Sexta-feira, 23 de Dezembro de 2016

Estranho caminhar

_MG_9702a.jpg

 Estranho é caminhar na densa névoa:
Solitária esta cada planta ou pedra,
Nenhum arbusto enxerga o seu vizinho,
Cada um está só.
Cheio de amigos era, para mim, o mundo
Quando luminosa ‘inda era minha vida;
Agora que a névoa caiu,
Ninguém mais é visível.

Não é deveras um sábio
Quem não conhece a escuridão
Que, suavemente, nos separa
De tudo inexorável.

Estranho é caminhar na densa névoa:
Viver é estar solitário
Entre gente que se ignora.
Todos estamos sós!

Hermann Hesse

 

 

 

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 12:52
link do post | comentar | favorito (1)
|
11 comentários:
De Luisa Correia a 23 de Dezembro de 2016 às 14:29
A foto está fantástica, o texto tão bem escolhido, embora contraste com os brilhos correntes da época. Convida à introspeção. Vou seguir até ao Menino Jesus, aqui em baixo. :)


De Existe um Olhar a 23 de Dezembro de 2016 às 16:10
Na verdade há um contraste enorme entre os brilhos de Natal e esta, mas como levantei cedo e fui até à lagoa de Óbidos, não resisti e baixei este nevoeiro.
Muito obrigada pelo apreço e visita.

Beijos Luísa


De redonda a 23 de Dezembro de 2016 às 15:11
Grande fotografia, muito certa para um grande poema


De Existe um Olhar a 23 de Dezembro de 2016 às 16:11
Muito obrigada pelo teu apreço e comentário.

Beijos


De Remus a 23 de Dezembro de 2016 às 15:50
Mas afinal quem é que tem um "estranho caminhar"?
A Manu? Eu? A outra?


A fotografia possui algum efeito óptico, que transmite a ideia que está ligeiramente inclinada para a direita. Como a névoa esconde a linha do horizonte, ficamos nessa dúvida: Será que está mesmo inclinada, será que não...?
Mas seja como for, a sua Lagoa possui muito encanto. E então nestes dias de névoa, ainda mais.


De Existe um Olhar a 23 de Dezembro de 2016 às 16:06
Eu sou daquelas que tenho um estranho caminhar e é tão estranho que por vezes dou uns valentes trambolhões.
Tem razão quando diz que a foto está ligeiramente inclinada, é que dantes utilizava o Picasa para endireitar as fotos, agora, segundo o que sei, deixou de existir, mesmo assim tento que a coisa fique o mais direitinha possível.
Esta foi tirada esta manhã, com um intenso nevoeiro. Na verdade adoro a minha lagoa.

Beijos Remus


De Maria Ladeira a 23 de Dezembro de 2016 às 19:20
Adorei o olhar e o belíssimo texto!
Um fim de semana repleto de paz natalícia ... condimentado com muito Amor familiar ... muitos sorrisos e excelentes partilhas!!!

E ao "bater das doze badaladas" que seu coração se encha de ESPERANÇA em concretização de sonhos e projetos!!!

Um beijo da amiga Gracinha!!!


De Elisa Fardilha a 23 de Dezembro de 2016 às 20:37
Um luxo de foto!
A foto transmitiu- me magia e mistério.

Beijinhos.


De Elisa Fardilha a 23 de Dezembro de 2016 às 20:38
... o poema está em total sintonia com o texto.

Beijinhos.


De Teté a 23 de Dezembro de 2016 às 21:03
Essa do estamos todos sós, dá pano para mangas. Mas pronto, hoje passei especialmente para te desejar um FELIZ NATAL.

Beijinhos, Manu|

(gostei muito de uma fotografia de uma "estátua-fotógrafo" que tens ali para trás, mas com a gripalhada e a net a falhar volta não vira, não deu para comentar. Fica a nota!)


De jabeiteslp a 24 de Dezembro de 2016 às 09:32
Bom e feliz Natal Manuela
e um Ano Novo melhor


Comentar post

Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

.Quem me segue

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 226 seguidores

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
14
16
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. O templo dourado

. Caíram desamparadas

. Fui lá...

. Tudo ao contrário

. Há pano para mangas

. Eu quero uma casa no camp...

. A descer

. Chapéus há muitos

. Tu que passas...

. Em tons de verde

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. O regresso

. A MORTE e as PENAS.

. As cores do tempo

. ...Ah e tal são meras Teo...

. O cheiro da luz

. Um Livro, Uma Imagem

. A verdadeira história de ...

. CARTA À MINHA AMIGA INÊS

.links

.Lista de links

.Quem me visita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds