Sábado, 5 de Abril de 2014

Amor de água fresca

Chega a Primavera, e com ela o espetáculo do desabrochar das flores que comprova: Vale a pena cultivar o melhor e florescer para a vida.

Viviane Duarte
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 09:20
link do post | comentar | favorito
|
19 comentários:
De Elisa Fardilha a 5 de Abril de 2014 às 13:35
Se fosse Inverno diria que era amor salpicado de mágoas.

Sendo Primavera vejo-o salpicado de pérolas!

Belíssima foto...de MESTRE!

Beijinhos.


De Existe um Olhar a 6 de Abril de 2014 às 22:33
Como desejamos tanto a Primavera, vamos escolher as pérolas

Beijos Elisa


De Joana a 5 de Abril de 2014 às 17:46
Adoro essa flor.
Bom fim de semana


De Existe um Olhar a 6 de Abril de 2014 às 22:34
Eu também e há tantas com coloridos variados que dá vontade de fotografá-las todas.

Beijos Joana


De Ana Freire a 5 de Abril de 2014 às 19:28
Bela foto, Manu!
Amor perfeito ou imperfeito, se tem uma pétala diferente das outras?...
Belíssimo efeito das gotas...
Jinhos
Ana


De Existe um Olhar a 6 de Abril de 2014 às 22:35
O amor é sempre imperfeito e mau seria se assim não fosse, assim lutamos sempre pela perfeição.

Beijos Ana


De Mariana Capela a 6 de Abril de 2014 às 10:42
Para mim, só falta um pouquinho de luz. De resto está perfeita. :) beijinhos


De Existe um Olhar a 6 de Abril de 2014 às 22:37
Tens razão, mas como ando a treinar com uma nova objectiva ainda não acertei com a coisa.

Beijos Mariana


De jabeiteslp a 6 de Abril de 2014 às 14:01

E viva a Primavera
de cores mil
quer dizer!!!
Vamos ver...


beijinhos de aqui dos calhaus Primaveris


De Existe um Olhar a 6 de Abril de 2014 às 22:37
Viva ela , então e acreditemos que desta vez veio para ficar.

Beijos João


De numadeletra a 6 de Abril de 2014 às 20:48
Adoro ver a Primavera a desabrochar com as suas flores e árvores.

Aqui está um exemplo lindíssimo (que tu sabes tão bem captar).


De Existe um Olhar a 6 de Abril de 2014 às 22:39
Estava ansiosa que a chuva parasse para sair por aí e captar o que de melhor a Primavera nos traz.

Beijos


De tossan a 6 de Abril de 2014 às 22:16
Uma revigorada depois da chuva! Lindíssima e a foto também. Beijo


De Existe um Olhar a 6 de Abril de 2014 às 22:41
Um restinho de chuva... por aqui já estávamos fartinhos dela, vamos ver se fica e se aparecem mais flores para alegrar a nossa Primavera.

Beijos Tossan


De Remus a 7 de Abril de 2014 às 19:42
Os únicos amores perfeitos que conheço, são mesmo estas flores. Porque os outros amores, nunca podem ser perfeitos. Ou será que podem?
O que é que a sábia Manu tem a dizer sobre o assunto?


Como a actual Primavera anda tristonha, também esta fotografia ficou algo tristonha, porque não possui aquela luminosidade "digna" de primavera.
Mas o nível de detalhe o pormenor das gotinhas... está tudo no ponto certo.


De Existe um Olhar a 7 de Abril de 2014 às 20:28
De amor pouco sei, apenas deduzo que não os há perfeitos, pelo menos na parte que me toca, talvez porque procurei um perfeito e nunca encontrei.
A própria palavra "perfeição" é uma utopia, a verdade a meu ver é que quem ama e é amado, é o melhor que se pode ter e mesmo assim ambos têm de ir aceitando as imperfeições um do outro, senão nem tinha piada e há sempre o velho perigo de cair em rotinas e na acomodação.
Amar é aceitar, é ser tolerante, é sentir que se têm os mesmos objectivos, é respeitar a forma de ser e estar, é afinal sentir que aquela pessoa é a "tal", é viver cada momento como se fosse o último...bem..já me estou a esticar, para quem pouco sabe de amor já estou a falar demais
Quanto ao amor da foto, foi a minha primeira experiência com uma objectiva de macros que finalmente consegui comprar, espero que as próximas tenham mais brilho

Beijos Remus


De Remus a 8 de Abril de 2014 às 10:55
Da parte das considerações sobre o amor, para quem disse que pouco sabia, até que sabe muitas coisas.
E todas elas muito acertadas.


A parte da novidade da nova lente macro, é uma grande novidade.
Agora que parece que os dias vão estar com solzinho, é fazer cliques sem parar. Quero ver essas macros, mas já sei que vão meter-me inveja.


De Existe um Olhar a 8 de Abril de 2014 às 12:15
Palavras Remus, só palavras, porque a minha realidade é bem diferente, embora fale de coração aberto de tudo o que penso que é, ou que deveria ser.
Quanto às macros, vou tentar não lhe causar inveja e sei que não vou conseguir

Beijos Remus


De DyDa/Flordeliz a 17 de Abril de 2014 às 02:23
É o que tenho feito - cultivar.
Se não posso ter jardim...
Meti amores em vaso, e coloquei-os alto. Espero que resulte.
É uma planta simpática, embora delicada como o seu nome.


Comentar post

Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

.Quem me segue

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 227 seguidores

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
14
16
18

19
22
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Hoje vou meter água

. Quem sou eu?

. Porta número 8

. O templo dourado

. Caíram desamparadas

. Fui lá...

. Tudo ao contrário

. Há pano para mangas

. Eu quero uma casa no camp...

. A descer

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. O regresso

. A MORTE e as PENAS.

. As cores do tempo

. ...Ah e tal são meras Teo...

. O cheiro da luz

. Um Livro, Uma Imagem

. A verdadeira história de ...

. CARTA À MINHA AMIGA INÊS

.links

.Lista de links

.Quem me visita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds