Terça-feira, 16 de Setembro de 2014

A romântica Veneza

O principal núcleo da cidade, o seu centro histórico, é constituído por um conjunto de ilhas no centro da lagoa, com um total de 60 053 habitantes. A estas ilhas no centro da lagoa há que juntar outras no estuário (30 295 residentes) e também na parte continental (180 661 residentes), que com os seus 130,03 km², representam cerca 83% da área emersa do território.

A cidade está coberta por 177 canais, 400 pontes e 118 ilhas, estando localizada entre a foz do rio Ádige (a sul) e do rio Piave (a norte). O centro histórico é totalmente pedonal, atuando como canais rodoviários, bem como os diferentes barcos, que são os únicos meios de transporte na zona. O centro histórico sempre esteve isolado de terra firme (algo que em numerosas ocasiões representou um eficiente sistema de defesa) até 1846, quando foi construída a ponte ferroviária. Em 1933, a Ponte della Libertá, com 4 km trouxe para a entrada da cidade o tráfego rodoviário, ligando Mestre à Piazzale Roma. A cidade dista cerca de 37 km de Treviso e 40 km de Pádua.

 

Foi uma cidade que não me surpreendeu, talvez por tanto ter lido e ouvido falar nela. Curiosamente julguei encontrar uma cidade mal cheirosa, mas tal não aconteceu, surpreendeu-me mais ver o lixo nas ruas. Apesar de ter um fraco sentido de orientação é uma cidade onde se circula facilmente e onde as pontes, praças e canais estão bem assinalados.

Muita gente de todos os cantos do mundo, muita animação, lojas das melhores marcas de vestuário e acessórios estão ali, haja dinheiro e beber um simples café é um luxo, já que é uma cidade caríssima, mas vale a pena entrar e ouvir os italianos com a sua língua cantante e natural simpatia.

Cidade escolhida por recém casados para passarem a lua de mel, eu já ultrapassei essa fase, mas sinceramente escolheria outro destino, mais sossegado e de preferência com águas quentes  e límpidas, mas felizmente há gostos para tudo.

 

 

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 19:25
link do post | comentar | favorito
|
18 comentários:
De Nadine Pinto | Fotografia a 16 de Setembro de 2014 às 20:29
Que fotografia!
É uma das minhas viagens de sonho, mas meti na tola que só lá devo ir após os 30 anos. Estou numa de seguir o meu instinto ;)
Beijinho


De Existe um Olhar a 16 de Setembro de 2014 às 20:44
Eu nunca sonhei lá ir, mas aconteceu. Acho mesmo que deves seguir o teu instinto e quando tiver de ser será.

Beijos Nadine


De numadeletra a 16 de Setembro de 2014 às 20:46
Escusado dizer que adorei recordar Veneza nas tuas palavras e bonita fotografia.

Beijinho


De Existe um Olhar a 16 de Setembro de 2014 às 21:10
Penso que já tiveste uma oportunidade que eu não tive...ver a parte cultural que pelo que li é muito rica. Como estive pouco tempo não tive acesso a essa parte.

Beijos


De Elisa Fardilha a 16 de Setembro de 2014 às 21:33
Recordei Veneza, onde estive há 15 anos.

Uma cidade romântica com uma magia que se entranha...

Uma foto magnífica com uma luminosidade ímpar.

Beijinhos.


De Existe um Olhar a 16 de Setembro de 2014 às 21:41
Eu estive lá este ano, e de tanto ouvir falar nesta cidade, parece que já a conhecia. Nada me surpreendeu, claro que a beleza é inegável.

Beijos Elisa


De marrocoseodestino a 17 de Setembro de 2014 às 09:11
Para uma romântica como eu sem duvida que iria adorar. A parte da agua eu dispensava, pois rodeada de muita agua não me sinto muito segura.
Beijinho, Manu


De Existe um Olhar a 17 de Setembro de 2014 às 17:36
Não dá para ter medo da água, porque são pequenos canais que mais parecem rios atravessados por pontes lindíssimas, acho que se puderes deves ir, vale a pena.

Beijos Joana


De Questiuncas a 17 de Setembro de 2014 às 13:43
A minha querida marida quer lá ir.
Já sei a quem vou pedir umas dicas.


De Existe um Olhar a 17 de Setembro de 2014 às 17:42
Acho que a sua querida marida tem bom gosto e como bom marido que é deve-lhe fazer a vontade Lembro-me que há pouco tempo comemorou o aniversário de casamento, porque não nessa data?
Quanto às dicas , poucas posso dar, porque fui num cruzeiro que atracou lá e só lá passei parte do dia.
Sei que é uma cidade nada barata a avaliar por uma bola de gelado que me custou 3 euros e meio.
Tem muitas actividades culturais que pode consultar na net do preço dos hotéis não faço a mínima ideia, mas em época baixa devem ser mais baratinhos. Seja como for é uma cidade linda e romântica, portanto , toca a pensar no assunto

Beijos Questiuncas


De cristina a 17 de Setembro de 2014 às 22:21
Que sonho esta cidade!


De Existe um Olhar a 18 de Setembro de 2014 às 09:33
É mesmo um sonho Cristina,

Beijos


De Remus a 18 de Setembro de 2014 às 15:32
Não é uma cidade que exerça em mim um grande fascínio.
Se me fosse pedido para fazer uma lista, por ordem de preferência, das cidades que gostaria de conhecer, provavelmente Veneza não estaria nas primeiras 20.
Se calhar é por possuir demasiada água para a minha "camioneta".





De Existe um Olhar a 18 de Setembro de 2014 às 17:17
Então já somos dois, eu nunca escolheria Veneza. Apesar de já ter conhecido muitos paraísos de sonho, se hoje tivesse de escolher, escolheria um sítio dentro do nosso país, por mais íncrível que pareça. Acho que temos lugares fantásticos neste nosso cantinho e para lua de mel não é preciso ir para muito longe, por cá também há água com fartura

Beijos Remus


De Rute a 19 de Setembro de 2014 às 20:57
Nunca estive em Veneza, mas gostava muito de conhecer. A fotografia está linda e ainda aguça mais o apetite de conhecer a cidade...quem sabe, talvez um dia...

Beijinhos:)


De Existe um Olhar a 19 de Setembro de 2014 às 23:01
Eu nunca sonhei conhecer, estava no roteiro de um cruzeiro que fiz e que aportou lá um dia. Aconteceu por mero acaso e gostei de vaguear por pontes e praças e acho que valeu a pena a visita, é na verdade onde se respira muito romantismo.


Beijos Rute


De lis a 21 de Setembro de 2014 às 00:43
Veneza a gente quase conhece só de sentir ser cantada em verso e prosa por todos que a conhecem e os que não conhecem também!
Gosto do conjunto lago e casarios.
É romântica!
bela foto Manu


De Existe um Olhar a 21 de Setembro de 2014 às 09:55
Quase que diria, que já não surpreende de tanto ouvir falar, mas não é verdade, Veneza é surpreendente e de uma beleza que se vai descobrindo à medida que vamos percorrendo cada ruela, atravessando pequenas pontes, vendo os gondoleiros e desembocando em praças lindíssimas.

Beijos Lis


Comentar post

Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

.Quem me segue

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 226 seguidores

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
14
16
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. O templo dourado

. Caíram desamparadas

. Fui lá...

. Tudo ao contrário

. Há pano para mangas

. Eu quero uma casa no camp...

. A descer

. Chapéus há muitos

. Tu que passas...

. Em tons de verde

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. O regresso

. A MORTE e as PENAS.

. As cores do tempo

. ...Ah e tal são meras Teo...

. O cheiro da luz

. Um Livro, Uma Imagem

. A verdadeira história de ...

. CARTA À MINHA AMIGA INÊS

.links

.Lista de links

.Quem me visita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds