Terça-feira, 31 de Maio de 2016

Numa noite sem lua

IMG_0867.JPG

Num deserto sem água

Numa noite sem lua

Num país sem nome
Ou numa terra nua
Por maior que seja o desespero
Nenhuma ausência é mais funda do que a tua.

Sophia de Mello Breyner Andresen

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 15:48
link do post | comentar | favorito (1)
|
41 comentários:
De green.eyes a 31 de Maio de 2016 às 16:43
Que foto fantástica ........... espetacular!!!
Foste tu que tiraste?? Adorei ...
Parabéns!!!


De Existe um Olhar a 31 de Maio de 2016 às 16:54
Todas as fotos que coloco aqui foram tiradas por mim. Esta foi no deserto em Marrocos.
Muito obrigada pelo teu apreço.

Beijos


De jabeiteslp a 31 de Maio de 2016 às 16:48
Beleza de foto Manuela

Resto de semana Feliz


De Existe um Olhar a 31 de Maio de 2016 às 16:56
Fico contente por teres gostado
A mim também me deu um prazer especial tirar fotos neste deserto fabuloso.
Um resto de boa semana também para ti.

Beijos João


De Elisa Fardilha a 31 de Maio de 2016 às 17:36
Adoro o poema "Ausência"...é um dos meus preferidos.

Poema e foto em total sintonia.
O P&B acentuou o mistério e silêncio do deserto.

Beijinhos.


De Existe um Olhar a 31 de Maio de 2016 às 17:44
Temos gostos idênticos amiga
Muito obrigada pela tua presença assídua e simpática.

Beijos Elisa


De Mãe Maria a 31 de Maio de 2016 às 17:50
lindo poema e linda foto. O deserto é magnífico mas tb me é muito assustador.


De Existe um Olhar a 31 de Maio de 2016 às 17:56
Foi a primeira vez que fui ao deserto e fiquei surpreendida.
Lá respira-se tanta paz e tranquilidade que não me importava de lá voltar.

Beijos


De Maria Araújo a 31 de Maio de 2016 às 18:12
Sem palavras!
Parabéns.


De Existe um Olhar a 31 de Maio de 2016 às 18:32
Muito obrigada.

Beijinhos


De miilay a 31 de Maio de 2016 às 18:59
Foto fabulosa! O poema maravilhoso.És uma artista ,a completares as fotos com palavras.
Beijinho
miilay


De Existe um Olhar a 31 de Maio de 2016 às 19:02
Amiga pelo que tenho lido lá no teu canto, também me encantam as tuas palavras, que por vezes não são de nenhum autor, mas tuas, tão genuínas e sentidas.
Muito obrigada pelo teu comentário .

Beijos Miilay


De Henrique Antunes Ferreira a 31 de Maio de 2016 às 21:02
Manuamiga



Olá!

Depois de enormes confusões, de muitas decepções de várias ocasiões de desespero e na alternativa de me suicidar, que não me pareceu muito saudável, decidi continuar – e por isso aqui estou.

Pensei tomar 25 gramas de raticida diluído em ácido sulfúrico, com umas pitadas de arsénico; simultaneamente cortaria os pulsos e atirava-me da ponte 25 de Abril e durante a viagem até chegar ao Tejo daria um tiro na mioleira; como complemento e para ficar seguro de que não o meu cadáver ficaria absolutamente falecido, e na mesma altura enforcava-me. Sair-me-ia caríssimo. Desisti.

Por isso repito o que venho dizendo muito empenhado (já nem tenho cotão nos bolsos): A Nossa Travessa está à disposição total, inultrapassável e inadiável. É http:///anossatravessa.blogspot.pt onde fico à espero de muitas visitas e muitos comentários. Obrigado

Qjs (queijinhos) = Bjs (beijinhos)

Leãozão



De Existe um Olhar a 1 de Junho de 2016 às 10:29
A tua história até faz chorar as pedras da calçada, sempre brincalhão!
Claro que vou à tua Travessa, espero não ser atropelada

Beijos de uma leoa para um leão


De Fê blue bird a 31 de Maio de 2016 às 21:33
UAU! Que foto espectacular, parabéns!
A escolha do poema da nossa Sophia está perfeita também.

Um beijinho


De Existe um Olhar a 1 de Junho de 2016 às 10:30
Olá Fê
Fico contente pela tua visita e palavras.
Ainda bem que gostaste

Beijos Fê


De carol a 31 de Maio de 2016 às 22:42
Ui, que lindo!!! Nem sei dizer de qual gosto mais - se da extraordinária foto, se do belo poema que a ilustra...

Muito bem escolhido (e fotografado) Manu!

Beijinhos


De Anónimo a 1 de Junho de 2016 às 10:31
Pelos visto ficaste com dois amores e não sabes qual gostas mais
Muito obrigada pelo teu apreço.

Beijos Carol


De PC Silva a 31 de Maio de 2016 às 23:27
UAU!!! já há algum tempo que não vinha aqui... um visual diferente para esta magnifica foto. adorei a foto: os jogos de luz e sombra e os contrastes. excelente!!!


De Existe um Olhar a 1 de Junho de 2016 às 10:34
Que bom vires até este canto, fiquei contente!
Sei que andas muito atarefado lá com os andaimes, por isso compreendo
Obrigada pelo teu apreço.

Beijos Paulo


Comentar post

Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

.Quem me segue

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 227 seguidores

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
14
16
18

19
22
24
25

27
28


.posts recentes

. Temporariamente encerrado

. Quase vazias...

. Enamoramento

. Hoje vou meter água

. Quem sou eu?

. Porta número 8

. O templo dourado

. Caíram desamparadas

. Fui lá...

. Tudo ao contrário

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. O regresso

. A MORTE e as PENAS.

. As cores do tempo

. ...Ah e tal são meras Teo...

. O cheiro da luz

. Um Livro, Uma Imagem

. A verdadeira história de ...

. CARTA À MINHA AMIGA INÊS

.links

.Lista de links

.Quem me visita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds