Terça-feira, 12 de Setembro de 2017

Abandonadas no solo

IMG_0750a.jpg


Abandonadas ao solo
largadas
Pelo vento levadas
De um lado para outro
Violentadas
Pela chuva da madrugada
Desprezadas pelo tempo
Pisoteadas pelos animais
Que passam em manadas
Estas
Alimentam a terra!
Ludiro

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 19:39
link do post | comentar | favorito (1)
|
38 comentários:
De chica a 13 de Setembro de 2017 às 00:02
Muito lindas e logo haverá a renovação...bjs, chica


De Existe um Olhar a 13 de Setembro de 2017 às 23:41
A vida não pára, há sempre a eterna renovação que nos dá a esperança que tudo é efémero.

Beijos Chica


De Pedro Coimbra a 13 de Setembro de 2017 às 03:16
Invejo-lhe o talento para a fotografia.
Notável.
beijos


De Existe um Olhar a 13 de Setembro de 2017 às 23:42
Com essas palavras fico sem jeito Obrigada pelo apreço.

Beijos Pedro


De Afrodite a 13 de Setembro de 2017 às 09:28
Esta fotografia traz o Outono no ventre...
Que ele venha mas não traga tristeza.

Beijinhos no teu sorriso


De Existe um Olhar a 13 de Setembro de 2017 às 23:44
Para mim o Outono nunca é sinónimo de tristeza, é sem dúvida sinónimo de mudança. Na natureza e também em nós tudo muda e se transforma e desejamos sempre que seja para melhor.
Beijo amigo


De DyDa/Flordeliz a 13 de Setembro de 2017 às 09:55
Espectros de outros tempos. Ainda resta aqui e além um pouco de cor. Não tarda serão pó.
A foto ficou com uns tons surpreendentes. Gosto disto.


De Existe um Olhar a 13 de Setembro de 2017 às 23:46
Pó que um dia se espalhará com o vento e gerará vidas novas.
Fiquei contente por teres gostado.

Beijos


De Maria da Graça a 13 de Setembro de 2017 às 12:39
Um belo olhar outonal!
Gosto do poema! Bj


De Existe um Olhar a 13 de Setembro de 2017 às 23:48
Muito obrigada, o Outono é das estações do ano que mais gosto, é sempre símbolo de renovação e mudança.

Beijos Graça


De Elisa Fardilha a 13 de Setembro de 2017 às 12:50
Excelente foto com pronúncio outonal.
Amei o teu olhar.

Beijinhos.


De Existe um Olhar a 13 de Setembro de 2017 às 23:49
O Outono está quase aí e ele brinda-nos com cores que seduzem e em vez de significarem fim, são sinónimo de renovação.
Muito obrigada pelo teu apreço.

Beijos Elisa


De Chic'Ana a 13 de Setembro de 2017 às 14:16
São no fundo a renovação da vida!
Gostei muito.
Beijinhos


De Existe um Olhar a 13 de Setembro de 2017 às 23:51
Sem dúvida, a natureza está sempre em constante mudança, à semelhança de nós humanos.
Muito obrigada pelo teu apreço.

Beijos Chic`Ana


De Rui a 13 de Setembro de 2017 às 15:22
E, de como, até o lixo é "mote" para boas fotografias ! ... :))

Beijo limpinho, Manu :)


De Existe um Olhar a 13 de Setembro de 2017 às 23:52
Um lixo sinónimo de mudança e renovação, tal como nós que estamos sempre abertos a mudanças.
Obrigada pelo teu apreço.

Beijos Rui


De Remus a 13 de Setembro de 2017 às 17:43
Tantas vezes estive com folhas de couves, de pencas ou de outras suas primas na mão. Tantas vezes tive que limpar/apanhar as folhas caídas e coloca-las na pilha...
Mas nunca tive o discernimento de ver beleza num monte de folhas deste tipo. E agora ao ver esta fotografia, vejo beleza; muita beleza.
Para mim, está uma fotografia surpreendentemente bela.
Parabéns!


De Existe um Olhar a 14 de Setembro de 2017 às 00:49
E será que já pensaste que com as folhas velhas do teu quintal podes fazer compostagem, tenho a certeza que sabes o que é, agora não sei se o fazes, mas olha que é um óptimo adubo e uma forma óptima de transformar o que não presta num bom fertilizante.
Fiquei super contente pelo teu apreço por este meu monte de folhas envelhecidas.
Muito obrigada.
Beijos Remus


De Remus a 15 de Setembro de 2017 às 17:16
Isso da compostagem é um nome moderno, para uma ideia antiga.
Eu uso a ideia antiga e que funcionou sempre. Fazemos uma pilha. Que não é mais que um monte onde colocamos todos os restos vegetais, sejam eles folhas, ervas, cascas... O monte fica num canto do terreno e as coisas ficam lá a secar e a apodrecer. Mais tarde, passado um ano ou mais, é usado como fertilizante natural.
Por isso, faço sim, faço compostagem.


De Cidália Ferreira a 13 de Setembro de 2017 às 19:12
Imagem maravilhosa.
Poema lindo!

beijos


De Existe um Olhar a 14 de Setembro de 2017 às 00:49
Fico contente por teres gostado, tudo o que diz respeito me encanta.
Muito obrigada

Beijos Cidália


Comentar post

Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

.Quem me segue

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 227 seguidores

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
14
16
18

19
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Quem sou eu?

. Porta número 8

. O templo dourado

. Caíram desamparadas

. Fui lá...

. Tudo ao contrário

. Há pano para mangas

. Eu quero uma casa no camp...

. A descer

. Chapéus há muitos

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. O regresso

. A MORTE e as PENAS.

. As cores do tempo

. ...Ah e tal são meras Teo...

. O cheiro da luz

. Um Livro, Uma Imagem

. A verdadeira história de ...

. CARTA À MINHA AMIGA INÊS

.links

.Lista de links

.Quem me visita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds