Quinta-feira, 4 de Janeiro de 2018

A ponte

IMG_4737.JPG

 Um homem não é uma margem que apenas existe de um ou de outro lado. Um homem é uma ponte ligando as diversas margens.

Mia Couto

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
tags: ,

publicado por Existe um Olhar às 11:48
link do post | comentar | favorito (2)
|
33 comentários:
De Anónimo a 4 de Janeiro de 2018 às 13:21
Excelente imagem!! Amei :))

Beijinhos e um excelente dia


De Existe um Olhar a 4 de Janeiro de 2018 às 22:49
Muito obrigada pelo apreço, pena ter ficado anónimo


De maria ladeira a 4 de Janeiro de 2018 às 14:48
O OLHAR É MAGNÍFICO E O PENSAMENTO INTERESSANTE!!!
...
O filho está recuperando bem!
A novidade de hoje é aqui:
https://mgpl1957.blogspot.pt/2018/01/pensamentos-luz-das-velas.html
bj


De Existe um Olhar a 4 de Janeiro de 2018 às 22:50
Ainda bem que o teu filho está melhor.
A frase aparentemente complicada diz-me muito

Beijos Graça


De Elisa Fardilha a 4 de Janeiro de 2018 às 17:33
Uma expressão que me deixou a pensar!!!

Adorei a foto. Conseguiste mostrar-nos a longitude e beleza da ponte.

Beijinhos.


De Existe um Olhar a 4 de Janeiro de 2018 às 22:52
Gosto de expressões que nos deixam a pensar, até eu o fiz antes de a colocar.

Uma ponte que já atravessei muitas vezes na linda cidade de Chaves.

Muito obrigada pelo teu apreço.

Beijos Elisa


De Rui a 4 de Janeiro de 2018 às 18:35
Tal como à Elisa Fardilha, receio não ter atingido bem o sentido do pensamento de Mia Couto. (??)
Algo estranho ou muito profundo !

Beijo Manu


De Existe um Olhar a 4 de Janeiro de 2018 às 22:55
Vou tentar dizer-te como interpretei esta frase.
Quer pontes, rios ou estradas têm 2 margens, cabe ao Homem fazer o ponte de ligação entre essas duas margens.
Espero ter-me feito entender.

Beijos Rui


De jabeiteslp a 4 de Janeiro de 2018 às 20:55
Mas uma Mulher tem beleza

Deixo o meu desejo de uma feliz noite
aconchegada...

Beijinhos de aqui do Frigorífico da Serra



De Existe um Olhar a 4 de Janeiro de 2018 às 22:58
Sem diferença de género Homem e Mulher têm a sua beleza, cabendo-lhes unir as duas margens ao percorrer o caminho.

Beijos e uma noite feliz aqui do Oeste que não está tão fria como nos teus calhaus


De Remus a 4 de Janeiro de 2018 às 21:14
Um homem é uma ponte ligando as diversas margens?
Se o homem é isso, as mulheres o que é que são? Barragens? Torres eólicas?
Esse Mia Couto tem uns pensamentos estranhos...


Já a fotografia de estranho não tem nada. Ou melhor, até tem. É estranho encontrar uma ponte assim, vazia.
Enquadramento bem escolhido. Bastante simétrico.


De Existe um Olhar a 4 de Janeiro de 2018 às 23:01
Aqui não há género Remus, o Homem é um todo e a ele cabe unir., embora eu ache que neste caso e já que falaste nisso há um certo poderio das mulheres, já que eu consegui que ninguém passasse para conseguir tirar a foto sem ninguém e alinhadinha

Obrigada pelo alinhamento simpático

Beijos Remus


De Anónimo a 4 de Janeiro de 2018 às 23:58
A minha terra tem uma ponte igual a esta.
Confesso que não gosto dela (da nossa). Primeiro foi "plantada" em cima de habitações. E quando digo plantada é mesmo isso. Foi montada e construída por cima de casas e telhados, alguns parecem querer perfurar a ponte. Sendo que as casas já se encontravam naquele local antes de mudarem a estação de lugar.
Como esta ponte é estreita por ter aquele enorme maciço de cimento, não há espaço para pisar linhas em segurança. É estranha faz uma curva apertada próximo daquele cimento todo. Quem chega do centro da cidade se pretender virar para a estação do caminho-de-ferro tem de seguir até a próxima rotunda e aí inverter o sentido de marcha e depois cortar para estacionar a viatura de forma a aceder à porta principal da estação (quer dizer era para ser uma estação, não há lá gente ou informação).
Depois de estacionar. Jogamos uma espécie de lotaria. Adivinhar qual o lado da linha em que o comboio vai parar. Porque se não for do lado principal, a do estacionamento, há que subir escadas até quase o topo da ponte e voltar a descer para o outro lado da linha.
Enquanto isto...
Já adivinhaste. O comboio partiu e já está a chegar a S. Bento.
E nós? Esperamos o próximo. Ou se tivermos mesmo com muita pressa. Subimos de novo as escadas, descemos as outras e pegamos o carro e vamos à vida.
Obras estranhas.
Pedem-nos para usar transportes públicos. E nós concordamos, se nos facilita a vida.
Para a atrasar...
hummmm

Que dizia Mia Couto?
Há homens inteligentes.

Se estou zangada?
Não!
Lembrei da última vez que levei o marido ao comboio porque precisava ficar com o carro. Ele chegou a tempo. O comboio é que naquele dia parou do lado de lá.
Se a culpa é da ponte?
Não. A culpa é dos homens.
Não sei é quais.

Beijos



De DyDa/Flordeliz a 5 de Janeiro de 2018 às 00:11
Eu não sou anónima coisa nenhuma.
Estou aqui agora e vivo na cidade de Santo Tirso. Por acaso uma cidade agradável e bonita.
No entanto, como diriam os antigos: beleza não se coloca na mesa.
Temos outra ponte. Muito mais bonita. A mais antiga. Liga Santo Tirso a Famalicão. Cheia de história e histórias do e sobre o rio Ave.
Mas ou fazem alguma coisa pelas velhas árvores que embelezam e ladeiam o seu acesso ou um dia a coisa vai correr para o torto como na Madeira.
Fazer o quê? Eu não sei.
Sei que é preciso estar atento.
E talvez impedir que se estacionem por lá viaturas.
Não basta ser proibido. Pelo menos para muitos, não basta.

Isto tudo porque tens uma ponte igual à nossa.


De Existe um Olhar a 7 de Janeiro de 2018 às 13:41
Pelo que eu percebi, se eu quiser ir ou vir à tua cidade, não o devo fazer de comboio, posso ou não acertar na linha e corro o risco de ficar apeada
Por outro lado há uma ponte bonita , mas com árvores que podem desabar em cima de alguém.
Conclusão:
Quando quiser ir conhecer a tua linda cidade, vou de carro e estaciono junto da casa a minha amiga


De Anónimo a 8 de Janeiro de 2018 às 15:21
Ó mulher...chegar é fácil. Sais no lado em que a locomotiva te deixar e ponto final.
Para entrar é que complica. Vais mais cedinho para dar tempo de mudar para o lado correto.
Mas não te preocupes. Se vieres, lá estarei à espera.
Depois, com telemóvel a gente encontra-se.
Kisses




De carol a 4 de Janeiro de 2018 às 21:31
Que bela frase!

Bom Ano, Manu!

Carol


De Existe um Olhar a 4 de Janeiro de 2018 às 23:03
Ainda bem que gostaste, sou fã de Mia Couto.

Bom ano também para ti e para os teus.

Beijos Carol


De Janita a 4 de Janeiro de 2018 às 21:40
Gosto dos pensamentos de Mia Couto e gostei da tua ideia de associares este, à bonita fotografia desta Ponte sui generis.
Creio que o Homem aqui referido por Mia, seja com H maiúsculo referindo a Humanidade...

Beijinhos, Manu.


De Existe um Olhar a 4 de Janeiro de 2018 às 22:49
Ora nem mais, tu atingiste de forma brilhante o sentido da frase de Mia...Homem com H maiúsculo, da Humanidade.
Excelente dedução!

Beijos Janita


De Carlos a 5 de Janeiro de 2018 às 01:10
Fantástica fotografia e pensamento!
O homem pode ser muito e jamais se deveria resignar a ser tão pouco!
Beijinho.


De Existe um Olhar a 7 de Janeiro de 2018 às 13:43
A resignação pode ser uma das piores atitudes que um homem pode tomar, há que ousar e avançar sem pensar em perigos. Costumo dizer: - se tens medo faz!

Beijos Carlos


De Pedro Coimbra a 5 de Janeiro de 2018 às 02:38
Provavelmente no próximo mês, por alturas do Ano Novo Lunar, será inaugurada aqui a maior ponte suspensa do Mundo (mais de 50 quilómetros).
A ligar Hong Kong, Macau e Zhuhai.
Bjs, bfds


De Existe um Olhar a 7 de Janeiro de 2018 às 13:44
Interessante e boa notícia que me dás. Quando estive em Macau, conheci um engenheiro que me disse que ia participar na construção dessa ponte.

Beijos Pedro


Comentar post

Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

.Quem me segue

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 228 seguidores

.pesquisar

 

.Janeiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12

14
16
18
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. À procura de luz

. Na crista da onda

. É o mar misturado ao Sol

. Flores de lótus

. Era uma vez...

. Bordalo II o homem que do...

. Passeio de Domingo

. A ponte

. O amola-tesouras

. O que se pode aprender co...

.arquivos

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. O regresso

. A MORTE e as PENAS.

. As cores do tempo

. ...Ah e tal são meras Teo...

. O cheiro da luz

. Um Livro, Uma Imagem

. A verdadeira história de ...

. CARTA À MINHA AMIGA INÊS

.links

.Lista de links

.Quem me visita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds