Sexta-feira, 19 de Setembro de 2014

Passei por Mértola

Vila do Baixo Alentejo, sede de um dos maiores municípios do País, Mértola é um local histórico de rara beleza natural e patrimonial, que importa conhecer. 
Passeando pelas ruas de Mértola repara-se na sua rica história, num local com vestígios de presença humana que remontam ao Neolítico, tendo passado por aqui Fenícios (que criaram um importante porto comercial), Romanos, Visigodos e, deixando uma marca bem forte, os Mouros. 
Situada numa zona abençoada pela natureza, na margem do Rio Guadiana, desde cedo Mértola utilizou o melhor que o rio tem para oferecer. Palco de alimento, comunicação e troca de bens, e até de defesa nacional.
Fiquei surpreendida com a preocupação em restaurar e preservar a zona arqueológica, com a limpeza, a brancura das casas, a simaptia das pessoas e claro com os bons acepipes que se podem degustar, doces, queijos, enchidos, tudo regado com bom vinho.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 06:22
link do post | comentar | favorito
|
14 comentários:
De Nadine Pinto | Fotografia a 19 de Setembro de 2014 às 10:09
Gosto muito dessa terra. Aliás, eu gosto de todo o Alentejo, de lés-a-lés. Maravilha de Portugal!


De Existe um Olhar a 19 de Setembro de 2014 às 18:32
Então já somos duas, eu já lá tinha ido no Verão, este ano fui na Primavera e fiquei deslumbrada.

Beijos Nadine


De Miguel Alexandre Pereira a 19 de Setembro de 2014 às 10:26
Mértola tem locais simplesmente geniais com espaços bastante bonitos! Conseguiste retratar alguma dessa beleza nesta fabulosa foto. Gostei bastante, fico sempre com vontade de deliciar-me com mais :)


De Existe um Olhar a 19 de Setembro de 2014 às 18:33
Não conhecia Mértola e fiquei deslumbrada. O património está muito bem conservado, as pessoas são afáveis e simpáticas e há uns petiscos de comer e chorar por mais.

Beijos Miguel


De Elisa Fardilha a 19 de Setembro de 2014 às 13:48
Já lá estive e adorei.
Aliás, acho que todo o Alentejo está bem preservado.
Pareço ceguinha, pois não me lembro de ter visto o edifício que magnificamente fotografaste.

Beijinhos.



De Existe um Olhar a 19 de Setembro de 2014 às 18:37
Também achei que o Alentejo está muito bem preservado, com excepção de Beja.
Descem-se as escadas e ficamos logo à beira do Guadiana. Talvez não reconheças, porque deu-me a sensação de que tinha sido todo restaurado há pouco tempo.
Já não me lembro de mais pormenores, mas sei que é uma casa com história e penso que pertence ao Município.

Beijos Elisa


De Remus a 19 de Setembro de 2014 às 17:22
Eu também já passei por Mértola, mas não me lembro de ter visto isto.
Cá para mim, isto só foi construído nos últimos meses.


É um ponto de vista diferente (nunca tinha visto este edifício) de Mértola.
Está de parabéns.


De Existe um Olhar a 19 de Setembro de 2014 às 18:41
Agora ri-me com vontade o Remus a quem não escapa nada não se lembra?! Um edifício recente? Está mesmo à beirinha do Guadiana basta descer as escadas.
Se encontrar mais alguma foto de jeito e com uma panorâmica mais abrangente, coloco-a aqui e vai lembrar-se.
Obrigada pelo apreço.

Beijos Remus


De Rute a 19 de Setembro de 2014 às 20:52
Até fiquei com vontade de ir já para lá! Realmente o nosso Alentejo é mesmo bonito. Aquele azul a contrastar com a brancura das paredes é maravilhoso.

Beijinhos, Manu


De Existe um Olhar a 19 de Setembro de 2014 às 22:53
Eu digo o mesmo, nunca tinha ido ao Alentejo na Primavera e calcorreado tantas terras que fiquei fascinada. Tudo branquinho, bem cuidado, sem lixo, gente afável e paz , muita paz.

Beijos Rute


De lis a 21 de Setembro de 2014 às 00:51
Muito bonito ,
Preciso ler mais a respeito do Alentejo_ é uma região com várias cidades ou esta é a única? quando penso em Alentejo penso em campos e planícies ( vejo assim em fotos) nunca tinha visto algo na cidade. prometo pesquisar pra nao dizer bobagens rsrs
Portugal sempre me encanta !
um boa semana Manu


De Existe um Olhar a 21 de Setembro de 2014 às 10:05
Lis
O Alentejo é uma zona vasta e linda que fica a sul de Portugal, para além das planícies a perder de vista, podemos encontrar cidades lindas e a maior parte delas bem conservadas , onde o branco impera. Évora, Elvas, Moura, Mértola, Monsaraz, entre outras são um encanto para o olhar.
Já coloquei mais aqui.

http://existeumolhar.blogs.sapo.pt/escuto-no-silencio-da-planicie-339413
http://existeumolhar.blogs.sapo.pt/barragem-do-alqueva-338413
http://existeumolhar.blogs.sapo.pt/acham-isto-normal-336346
http://existeumolhar.blogs.sapo.pt/a-tela-que-a-natureza-pintou-335893

Beijos Lis



De Eu, simplesmente! a 21 de Setembro de 2014 às 01:49
Recentemente fui a Évora, num dia em que S. Pedro se tinha esquecido de fechar as comportas. Mesmo assim, soube-me bem recordar aquelas gentes, aqueles espaços.
A Mértola não vou há anos. Depois de ver a fotografia é ler a sua descrição fiquei com imensa vontade de ir até lá.
Obrigado por recordar locais tão bonitos e que acabam por cair no esquecimento.
Abraço


De Existe um Olhar a 21 de Setembro de 2014 às 10:08
Sem dúvida que o Alentejo é lindo, eu já tinha visitado no Verão, este ano fi-lo na Primavera e vim deslumbrada.
Também nunca tinha visitado Mértola, fiquei encantada.
Vale a pena uma visita.

Bom Domingo
Beijos


Comentar post

Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

.Quem me segue

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 227 seguidores

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
14
16
18

19
22
24
25

27
28


.posts recentes

. Temporariamente encerrado

. Quase vazias...

. Enamoramento

. Hoje vou meter água

. Quem sou eu?

. Porta número 8

. O templo dourado

. Caíram desamparadas

. Fui lá...

. Tudo ao contrário

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. O regresso

. A MORTE e as PENAS.

. As cores do tempo

. ...Ah e tal são meras Teo...

. O cheiro da luz

. Um Livro, Uma Imagem

. A verdadeira história de ...

. CARTA À MINHA AMIGA INÊS

.links

.Lista de links

.Quem me visita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds