Sexta-feira, 17 de Março de 2017

O meu caminho

IMG_1192a.jpg

Gosto de caminhos sinuosos, que me façam ter a curiosidade de saber o que está para além daquela curva e descobrir que há muito mais para contemplar e com olhar atento, captar o que não quero esquecer.

 

 

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
tags:

publicado por Existe um Olhar às 14:20
link do post | comentar | favorito (1)
|
31 comentários:
De Chic'Ana a 17 de Março de 2017 às 15:08
Também gosto, da descoberta, do mistério! Adorei a imagem
Beijinhos


De Existe um Olhar a 17 de Março de 2017 às 17:58
Eu adoro e gosto sempre de descobrir atalhos novos.
Muito obrigada.

Beijos Chic`Ana


De Avogi a 17 de Março de 2017 às 16:22
E às vezes reserva-nos boas surpresas.
Kis :=}


De Existe um Olhar a 17 de Março de 2017 às 18:43
Quase sempre, de vez em quando estatelamo-nos

Beijos Gi


De Rui Pires a 17 de Março de 2017 às 16:42
Maravilhoso lema...
Excelente imagem!
Bjs e bfs


De Existe um Olhar a 17 de Março de 2017 às 18:44
O meu lema é sempre esse, descobrir novos caminhos, aventurar-me.
Obrigada pelo teu apreço.

Beijos Rui


De Remus a 17 de Março de 2017 às 17:03
Mas com um caminho destes, com tanta curva, convém seguir o ditado "se caminhar, não beba". Não vá dar-se o caso de sair do caminho e ir parar para o meio das moitas.
Quer que vá a trás de si, para vigiar se não sai do caminho?


De Existe um Olhar a 17 de Março de 2017 às 18:47
Eu preferia que fosse à frente, sempre me ia sentir mais segura
Se fosse atrás podia cair nalgum buraco, mesmo sem beber e era pior a emneda que o soneto.

Beijos Remus


De Remus a 20 de Março de 2017 às 15:06
Quer que vá à sua frente? Mas... se a Manu cair, como é que eu a seguro?
Cá para mim, quer que eu vá à sua frente, para depois tirar-me fotografias às escondidas e publica-las no "feicebuque". Já lhe percebi a jogada...


De Cidália Ferreira a 17 de Março de 2017 às 17:56
Uma frase, escrita com intensidade e profundidade! Adorei
A Foto é maravilhosa, é a moldura da frase.

Beijo, bom fim de semana.


De Existe um Olhar a 17 de Março de 2017 às 18:49
Esta frase saiu, foi isto que senti e quando ando por caminhos desconhecidos é este o meu lema.
Muito obrigada pelo apreço

Beijos Cidália


De omeumaiorsonho a 17 de Março de 2017 às 18:42
Já somos duas, tb adoro caminhos assim ;)


De Existe um Olhar a 17 de Março de 2017 às 18:50
É bom, não é? Partir à descoberta e sermos surpreendidas

Beijos


De jabeiteslp a 17 de Março de 2017 às 21:50
E mais lá ao longe
um ruido de Mar em disco rachado e repetido
mas sempre
presente no sinuoso caminho de abrigo
dos ventos agrestes
Silvestres na sua solidão
onde por Condão
a cada curva de terra batida
se faz União
de aromas cores e sons nos seus Dons.

Deixo os desejos de uma feliz noite de encanto
Beijinhos de aqui dos calhaus da Serra


De Existe um Olhar a 17 de Março de 2017 às 22:52
Há o ruído do mar, as gaivotas que planam, o cheiro da brisa do mar e por vezes o silêncio que me faz companhia.
Um trilho que me traz paz.
Feliz fim de semana para ti e que o brilhe aí nos calhaus da serra.

Beijos João


De carol a 17 de Março de 2017 às 22:10
Digo sempre a mesma coisa, Manu! Desculpa pela minha falta de originalidade, mas as tuas fotografias são sempre um espanto e muito bem ilustradas com as frases mais apropriadas . Tens mesmo arte nisto que fazes. Parabéns!

Beijinho.


De Existe um Olhar a 17 de Março de 2017 às 22:55
E eu continuo a dizer que tu és uma simpatia. Sabes que me sabe bem ler estes teus elogios, porque quando vejo as fotos doutros fotógrafos, sinto que as minhas deixam muito a desejar, por isso saiam palavras bonitas, que eu gosto
Muito obrigada.

Beijos Carol


De Rui a 17 de Março de 2017 às 22:39
Esta foto provoca-me saudades !
Em miúdo tinha uma bicicleta . Em Ermesinde a população era de 5 mil e hoje é de 70 mil.
Quer isto dizer que todos estes caminhos dessa época hoje têm casarios por tudo quanto é lado.
Eu saia de casa e percorria todos os caminhos e ruas ! Não havia um só que eu não conhecesse !!! ... Até (quase) essas 5 mil pessoas eu conhecia !

Beijo , Manu


De Existe um Olhar a 17 de Março de 2017 às 22:58
O teu caso é quase parecido com o meu.
Ofereceram-me uma bicicleta aos 12 anos, corria todos os carreiros , mesmo os mais perigosos, hoje isso era impossível.
Esta foto não é da minha terra, é de um trilho que costumo fazer e felizmente já há muitos destinados a ciclistas.
Creio que o caso aí é bem mais complicado.
Saudades da infância, não é?

Beijos Rui


De Maria Ladeira a 18 de Março de 2017 às 15:43
Também gosto e muito!!!bj


De Existe um Olhar a 19 de Março de 2017 às 11:44
Eu sei que sim, basta visitar o seu blog

Beijos Graça


Comentar post

Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

.Quem me segue

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 227 seguidores

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
14
16
18

19
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Quem sou eu?

. Porta número 8

. O templo dourado

. Caíram desamparadas

. Fui lá...

. Tudo ao contrário

. Há pano para mangas

. Eu quero uma casa no camp...

. A descer

. Chapéus há muitos

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. O regresso

. A MORTE e as PENAS.

. As cores do tempo

. ...Ah e tal são meras Teo...

. O cheiro da luz

. Um Livro, Uma Imagem

. A verdadeira história de ...

. CARTA À MINHA AMIGA INÊS

.links

.Lista de links

.Quem me visita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds