Quarta-feira, 6 de Janeiro de 2016

A trote

A trote

 A minha primeira experiência a andar a cavalo foi um desastre e prometi a mim mesma nunca mais montar em cima de nenhum.

Mas não se deve dizer, nunca digas nunca, surgiu a oportunidade de o fazer em terras da Nova Zelândia, precisamente na zona onde foi filmado parte do Senhor dos Anéis.
Desta vez tudo correu muito bem, a instrutora era óptima e fiquei a saber como fazer parar o animal, pô-lo a andar e virar para a esquerda ou direita.
Penso que já estão habituados aos turistas e portaram-se muito bem. Eu no final até tive pena de não andar mais tempo, uma hora soube a pouco.

 

"Viva sua vida sem medo de arriscar, se vai dar certo ou não, o importante é tentar."

Roberto Bezerra Soares

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 09:00
link do post | comentar | favorito (1)
|
44 comentários:
De Chic'Ana a 6 de Janeiro de 2016 às 10:24
Eu gostei muito da experiência de andar a cavalo. Os primeiros minutos são estranhos, porque sentimos todos os músculos do animal, mas após nos habituarmos é das melhores sensações que existem!
Beijinhos


De Existe um Olhar a 6 de Janeiro de 2016 às 18:21
A minha primeira experiência foi terrível, mas desta vez adorei.

Beijos


De miilay a 6 de Janeiro de 2016 às 11:24
Amiga,adorava. A mulher ganha uma postura elegante . A Doro cavalos. Já estive em cima de um mas foi uma voltita de cinco minutos. Achei foi que estava muito alto. Beijinhos .
Miilay


De Existe um Olhar a 6 de Janeiro de 2016 às 18:23
Quando andei a primeira vez , também achei que o cavalo era enorme e não gostei, embora tal como tu adore cavalos.
Estes eram calminhos e não muito grandes.

Beijos Miilay


De jabeiteslp a 6 de Janeiro de 2016 às 14:44
Grande Foto Manuela
mas olha que andar nesses Quadrúpedes
é necessário almofadas na parte de trás...Hé hé hé


Desejo uma feliz tarde
e um xoxo de aqui dos calhaus da Serra também


De Existe um Olhar a 6 de Janeiro de 2016 às 18:24
Estava tudo bem alcochoado e por cima da minha roupa ainda vesti mais um capote, de maneira que não sofri lesões
Obrigada pelo teu apreço.

Beijos aqui do oeste bem molhadinho


De Remus a 6 de Janeiro de 2016 às 15:01
Nunca andei em cima de um cavalo. Mas já tive várias oportunidades para o fazer, mas recusei sempre. Fico a pensar no pobre bicho, e no mal que ele fez para andar comigo às costas?
Fico com pena....
Enfim... Se calhar se tivesse nascido no meio de cavalos ou no Texas, não pensaria assim.
São manias minhas...


Esta fotografia mostra pouco da paisagem. Mas sei que o objectivo não era mostrar a paisagem, mas sim os cavalos e a sua viagem de cavalo. Mas também sei que virão aí outras fotografias, onde as paisagens da Nova Zelândia vão fazer-me arrancar cabelos de inveja.
Por causa disso, já ando a tomar desde o início do ano em forma de prevenção, um Xanax por dia.


De Existe um Olhar a 6 de Janeiro de 2016 às 18:30
Pois, acho que é só uma pequena mania, eles são mais fortes que nós e não imagino o Remus gordo e pesadão
Quanto à foto, tive de fazer um crop porque o céu estava estoirado, fotografar e andar em cima de um cavalo ao mesmo tempo nunca dá bons resultados.
Agora faz favor de parar de tomar Xanax porque que o que tenho por aqui de paisagens , não é nada de cortar a respiração. Quando se viaja em grupo, não dá para fazer grandes fotos, é ver clicar e andar, mas vou colocando aqui alguma coisa que achar aceitável

Beijos Remus


De Remus a 6 de Janeiro de 2016 às 19:58
«...não imagino o Remus gordo e pesadão...»
Então é melhor mudar a sintonização das antenas que possa ter em casa, porque essa sua imaginação está a imaginar mal...


De Existe um Olhar a 6 de Janeiro de 2016 às 20:03
Olhe que não, olhe que não, eu nunca me engano( onde é que é que já ouvi isto?)
Penso que é um homem com uma boa estrutura óssea razoavelmente coberta de músculos


De Remus a 7 de Janeiro de 2016 às 13:54
É... É isso. Não sou gordo, sou largo de ossos.


De Existe um Olhar a 7 de Janeiro de 2016 às 13:59
Pois foi isso mesmo que imaginei!


De Remus a 6 de Janeiro de 2016 às 20:00
«...tive de fazer um crop...»
E fez muito bem. Porque até acho que este formato, tipo cinema, valorizou ainda mais a fotografia.
Dada a história que a fotografia quer transmitir, o céu era total dispensável.


De Existe um Olhar a 6 de Janeiro de 2016 às 20:05
Foi o que eu pensei, o dia não estava nada de especial e o céu estava manhoso :P


De Rui Pires a 6 de Janeiro de 2016 às 18:31
O segedo está na qualidade da instrutora, direi eu...
Ainda bem Manu!
Linda foto!
Bjs e um bom ano!


De Existe um Olhar a 6 de Janeiro de 2016 às 18:44
Tens toda a razão Rui, ela era 5* e muito paciente, foi sempre ao nosso lado.
Obrigada pelo teu apreço.
Um bom ano também para ti.

Beijos Rui


De numadeletra a 6 de Janeiro de 2016 às 20:19
Boa, Manu ;-)
E a foto está muito bem.
Continuação de boa semana.
Beijinho.


De Existe um Olhar a 6 de Janeiro de 2016 às 20:23
Muito obrigada

Uma óptima semana também para ti.

Beijos


De Maria Ladeira a 6 de Janeiro de 2016 às 20:49
Deve ser fantástico!
Andei de camelo no deserto e adorei!
Bj


De Existe um Olhar a 6 de Janeiro de 2016 às 21:13
Foi maravilhoso.
De camelo ainda não andei, mas vou fazê-lo ainda este ano.

Beijos Graça


De Teté a 6 de Janeiro de 2016 às 20:59
Confesso que as minhas poucas experiências até correram bem, embora os cavalos fossem umas pilecas. Mesmo assim, o que mais me assustou foi a altura, que eles não parecem tão altos, mas lá de cima percebe-se que o tombo ainda é grande...

Beijocas e Bom Ano!


De Existe um Olhar a 6 de Janeiro de 2016 às 21:15
A primeira vez que montei um cavalo tive a mesma sensação que tu, curiosamente com estes não senti o mesmo e foi uma experiência fantástica.
Bom 2016 também para ti.

Beijos Teté


De BataeBatom a 6 de Janeiro de 2016 às 22:12
Nova Zelândia? Andar a cavalo? Uau!!!
Que esse espírito de arriscar se mantenha, que resultará certamente em situações gratificantes! :)
Bom ano!


De Existe um Olhar a 6 de Janeiro de 2016 às 22:57
Primeiro quero agradecer a tua visita
Realmente eu tenho sido uma priveligiada e tenho vivido experiências fantásticas por esse mundo fora, esta última foi à Austrália e Nova Zelândia, um dos sonhos que tinha há muito.
E que venha a próxima

Beijos


De Rui Espirito Santo a 6 de Janeiro de 2016 às 22:36
Sabes que eu e a Lena nunca perdemos uma oportunidade de andar a cavalo, sempre que vamos para qualquer lado onde isso seja possível ? ... :)
Aconteceu-me de uma vez na Tunísia andarmos em grupo, junto ao mar, na zona de rebentação e eu propositadamente deixava-me atrasar para depois (discretamente) fazer um pequeno galope.
Já no Hotel durante o banho dei com a minha mulher de olhos arregalados e a dizer,...Ai,...ui,... o que tu arranjaste ! ...
Tinha o rabo completamente esfolado . Parecia um macaco ! hehehe

Beijo, Manu ! :))


De Existe um Olhar a 6 de Janeiro de 2016 às 23:00
Já me fizeste rir só de imaginar a coisa
Eu foi a segunda vez que montei e nada de galopes, só a trote e bem devagar.
Para a próxima leva uma capa como aquela que me obrigaram a vestir

Beijos Rui


Comentar post

Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

.Quem me segue

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 226 seguidores

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
14
16
18

19
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Porta número 8

. O templo dourado

. Caíram desamparadas

. Fui lá...

. Tudo ao contrário

. Há pano para mangas

. Eu quero uma casa no camp...

. A descer

. Chapéus há muitos

. Tu que passas...

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. O regresso

. A MORTE e as PENAS.

. As cores do tempo

. ...Ah e tal são meras Teo...

. O cheiro da luz

. Um Livro, Uma Imagem

. A verdadeira história de ...

. CARTA À MINHA AMIGA INÊS

.links

.Lista de links

.Quem me visita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds