Terça-feira, 1 de Julho de 2014

Na Rua da Vitória

Sem que estivesse à espera surgiu a oportunidade de visitar o Porto, pena que tenha sido só por um dia.
Nesta cidade estudei e fui muito feliz, queria lá continuar a viver, mas não me deixaram, sabe-se lá porquê.
Não vi tudo o que queria, não vi a rua onde vivi nem onde estudei, mas tudo o que visitei deixou-me emocionada.
Hoje, mais do que nunca, quero voltar, porque...

 

"Ausência física, ausência da voz e do cheiro, das risadas e do piscar de olhos, saudade da amizade que ficará na lembrança e em algumas fotos."

Martha de Medeiros
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 13:47
link do post | comentar | favorito
|
21 comentários:
De Remus a 1 de Julho de 2014 às 14:40
Vem ao Porto, não diz nada a ninguém e dá logo de caras com um trabalho do Hazul que nunca tinha visto.

Rua da Vitória... Vitória... Só se for a sua, porque neste momento, sinto-me como me tivessem passado uma rasteira...
Vou fazer uma reclamação por escrito, em folha azul de 25 linhas, ao provedor das "Idas ao Porto".


De Existe um Olhar a 3 de Julho de 2014 às 10:44
Queria que andasse de megafone aos berros a dizer: a Manu chegou!?, eu até entendo, se o Remus ouvisse uma coisa destas fugia a sete pés não é? Era mais uma melga que tinha de aturar e garanto-lhe que eu ia tentar desvendar uns quantos dos seus segredos fotográficos
Digo-lhe já, que esse provedor está de férias e deve estar refastelado numa daquelas maravilhosas esplanadas da Ribeira, mas eu até dou uma ajudinha para chegar à R. da Vitória, ou não? a esta hora já o imagino a cuscar no Google Earth onde fica esta bendita rua, verdade?

Ps. Pelo sim pelo não para a próxima aviso que vou

Beijos Remus


De julieta almeida a 1 de Julho de 2014 às 15:10
Manu,

Parte de você não mora mas ali, mas está nas suas lembranças... Impregnadas de saudades.

Outro dia eu li algo que me tocou muito e que agora divido com você: - "As partes realmente preciosas da minha vida são portáteis, não dependem da geografia". (Marlena de Blasi).


De Existe um Olhar a 3 de Julho de 2014 às 10:46
Adorei a frase, nada mais certo, as minhas lembranças perdurarão e farão sempre parte da minha história de vida.

Beijos Julieta


De Photo Attraction a 1 de Julho de 2014 às 17:12
E não disseste nada ?
tsk, tsk...


De Existe um Olhar a 3 de Julho de 2014 às 10:49
Foi sem esperar e em grupo, mas para a próximo dou uma alô

Beijos Pedro


De Elisa Fardilha a 1 de Julho de 2014 às 18:57
As ausências permanecem eternamente, mesmo quando magoadas...

Conheço a rua, embora nunca tenha visto esse trabalho do Hazul. Talvez seja recente. É certo que há muito não vou para esses lados.

A foto está divinal. Até as trepadeiras se debruçaram, rendidas à sua beleza!

Beijinhos.


De Existe um Olhar a 3 de Julho de 2014 às 10:52
Anos mais tarde percebi porque não tinha de ficar, nada é por acaso.
Adorei revisitar o Porto e verificar como está uma cidade cada vez mais bonita.
Deves ter razão, este trabalho estava tão limpinho que devia ser recente.

Beijos Elisa


De numadeletra a 1 de Julho de 2014 às 20:48
O Porto ainda fica mais bonito, retratado por ti.

Beijinhos.


De Existe um Olhar a 3 de Julho de 2014 às 10:54
Obrigada pela simpatia, mas acho que nunca conseguirei retratar o Porto como o sinto.
Não me esqueci do teu desafio e já ando de olho nalgumas coisas

Beijos


De cristina a 1 de Julho de 2014 às 22:13
Adoro estes grafites, não me passam despercebidos.


De Existe um Olhar a 3 de Julho de 2014 às 10:55
Já vi que não , quando visitei o teu blog

Beijos Cristina


De Ana Freire a 2 de Julho de 2014 às 00:51
Acho que nunca saímos completamente dos locais por onde passamos... e ao mesmo tempo, os lugares sempre nos acompanham... por lá, sempre ficarão um pedaço de nós... boas ou más recordações... sempre andamos com elas para todo o lado... o local é só a moldura... onde situamos as recordações... e as molduras vão sempre atrás... mesmo após cada mudança... quer se queira, ou não...
Belíssima foto, e belíssimo mural, Manu!
Soube a pouco... mas deu para recordar...
Beijos
Ana


De Existe um Olhar a 3 de Julho de 2014 às 11:00
Grande verdade Ana, as lembranças, a saudade, os momentos bons e menos bons acompanham-me sempre e fazem parte da minha história. Nesta vida percorremos muitos caminhos, há que saber decifrar as mensagens que vamos encontrando ao longo deles e percebermos o que temos de aprender nestes percursos e neste aprendi muito mesmo.
Tenho ainda aqui algumas fotos guardadas para ir colocando a pouco e pouco, assim vou saboreando lentamente.

Beijos Ana


De mfc a 2 de Julho de 2014 às 09:44
A nossa vida é feita de incompletudes que vamos tentando preencher!
Os olhares traem-nos...
Beijos.


De Existe um Olhar a 3 de Julho de 2014 às 11:02
A vida é isto mesmo, um sucessivo vaivém de recordações que nos fazem reviver um pouco de nós e reconhecer aquilo que tivemos de aprender.

Beijos Manuel


De jabeiteslp a 2 de Julho de 2014 às 16:14

Recordações que perduram

Beijo e um grande e feliz fim de semana


De Existe um Olhar a 3 de Julho de 2014 às 11:03
Always and forever

Beijos João


De Joana a 5 de Julho de 2014 às 21:21
O ano passado fui conhecer o Porto e adorei. As pessoas, as ruas, a comida deixaram-me com vontade de querer voltar.


Comentar post

Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

.Quem me segue

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 227 seguidores

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
14
16
18

19
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Quem sou eu?

. Porta número 8

. O templo dourado

. Caíram desamparadas

. Fui lá...

. Tudo ao contrário

. Há pano para mangas

. Eu quero uma casa no camp...

. A descer

. Chapéus há muitos

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. O regresso

. A MORTE e as PENAS.

. As cores do tempo

. ...Ah e tal são meras Teo...

. O cheiro da luz

. Um Livro, Uma Imagem

. A verdadeira história de ...

. CARTA À MINHA AMIGA INÊS

.links

.Lista de links

.Quem me visita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds