Segunda-feira, 24 de Agosto de 2015

O equilíbrio desejado

 

 Naquela tarde, vagueei sozinha nas margens pedregosas daquele rio de corrente violenta. 
Ninguém por ali. Alguns metros à frente uma velha mesa de madeira. Sem pensar e seguindo apenas a intuição procurei 10 pedras que tentei equilibrar...sim tentei, assim como tento todos os dias o equilíbrio que tantas vezes, por falta dele, me faz ficar sem chão.
Uma a uma, como se fossem peças de um puzzle, fui erguendo o meu castelo. De vez em quando, tudo se desmoronava, teimosamente recomeçava, até que coloquei a última. Contemplei e senti-me uma vencedora. Sol de pouca dura, momentos mais tarde uma rajada de vento deitou tudo por terra.

Não recomecei, deixei tudo por ali esperando que um dia as águas subissem e levasse o meu mundo de sonhos que ilusoriamente tentei construir.

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 19:50
link do post | comentar | favorito
|
17 comentários:
De Rute a 24 de Agosto de 2015 às 21:08
Gostei imenso do teu texto, muito bem pensado e 'sentido'. a fotografia não podia estar mais adequada às palavras. Muito bonito.

Parabéns Manu

Beijinhos


De marrocoseodestino a 24 de Agosto de 2015 às 21:19
E é assim que temos de fazer com a vida, cair e levantar.
Boa semana


De Teté a 24 de Agosto de 2015 às 21:58
Ui, não sei se tinha pachorra para tentar esses equilíbrios, mas a foto ficou bem gira! :)

Beijocas


De contempladora ocidental a 24 de Agosto de 2015 às 22:57
É frequente ver-se, a partir da primavera, esculturas feitas com "pedras em equilíbrio", à beira dos rios, nos próprios rios e nas margens do lago. Tb fiz uma há poucos anos. Com apenas 3 ou 4 pedras!!!! Por graça.


De miilay a 24 de Agosto de 2015 às 23:04
Amiga,lindo texto e é mesmo assim, procurar o equilíbrio que nem sempre se consegue,mas tu com a tua persistência e Vontade conseguiste equilibrar as pedras ,e a tua Vida. A foto está como sempre maravilha.
Um abraço
miilay


De Photo Attraction a 25 de Agosto de 2015 às 09:25
Uma dupla de peso: fotografia excelente e texto profundo.
A juntar à habilidade de equilibrar pedras redondas...
Uma mulher dos 7 (ou três) oficios ;)


De green.eyes a 25 de Agosto de 2015 às 10:06
Mania das gradezas!! Tinha que ser logo um castelo ??
Se fosse uma casinha tinha sido mais fácil ...

OK eu sei ... as coisas difíceis de fazer são sempre as que nos dão mais gozo.

Quantas e quantas vezes o meu castelo desmorona ... nem sei ... mas eu nunca desisto ... quando cai por terra, volto a colocar tudo no sitio ... pedra por pedra ...



De jabeiteslp a 25 de Agosto de 2015 às 10:53
Um pouco de cola em cada uma
problema resolvido... brinco


Xoxo de aqui dos calhaus da Covilhã
nos desejos de que tudo vá bem...



De Palomina a 25 de Agosto de 2015 às 11:49
Jamais percas o teu equilíbrio, por mais forte que seja o vento procura um abrigo dentro de ti.

Beijo.



De Elisa Fardilha a 25 de Agosto de 2015 às 11:54
O meu mundo se sonhos nunca o realizei...

Excelente foto em total sintonia com o não menos excelente texto.

Beijinhos.


Comentar post

Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

.Quem me segue

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 227 seguidores

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
14
16
18

19
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Quem sou eu?

. Porta número 8

. O templo dourado

. Caíram desamparadas

. Fui lá...

. Tudo ao contrário

. Há pano para mangas

. Eu quero uma casa no camp...

. A descer

. Chapéus há muitos

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. O regresso

. A MORTE e as PENAS.

. As cores do tempo

. ...Ah e tal são meras Teo...

. O cheiro da luz

. Um Livro, Uma Imagem

. A verdadeira história de ...

. CARTA À MINHA AMIGA INÊS

.links

.Lista de links

.Quem me visita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds