Quarta-feira, 14 de Outubro de 2015

O pescador

O pescador

 

 "Páre de sofrer, esqueça o peixinho de 30Kg que acabou de escapar"

Autor desconhecido

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 20:53
link do post | comentar | favorito
|
23 comentários:
De chica a 14 de Outubro de 2015 às 22:55
Peixinho? Com 30 k? Rsss.Pra um pescador é difícil! Linda foto! Lindo lugar! bjs,chica


De Existe um Olhar a 14 de Outubro de 2015 às 22:59
Ironia pura

Beijos Chica


De Carolina Cruz a 14 de Outubro de 2015 às 23:39
Bem apanhado :) beijinhos *


De Existe um Olhar a 14 de Outubro de 2015 às 23:51
Mal o via, eu estava numa ponte e ele minúsculo lá ao fundo nas águas transparentes, onde dizem apanhar-se, óptimas trutas.

Beijos Carolina


De jabeiteslp a 15 de Outubro de 2015 às 08:21
Um Golfinho... de águas doces e voador...

Excelente foto Manuela

Xoxo da Covilhã
nos desejos de um feliz fim de semana




De Existe um Olhar a 16 de Outubro de 2015 às 15:16
Golfinho ou não eu não vi peixe nenhum Dizem que pescam lá umas trutazitas e só as saboreei no restaurante mais acima

Bom fim de semana

Beijos João


De Rui Espirito Santo a 15 de Outubro de 2015 às 16:29
... Mas que zoom, que "resolução", que transparência !!! ...
Aqui sim,... o resultado de uma verdadeira máquina fotográfica !

Um Beijo, Manuela !
Um Grande Abraço daqui a dois dias e pico ! rsrs
:)


De Existe um Olhar a 16 de Outubro de 2015 às 15:21
Não é uma grande máquina Rui, é até pequena e leve, boa para viajar, mas tem um zoom fantástico, que me possibilitou registar a transparência das águas.

Domingo , lá estaremos todos

Beijos Rui


De Remus a 15 de Outubro de 2015 às 16:36
Mas agora é possível fazer-se pesca no meio dos calhaus.
Os calhaus agora dão peixe?
Nessas águas de águas cristalinas nem algas dá... como vão dar peixes?
Mas que grande engano pregaram ao homem.


De Existe um Olhar a 16 de Outubro de 2015 às 15:26
Passo a explicar, menino Remus:
Aquele lago só dá mesmo trutas e apesar de não haver vegetação, antes de responder ao comentário, informei-me.
Acontece que as trutas se alimentam de insectos que pousam nas águas e em pequeníssimos peixes que andam por ali.
Tive oportunidade de as provar num restaurante mais acima e sei que na altura delas , aquelas margens profundas e cheias de calhaus se enchem de pescadores. Ficou esclarecido?

Beijos Remus


De Remus a 20 de Outubro de 2015 às 11:43
Não sei se fiquei.
Então e o que serve de alimento para os outros tais peixes (que servem de alimento para as trutas) e para os tais insectos?
Cá para mim, a truta que comeu no tal restaurante, veio foi do Pingo Doce.



De Existe um Olhar a 20 de Outubro de 2015 às 16:29
Perguntas difíceis......não sei responder, mas fui à catequese e lá no evangelho há uma parte que diz: Olhai os lírios do campo que não semeiam nem colhem...etc, etc, etc, portanto quem diz os lírios , podem ser os peixinhos, melgas, mosquitos, baratas e afins
Pingo Doce tenho a certeza que não foi, a não ser que o chefão mandasse trutas via aérea


De Elisa Fardilha a 15 de Outubro de 2015 às 22:06
Magnífica foto.

O local (lago) transmite-me paz!
A junção da água e pedra está fabulosa.

Beijinhos.


De Existe um Olhar a 16 de Outubro de 2015 às 15:28
Paz foi também o que senti ao passear à beira do lago , durante algumas horas. Havia pouca gente e a paisagem era fantástica, aliás já tenho outra foto aqui dessas montanhas com estradas às curvas.
Muito obrigada.

Beijos Elisa


De Mãe MAria a 16 de Outubro de 2015 às 16:30
é isso mesmo, sofre o pescador e o peixinho.


De Existe um Olhar a 17 de Outubro de 2015 às 15:56
Neste caso acho que sofre mais o pescador , que se levanta bem cedo e a maior parte das vezes vai de mãos a abanar

Beijos


De Ricardo Santos a 16 de Outubro de 2015 às 22:10
Foto bem conseguida e difícil por causa da necessidade de contrastes !


De Existe um Olhar a 17 de Outubro de 2015 às 15:58
Os contrastes são naturais, não tive de fazer nada, a transparência da água e as rochas das margens eram mesmo assim.
Muito obrigada

Beijos Ricardo


De cristina a 17 de Outubro de 2015 às 12:56
Sempre solitários os pescadores.


De Existe um Olhar a 17 de Outubro de 2015 às 16:01
Acho que gostam assim, pelo menos não há barulho e ninguém espanta o peixe. Como o lago é enorme, há muitos espalhados e geralmente vão bem cedo.

Beijos Cristina


De Maria Ladeira a 17 de Outubro de 2015 às 17:11
Um olhar bem interessante carregado de sabedoria! Bj


De Existe um Olhar a 20 de Outubro de 2015 às 18:20
Muito obrigada Graça!


Beijinhos


Comentar post

Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

.Quem me segue

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 227 seguidores

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
14
16
18

19
22
24
25

27
28


.posts recentes

. Temporariamente encerrado

. Quase vazias...

. Enamoramento

. Hoje vou meter água

. Quem sou eu?

. Porta número 8

. O templo dourado

. Caíram desamparadas

. Fui lá...

. Tudo ao contrário

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. O regresso

. A MORTE e as PENAS.

. As cores do tempo

. ...Ah e tal são meras Teo...

. O cheiro da luz

. Um Livro, Uma Imagem

. A verdadeira história de ...

. CARTA À MINHA AMIGA INÊS

.links

.Lista de links

.Quem me visita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds