magister


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 15:12
link do post | comentar | favorito
|
14 comentários:
De Rui Pires a 26 de Junho de 2014 às 16:50
Gostei da comparação e adorei a foto!
bjs


De Existe um Olhar a 27 de Junho de 2014 às 21:35
A foto podia ter ficado mais nítida, não fosse a borboleta ser teimosa e fugir-me sempre que pensava que já a tinha apanhado...os bichos com asas não querem nada comigo
Muito obrigada
Beijos Rui


De Ana Freire a 26 de Junho de 2014 às 19:22
Como a foto está deslumbrante... só posso concluir que a Manu acertou nos números todos...
Essa combinação de cores que pensaria ser impensável, resultou num efeito absolutamente surpreendente!
Adoro!!!! A foto está lindíssima!
Beijinhos, e boa recuperação!
Ana


De Existe um Olhar a 27 de Junho de 2014 às 21:38
Ai Ana eu queria melhor, mas as borboletas não querem nada comigo, eu bem que me aproximei devagarinho e quando eu pensava que ia tirar uma macro brutal, saiu esta amostra, mas não vou desistir.
Obrigada pelas palavras.
A recuperação estar a correr bem

Beijos Ana


De Elisa Fardilha a 26 de Junho de 2014 às 20:23
Uauuuuuuuuuuuuuuuu...uma borboleta!

Como nunca mais vi nenhuma até penso que estejam em extinção.

A foto está excelente. Adorei!

Beijinhos.


De Existe um Olhar a 27 de Junho de 2014 às 21:39
Penso que elas gostam de climas mais quentes e com menos vento, esta foi mesmo um achado, embora não tenha saído como queria vou tentando.

Beijos Elisa


De Miguel Alexandre Pereira a 26 de Junho de 2014 às 22:20
Uma foto simplesmente brutal, adoro! Belo pormenor, gostei especialmente. Grande trabalho :)


De Existe um Olhar a 27 de Junho de 2014 às 21:41
Queria uma macro, estava preparadinha para a caçar com a objectiva certa e de repente foi-se.
Ainda bem que gostaste.

Beijos Miguel


De Remus a 27 de Junho de 2014 às 17:40
Já somos dois. As borboletas também "fogem a sete asas" de mim. E quando, vá-se lá perceber o porquê, existe uma que me dá o beneficio da dúvida e espera por mim, é sempre coisa de pouca dura. Quando já estou a começar a acertar nos parâmetros e na focagem, já ela está a dar de "frosques" e fico sempre com meias fotografias.


Apesar de esta não ter ficado perfeita e como ambicionou, foi claramente uma boa tentativa. Estou completamente solidário consigo. E diria mais: As borboletas são más!


De Existe um Olhar a 27 de Junho de 2014 às 21:45
Será do cheiro? Será da roupa? ou simplesmente não vão com a nossa cara?

São mazinhas são, ou então somos nós que não temos paciência? Já me lembrei de pegar numa rede e ir por aí caçá-las, sem lhes dar hipótese de se escapulirem, a minha teimosia não acabou aqui.

Beijos Remus


De meninaquenaosabenada a 27 de Junho de 2014 às 21:43
Conseguir uma fotografia com borboletas ainda é mais dificil para mim porque,por aqui na minha zona,borboletas coloridas são muito raras,adoraria que elas um dia voltassem a voar pelos meus jardins,sempre gostei de borboletas coloridas!! Beijinhos fofinhos!!


De Existe um Olhar a 27 de Junho de 2014 às 21:48
Por aqui também são raras, mas a sul já as há com fartura, penso que tem a ver com o clima e vegetação.
Resta-me tentar encontrá-las por aí com a esperança de que um dia quando menos esperar encontro umas quantas.

Obrigada pela visita.

Beijos para ti também


De numadeletra a 27 de Junho de 2014 às 23:25
Ficou muito bonita!
Engraçado que mal vi a fotografia pensei o quão difícil deve ter sido encontrar (e captar, claro) a borboleta. O teu texto veio confirmá-lo.
Um vídeo que captasse a tua aventura em busca da borboleta era capaz de ser hilariante :-)

Beijinhos


De Existe um Olhar a 27 de Junho de 2014 às 23:36
Um vídeo? Ui que figurinha ridícula que fiz, felizmente estava num campo deserto, porque se alguém me visse pensaria que andava ali uma pessoa que não batia bem da cabeça
É muito difícil fotografar borboletas, mas vou continuar a tentar.
Beijos


Comentar post

Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

.Quem me segue

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 227 seguidores

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
14
16
18

19
22
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Hoje vou meter água

. Quem sou eu?

. Porta número 8

. O templo dourado

. Caíram desamparadas

. Fui lá...

. Tudo ao contrário

. Há pano para mangas

. Eu quero uma casa no camp...

. A descer

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. O regresso

. A MORTE e as PENAS.

. As cores do tempo

. ...Ah e tal são meras Teo...

. O cheiro da luz

. Um Livro, Uma Imagem

. A verdadeira história de ...

. CARTA À MINHA AMIGA INÊS

.links

.Lista de links

.Quem me visita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds