Quarta-feira, 14 de Janeiro de 2015

Para a minha amiga Julieta

 Há alguns anos, não muitos, quando da minha visita ao Brasil, tive o previlégio de conhecer  Julieta do blogue Reconstruindo Caminhos
Fui recebida como uma rainha. Nunca vou esquecer a gentileza, simpatia e carinho com que me recebeu e os lugares fantásticos que me deu a conhecer.

Apesar de um oceano nos separar, continua a existir um elo de grande amizade e cumplicidade entre nós.

Hoje e nesta altura tão especial na vida de Julieta, quero deixar aqui um momento dos mais bonitos que vivemos que foi o pôr do sol em Jacaré e fazer com que sinta que há alturas em que devemos estar mais perto de quem gostamos  e em que toda a energia é necessária para superar algumas rasteiras que a vida nos prega.

Sei que é uma "Grande Senhora" com uma força invejável e uma fé inabalável.

Sei que o longe se pode fazer perto e que a distância nunca será impedimento para que me sinta bem próxima.

Espero que volte muito em breve a escrever numa folha em branco um novo recomeço e reconstruindo caminhos com a mesma emoção e paixão com que as palavras saiam soltas do fundo da alma.

Saiba que estou sempre por aqui, minha amiga.

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 20:20
link do post | comentar | favorito
|
29 comentários:
De cristina a 14 de Janeiro de 2015 às 21:10
Que maravilha Manu, a verdadeira amizade nem a distância separa.
Fico feliz que já conheça essa beleza da natureza que é o pôr-de-sol na praia do jacaré.
Beijos


De Existe um Olhar a 20 de Janeiro de 2015 às 20:07
Sem dúvida Cristina..não há distância para os verdadeiros amigos e foi com Juiieta que vi o maravilhoso pôr do sol em Jacaré, algo indescritível.

Beijos Cristina


De Elisa Fardilha a 14 de Janeiro de 2015 às 21:42
Esta é a verdadeira amizade!

Belíssimo e mágico pôr-do-sol.

Beijinhos.



De Existe um Olhar a 20 de Janeiro de 2015 às 20:08
E eu que dou uma importância aos amigos, sem eles , sem dúvida, ficaria mais só e aprenderia muito menos.

Beijos Elisa


De Alice Alfazema a 14 de Janeiro de 2015 às 22:51


De Existe um Olhar a 20 de Janeiro de 2015 às 20:09
Esta flor quer dizer muito..obrigada Alice
Outra para ti com um beijo


De Vasco a 15 de Janeiro de 2015 às 02:54
A Julieta seguramente ficará muito feliz!

Ora aqui está uma prenda das que realmente gosto de ver e receber. Como diz a canção, "recordar é viver".
Abraço.


De Existe um Olhar a 20 de Janeiro de 2015 às 20:11
Foi essa a minha intenção Paulo, minimizar um pouco o momento menos bom pelo qual a minha amiga está a passar.

Beijos Paulo


De Vasco a 20 de Janeiro de 2015 às 21:07
Assim é a Amizade, com "A" a negrito e sublinhado.
Que a Julieta tenha a força de toda essa luz.
Bjs


De Existe um Olhar a 20 de Janeiro de 2015 às 23:08
E força não lhe faltará, disso não tenho dúvida Paulo.
Os AMIGOS também servem para enviar energia positiva.

Beijos Paulo


De Miguel Alexandre Pereira a 15 de Janeiro de 2015 às 11:09
Que belo texto sobre a amizade, a distância pode dificultar, mas quando há um sentimento genuíno é um obstáculo bem ultrapassado. Gostei imenso da foto, adoro um bonito pôr-de-sol :)

http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/


De Existe um Olhar a 20 de Janeiro de 2015 às 20:13
Não há distância quando há amigos verdadeiros e que um dia nos fizeram felizes como foi o caso da Julieta que me encantou com a sua gentileza , simpatia e generosidade.

Beijos Miguel


De julieta almeida a 15 de Janeiro de 2015 às 13:21
Manu,

Eu, que gosto tanto das palavras, fiquei sem fala... Emocionada, fui ao "Houaiss" a procura das letras que, juntas, falassem da minha gratidão por esta linda homenagem. Nada encontrei!

Mas, de repente, o falar foi substituído pelo sentir e, no dicionário do meu afeto, veio a lembrança de uma passagem da bíblia. Então, eu a escolhi só para te dizer: Manu, amiga linda, por você eu caminharia muito mais que dois quilômetros. Amo você! Obrigada!


De Existe um Olhar a 20 de Janeiro de 2015 às 20:19
Querida amiga Julieta
É impossível esquecer você e cada minuto que passámos juntas e em que me mostrou com tanto carinho a sua cidade. Não vou esquecer nunca.
Que toda a boa energia que emana do seu coração, continue a fazer com que se sinta feliz, pois sei que receberá em dobro o que oferece.
O meu gesto foi o mínimo que podia fazer, mas achei que devia e nada me deu maior prazer.
Amigos não se conhecem só nas horas boas, eles se revelam também nas mais tempestuosas.
Desejo que logo logo, possa partilhar com todos as suas sábias palavras.

Beijos enorme Julieta


De Danielle Almeida a 15 de Janeiro de 2015 às 14:16
Quando o amor que a gente sente pela nossa mãe é também sentido por outras pessoas, temos a certeza de que ela é especial. Manu, obrigada por expressar seu carinho por minha mãe de forma tão delicada e gentil.
A minha mãe Juliêta Almeida, minha imensa admiração por ser a mulher mais forte que conheço =)


De Existe um Olhar a 20 de Janeiro de 2015 às 20:21
Dani
Você sabe e todos nós sabemos quão grande é o coração de sua mãe.
Parabéns por ter uma mãe como Julieta!

Beijos Dani


De libel a 15 de Janeiro de 2015 às 14:25
A amizade verdadeira é como o amor, não se explica, apenas se sente. Ela nasce com uma simpatia à primeira vista. Esta simpatia cresce e se torna empatia. As afinidades vão sendo descobertas, momentos vão sendo partilhados, uma história vai sendo vivida, até que a cumplicidade se torna tão grande que muitas vezes já não é preciso dizer nada para que um amigo entenda o outro.

e o teu olhar Manu...consegue transmitir essa bonita amizade.
Julieta mil carinhos parta ti.

Adoro as duas...
beijo enormeeeeee


De Existe um Olhar a 20 de Janeiro de 2015 às 20:25
Tu melhor que ninguém entendes esta sintonia, esta partilha e esta amizade que surgiu um dia nas nossas escritas na blogosfera. Nada se perdeu , nem caiu no esquecimento, porque tu e eu sabemos o quão especial é a Julieta e se tivesses
privado com ela, se a tivesses conhecido, certamente saberias que tudo o que escrevi foi muito pouco.
Obrigada por estares aqui com a tua solidariedade e palavras que sei que te saiem do coração.

Beijos Libel


De Remus a 15 de Janeiro de 2015 às 14:30
Melhor que um pôr-do-sol em Jacaré, só mesmo um pôr-do-sol em Crocodilo.

E depois da parte parva do comentário, agora a parte séria.

Sem dúvida que é uma bela homenagem a esta sua Julieta. Mas agora que penso, isso fará de si Romeu?
(Mau! Eu tinha dito que a parte parva tinha acabado e já estou novamente com parvoíces.)

Agora a sério, mas mesmo a sério.
Que as tais "rasteiras que a vida nos prega" sejam totalmente superadas. Tudo de bom para as duas. E mais uma vez reafirmo, uma bela homenagem e já agora também acrescento, uma bela fotografia.


De Existe um Olhar a 20 de Janeiro de 2015 às 20:34
Caro Remus
Em tempos idos em que me dedicava mais à escrita do que à fotografia, tivemos oportunidade de nos irmos conhecendo, sim porque acredito que com as palavras também se vai percebendo o tipo de pessoa que interage connosco.
Tive o prazer de a conhecer no Brasil e a imagem que tinha dela através das palavras, superou a mulher que me acolheu e como sabe não sou Romeu, sou mais para o "Rumeira" porque ando rumando por esse mundo fora sempre que possível. Só falta mesmo ir até ao Norte e pode ser que um dia conheça o resto do mais bem humorado comentador que tenho
Muito obrigada pelas palavras.

Beijos Remus


De José Gilberto de Almeida Jr a 15 de Janeiro de 2015 às 17:42
Com a alegria de menina faceira
Juliêta insiste em se levantar e a vida desafiar
Não importando quantas vezes esta insista em lhe dar uma rasteira
Demonstrando a força e a raça da mulher brasileira!

Uma família grata pela homenagem e por fazer D. Juliêta sorrir orgulhosa.


De Existe um Olhar a 20 de Janeiro de 2015 às 20:38
José Gilberto

Não tive o prazer de o conhecer quando aí estive , mas sua mãe falou-me dos seus filhos com especial carinho, como é apanágio dela
Muito obrigada pelas palavras que aqui deixou e transmita-lhe o quanto estou torcendo por ela.
Que os nossos sorrisos se misturem e criem uma onda de boa energia para a sua mãe.

Beijos José Gilberto


Comentar post

Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

.Quem me segue

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 227 seguidores

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
14
16
18

19
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Quem sou eu?

. Porta número 8

. O templo dourado

. Caíram desamparadas

. Fui lá...

. Tudo ao contrário

. Há pano para mangas

. Eu quero uma casa no camp...

. A descer

. Chapéus há muitos

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. O regresso

. A MORTE e as PENAS.

. As cores do tempo

. ...Ah e tal são meras Teo...

. O cheiro da luz

. Um Livro, Uma Imagem

. A verdadeira história de ...

. CARTA À MINHA AMIGA INÊS

.links

.Lista de links

.Quem me visita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds