Terça-feira, 27 de Dezembro de 2016

Estes só se comem uma vez

IMG_0161.JPG


Cottinarius orellanus

Este cogumelo foi considerado  comestível,até que, em 1952, na Polónia, houve uma intoxicação que atingiu 135 pessoas, das quais 17 morreram. Ela pode ser confundida com espécies de cogumelos cosmetíveis.

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 12:03
link do post | comentar | favorito (2)
|
20 comentários:
De jabeiteslp a 28 de Dezembro de 2016 às 09:39
Pois
que aqui o Joni
nem os míscaros...e há já uns bons anos
depois de uma pequena indigestão...

Deixo já os desejos de uma Grande passagem de Ano
Beijinhos e um Feliz 2017


De Existe um Olhar a 28 de Dezembro de 2016 às 20:58
Quer dizer que já apanhaste um sustuzito ?!
Eu ainda não e na altura dos míscaros arrisco sempre, nunca me dei mal.
Desejo-te também um fabulosos 2017.

Beijos João


De green.eyes a 28 de Dezembro de 2016 às 10:25
E eu que adoro estas coisas ...
Mas só como os de produção, nada de apanha selvagem ...
Os do mato são apenas para apreciar a beleza e sua suavidade da sua textura.
Bjs


De Existe um Olhar a 28 de Dezembro de 2016 às 21:03
Eu só apanho míscaros e esses são completamente diferentes dos outros e só aparecem com as primeiras chuvas, durante o resto do ano como dos branquinhos comprados no supermercado.

Beijos


De DyDa/Flordeliz a 28 de Dezembro de 2016 às 10:50
Não dá para repetir a brincadeira?
Então, não quero brincar.
São maravilhosos em foto, tentadores ao olho e ao palato.
Fiquemo-nos pelas imagens.


De Existe um Olhar a 28 de Dezembro de 2016 às 21:04
Nada como não arriscar, eu limito-me a fotografá-los, mas gosto de apanhar míscaros na época deles. Dão excelentes pitéus.

Beijos


De Rui Espirito Santo a 28 de Dezembro de 2016 às 12:19
Sobre os cogumelos há aquele "dito" bem verdadeiro : "Todos são comestíveis, mas alguns, apenas uma vez" ! :)
Sei que há algumas espécies que, estranhamente, só são mortais à segunda vez.
Muito estranho ! :(
E na verdade, o mais importante nos não comestíveis é a quantidade que se come.
Daí, entre uma quantidade de pessoas que os comam, nem todas morrerem !

Beijo, Manu.


De Existe um Olhar a 28 de Dezembro de 2016 às 21:06
Eu sou das que não arrisco, só como míscaros, na época deles e apanhados por mim.
Não sei se aí a Norte também os há.

Beijos Rui


De Rui Espirito Santo a 29 de Dezembro de 2016 às 10:43
Muitos, muitos, na zona de Trás os Montes, norte, principalmente, Chaves - Montalegre !
Já fiz um "curso" lá (em Montalegre), com Professores de Biologia, especializados nesta área, mas também não arrisco !


De Remus a 28 de Dezembro de 2016 às 16:36
É por essas e por outras que só como dos cogumelos brancos... daqueles normais. Dessa forma tenho a certeza que eles não fazem mal (tirando a questão de poderem estar contaminados com pesticidas).

A fotografia ficou muito bem. Possui um bom nível de detalhe e ficou bem enquadrada.


De Existe um Olhar a 28 de Dezembro de 2016 às 21:08
Eu como outros, sem ser os branquinhos, há-os muito saborosos nos supermercados.
Míscaros são a minha perdição, quando os apanho, pena que apareçam durante pouco tempo.
Obrigada pelo apreço.

Beijos Remus


De Rute a 28 de Dezembro de 2016 às 18:49
Manu
E o que eu gosto de cogumelos! Mas realmente penso que é melhor jogar pelo seguro e só comer os de cultura... Este teu é muito bonito e ficou muito bem na fotografia :)

Beijinhos


De Existe um Olhar a 28 de Dezembro de 2016 às 21:11
Sabes que para conseguir fotografar este , tive de me deitar completamente no chão...que figurinha triste
Eu como muitos sem ser só os branquinhos, mas compro no supermercado, excepto os míscaros, quando apanhados por mim.
Obrigada pelo teu apreço.

Beijos Rute


De Carlos a 28 de Dezembro de 2016 às 19:46
Adoro cogumelos, mas dos embalados! Recuso-me a compra-los frescos!
Receio...
Vá beijinho.


De Existe um Olhar a 28 de Dezembro de 2016 às 21:12
Há muita variedade hoje em dia nos supermercados e eu gosto de prová-los.

Beijos Carlos


De Elisa Fardilha a 28 de Dezembro de 2016 às 21:00
Um "presente envenenado"!!!

Belo e original cogumelo. Parece um cálice. Tem uma cor linda.

A foto, como sempre, EXCELENTE!

Beijinhos.


De Existe um Olhar a 28 de Dezembro de 2016 às 21:13
Andava há muito para conseguir fotografar um, fi-lo num passeio num pinhal no dia de Natal, mas sei que este é só para a fotografia.
Obrigada pelo teu apreço.

Beijos Elisa


De Maria Ladeira a 29 de Dezembro de 2016 às 14:49
Ele é maravilhoso!!!bj


De Roadrunner a 8 de Janeiro de 2017 às 14:40
Ainda há pouco tempo comi uma arrozada de míscaros amarelos, que até há uns tempos atrás eram considerados seguros, mas que ultimamente têm sido postos em causa por causa de algumas mortes que ocorreram em Espanha e França (países onde actualmente é proibido o consumo e comercialização).
Por enquanto ainda cá estou, mas cogumelos a partir de agora só enlatados!

Saudações enlatadas!


Comentar post

Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

.Quem me segue

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 227 seguidores

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
14
16
18

19
22
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Hoje vou meter água

. Quem sou eu?

. Porta número 8

. O templo dourado

. Caíram desamparadas

. Fui lá...

. Tudo ao contrário

. Há pano para mangas

. Eu quero uma casa no camp...

. A descer

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. O regresso

. A MORTE e as PENAS.

. As cores do tempo

. ...Ah e tal são meras Teo...

. O cheiro da luz

. Um Livro, Uma Imagem

. A verdadeira história de ...

. CARTA À MINHA AMIGA INÊS

.links

.Lista de links

.Quem me visita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds