Quarta-feira, 28 de Janeiro de 2015

Com lupa vê-se melhor

“Quantas coisas cabem em um olhar! É tão expressivo, é como falar.”

Clarice Lispector

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
tags: ,

publicado por Existe um Olhar às 17:50
link do post | comentar | favorito
|
25 comentários:
De Elisa Fardilha a 28 de Janeiro de 2015 às 20:11
Num olhar cabe toda a nossa sensibilidade!

A foto está fabulosa!
Nada te escapa!

Beijinhos.


De Existe um Olhar a 30 de Janeiro de 2015 às 16:23
Cabe a nossa sensibilidade, paciência e atenção aos detalhes que surgem quando menos se espera.
Muito obrigada.

Beijos Elisa


De Rute a 28 de Janeiro de 2015 às 20:17
Está muito bem visto e muito bem apanhado. Gosto imenso! Um olhar pode valer...o indizível... O olhar diz muito sobre as pessoas.

Beijinhos, Manu


De Existe um Olhar a 30 de Janeiro de 2015 às 16:26
Sem dúvida, por aqui também me aventurei a tentar conhecer através do olhar. quem está por detrás dos blogues, costuma dizer-se que um olhar vale mais que uma longa explicação, não é mesmo?


Beijos Rute


De jabeiteslp a 28 de Janeiro de 2015 às 22:48
Perspectivas arquitecturais
sempre diferentes
de angulares sinais
desiguais...

Xoxo de aqui dos calhaus da Serra


De Existe um Olhar a 30 de Janeiro de 2015 às 16:27
O segredo está sempre na perspectiva e no olhar de quem interpreta o que aqui vou colocando

Beijos João


De Paulo César Silva a 28 de Janeiro de 2015 às 23:03
agora com a lupa dá bem para ver que a casa necessita de uma pintura nova!!!
bem observado e capturado. o resultado ficou fantástico!


De Existe um Olhar a 30 de Janeiro de 2015 às 16:42
Já vi que ao teu olhar nada escapa Neste caso andei na parte mais degradada e até algo perigosa da cidade e captei o que normalmente fica longe dos olhares do mundo.

Beijos Paulo


De Remus a 29 de Janeiro de 2015 às 12:14
Com lupa vê-se melhor?
Está a falar mesmo de quê? O que é que está a querer insinuar?


Mas seja o que for que queira insinuar, sei que mesmo sem lupa, conseguiu fazer uma fotografia bem catita. A moldura vermelha do espelho, faz um perfeito contraste com o azul do céu e esse detalhe que transforma a fotografia para o patamar acima.


De Existe um Olhar a 30 de Janeiro de 2015 às 16:34
O que se vê melhor? Bom deixo isso com a sua imaginação
Longe de mim insinuar seja o que for, há coisas que não precisam de lupa, já são grandes por natureza
Já não posso dizer o mesmo de certos momentos em que por exemplo me cai qualquer coisa minúscula debaixo da cama , ou na carpete, já estou a ficar pitosga e a lupa dá um jeitão.
Na foto não foi preciso utilizar nada que aumentasse a não ser a minha maquineta :P

Beijos Remus


De Questiuncas a 29 de Janeiro de 2015 às 14:30
É uma fotografia de constrastes. Azuis escuros, azuis claros, vermelhos.
Mas não se esqueça, se com a lupa vê-se melhor, ela também distorce a realidade...


De Existe um Olhar a 30 de Janeiro de 2015 às 16:36
E é essa distorção que me assusta, já que posso pensar que estou a ver algo bem real e que por vezes não passa de mera fantasia.

Beijos Questiuncas


De miilay a 29 de Janeiro de 2015 às 17:24
Amiga, quando vi esta foto no face, pensei logo é da minha Amiga Manu, tem aquele toque especial.
Beijinho
miilay


De Existe um Olhar a 30 de Janeiro de 2015 às 16:38
Isso quer dizer que já criei um estilo próprio? Sabes foi sempre o meu sonho...fico contente!

Beijos Miilay


De Miguel Alexandre Pereira a 29 de Janeiro de 2015 às 21:57
Mais um pormenor fabuloso, gosto imenso deste tipo de fotos. Mais um grande trabalho da tua autoria, adorei :)

http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/


De Existe um Olhar a 30 de Janeiro de 2015 às 16:40
Vou fazendo o que posso, atenta a detalhes e a tudo o que me rodeia e já que não sou uma mestre na arte de bem escrever, como tu, resta-me o olhar.

Beijos Miguel


De Roadrunner a 30 de Janeiro de 2015 às 16:50
Gosto muito deste tipo de fotos, dão sempre um efeito muito expressivo, como diz a Clarice. E neste caso até com a particularidade do espelho-lupa saber karaté... ou será kung-fu?...

Saudações!


De Existe um Olhar a 30 de Janeiro de 2015 às 17:07
Muito atento sem dúvida, aquele sinalinho oriental também despertou a minha atenção, penso que é o meu nome escrito em chinês

Beijos Roadrunner


De batidasfotograficas a 30 de Janeiro de 2015 às 22:01
Acho que o espelho é PRC mas o importante é que o olhar é Português!
Sinais da estrada bem retratados.
Aprecio o teu estilo.
batidasfotograficas.blogspot.pt
Bj


De Existe um Olhar a 7 de Fevereiro de 2015 às 15:12
Neste caso foi bem português e tirada numa zona menos conhecida da minha cidade.
Muito obrigada pelo teu apreço.

Beijos


Comentar post

Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

.Quem me segue

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 227 seguidores

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
14
16
18

19
22
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Hoje vou meter água

. Quem sou eu?

. Porta número 8

. O templo dourado

. Caíram desamparadas

. Fui lá...

. Tudo ao contrário

. Há pano para mangas

. Eu quero uma casa no camp...

. A descer

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. O regresso

. A MORTE e as PENAS.

. As cores do tempo

. ...Ah e tal são meras Teo...

. O cheiro da luz

. Um Livro, Uma Imagem

. A verdadeira história de ...

. CARTA À MINHA AMIGA INÊS

.links

.Lista de links

.Quem me visita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds