Quarta-feira, 1 de Março de 2017

É preciso partir

 

_MG_7250a.jpg

 

 

é preciso partir
é preciso chegar
é preciso partir é preciso chegar... Ah, como esta vida é urgente!

... no entanto
eu gostava mesmo era de partir...
e - até hoje - quando acaso embarco
para alguma parte
acomodo-me no meu lugar
fecho os olhos e sonho:
viajar, viajar
mas para parte nenhuma...
viajar indefinidamente...
como uma nave espacial perdida entre as estrelas.

Mário Quintana

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 18:46
link do post | comentar | favorito (1)
|
37 comentários:
De marrocoseodestino a 1 de Março de 2017 às 21:23
Por aqui é é mais "é preciso regressar"


De Existe um Olhar a 2 de Março de 2017 às 17:58
No teu caso, entendo-te bem

Beijos Joana


De Cidália Ferreira a 1 de Março de 2017 às 21:33
Excelente escolha poética. Amei a foto
Até eu partia para algures agradável. :)
Adorei

Beijos


De Existe um Olhar a 2 de Março de 2017 às 17:59
Obrigada pelo apreço.
Eu sou daquelas que estou sempre prontinha para partir.

Beijos Cidália


De Avogi a 1 de Março de 2017 às 21:33
O meu Douro. Ai da há dias fiz dois cruzeiros por ele acima por ele abaixo.
Kis :=}


De Existe um Olhar a 2 de Março de 2017 às 18:00
Eu só fiz uma vez, mas quero repetir.

Beijos Avogi


De JOÃO MENÉRES a 1 de Março de 2017 às 23:49
Impecável imagem, Manu.
Com direito a reflexo e tudo !

Um beijo amigo.


De Existe um Olhar a 2 de Março de 2017 às 18:01
Muito obrigada pelo apreço.
O rio Douro dá sempre reflexos que eu adoro.

Beijos João


De Pedro Coimbra a 2 de Março de 2017 às 02:45
O barco, a paisagem, tudo me fez recuar dois meses e voltar a Sidney.
Valeu a pena.
Beijos


De Existe um Olhar a 2 de Março de 2017 às 18:02
Acredito, também já visitei Sidney e achei um lugar fabuloso.
Esta foi tirada no rio Douro.

Beijos Pedro


De jabeiteslp a 2 de Março de 2017 às 08:54
Rio acima
entre calmarias
libertam-se as fobias...

Um feliz e belo dia
Beijinhos de aqui da Serra


De Existe um Olhar a 2 de Março de 2017 às 18:03
Nada melhor para descomprimir do que uma voltinha no Douro

Beijos João


De Rui Pires a 2 de Março de 2017 às 09:48
Um verdadeiro olhar d'Ouro Manu!
Linda a cidade da Régua, o seu cais, nesta imagem com o "AmaVida" presente!
Lindas as cores que obtiveste!
bjs


De Existe um Olhar a 2 de Março de 2017 às 18:05
Quando coloquei esta foto lembrei-me de ti e o do teu olhar d´Ouro
Penso voltar em breve, se há lugar que me fascina é este rio.

Beijos Rui


De Chic'Ana a 2 de Março de 2017 às 11:59
Adoro a imagem, e o poema breve que a acompanha.. partir, chegar, viajar! =)
Beijinhos


De Existe um Olhar a 2 de Março de 2017 às 18:06
Obrigada pelo teu apreço.
Gosto de ir, de viajar, de partir por aí!

Beijos Chic`Ana


De Elisa Fardilha a 2 de Março de 2017 às 14:26
Apetecia-me partir sem rumo...sem volta marcada...

Amei a foto! Está deslumbrante. Os reflexos doa barco parecem desenhados à mão.

Beijinhos.



De Existe um Olhar a 2 de Março de 2017 às 18:07
Então já somos duas. Eu estou aqui mortinha para zarpar

Obrigada pelo teu apreço.

Beijos Elisa


De Rui a 2 de Março de 2017 às 15:48
Nestas coisas de partidas e chegadas, o mais aprazível é a partida, mas a chegada ainda é o melhor ! ... Podermos relembrar tudo aquilo que fizemos, que vimos, do que desfrutamos, ... rever os locais através das fotos, é maravilhoso !
E sim, garantidamente, estiveste na Régua ! :) ... Não sei é se foste rio acima, ou rio abaixo ! (?) ...
Tenho uma foto igualzinha (de posição e amplitude) embora sem a nitidez e perfeição desta ! :))

Beijinhos Manu


De Existe um Olhar a 2 de Março de 2017 às 18:10
Como sabes gosto de partidas, mas chegar ao meu ninho é uma coisa que me dá um prazer enorme.
Se não estou em erro, fui do Pinhão à Régua e regressei de comboio, pena que só tenha passado por uma eclusa, quero ver se repito.
O Douro dá sempre fotos que de sonho e não é preciso ser expert em fotografia.

Beijos Rui


De Rui a 3 de Março de 2017 às 16:03
Então foi o inverso ! Foste da Régua ao Pinhão de barco e regressaste à Régua de comboio. Subiste a eclusa da Régua, a cerca de 1 ou 2 kms da cidade.
Há no rio Douro :
Barragem de Crestuma-Lever (á saída do Porto)
Barragem do Carrapatelo (entre Porto e Régua)
Barragem da Régua (entre Régua e Pinhão)
Barragem da Valeira (acima do Pinhão)
Barragem do Pocinho (já no Alto Douro)

Já fiz várias vezes do Porto à Régua e também o inverso ! Em ambos os casos complementado com o comboio num ou noutro sentido e sempre com almoço no barco !
.


De Existe um Olhar a 3 de Março de 2017 às 21:42
Pois, acho que tens razão. Adorava um dia fazer essas viagens à beira do Douro, é um sonho que me persegue.

Beijos Rui


Comentar post

Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

.Quem me segue

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 227 seguidores

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
14
16
18

19
22
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Hoje vou meter água

. Quem sou eu?

. Porta número 8

. O templo dourado

. Caíram desamparadas

. Fui lá...

. Tudo ao contrário

. Há pano para mangas

. Eu quero uma casa no camp...

. A descer

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. O regresso

. A MORTE e as PENAS.

. As cores do tempo

. ...Ah e tal são meras Teo...

. O cheiro da luz

. Um Livro, Uma Imagem

. A verdadeira história de ...

. CARTA À MINHA AMIGA INÊS

.links

.Lista de links

.Quem me visita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds