Quarta-feira, 27 de Agosto de 2014

Se não o prendo , ele voa, voa, voa...


...e nem lhe vejo a cor{#emotions_dlg.tongue}


Dinheiro não tem a mínima importância, desde que a gente tenha muito.

(Truman Capote)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
tags:

publicado por Existe um Olhar às 08:00
link do post | comentar | favorito
|
28 comentários:
De Joana a 27 de Agosto de 2014 às 08:35
O meu anda fugido, deve ter sido o vento.
Ai Manu eu em mudanças de casa está a imaginar a despesa?
Um horror.
Pior ainda sem o Miguel para me ajudar.
Beijinho


De Existe um Olhar a 28 de Agosto de 2014 às 08:11
Não é fácil nos dias que correm fazer face a tantas despesas, mas acredito que a Joana é uma mulher forte e vai saber dar a volta por cima.
Espantou-me saber que está sem o Miguel, essa parte da história ainda não contou lá no seu espaço. Fico a aguardar.

Beijos Joana


De Elisa Fardilha a 27 de Agosto de 2014 às 09:56
O meu voa sem dar por ela!

A foto está divinal! Rara!

A frase que a legenda , certíssima!!!

Beijinhos.


De Existe um Olhar a 28 de Agosto de 2014 às 08:12
O meu também, por mais que tente agarrá-lo o danado parece que tem asas

Beijos Elisa


De Alice Alfazema a 27 de Agosto de 2014 às 10:51
Isto é o que se chama verdadeiramente lavar dinheiro


De Existe um Olhar a 28 de Agosto de 2014 às 08:13
Olha que belo título!!! Adorei!

Beijos Alice


De jabeiteslp a 27 de Agosto de 2014 às 11:25
Podias emprestar-me a impressora ?

dava-me jeito uma mala cheia...


Feliz dia por aí
xoxo de aqui


De Existe um Olhar a 28 de Agosto de 2014 às 08:16
Estás com pouca sorte, não posso emprestar-ta, porque até isso avariou, ando a ver se ganho uns trocos para comprar outra, depois empresto-ta para encheres uma mala de notas, mas não te garanto que depois disso não vás dentro

Beijos João


De poetazarolho a 27 de Agosto de 2014 às 11:26
O meu basta abrir a porta e sair à rua e já vôou.


De Existe um Olhar a 28 de Agosto de 2014 às 08:17
Comigo passa-se o mesmo, parece que tem asas, não é justo

Abraço Poeta


De Questiuncas a 27 de Agosto de 2014 às 14:43
Nunca experimentei prende-lo com molas, mas acho que nem assim ele fica. O sr. Passos tem um fascínio gigantesco pelo meu dinheiro.


De Existe um Olhar a 28 de Agosto de 2014 às 08:21
Pois, nem com molas o seguramos, já que o dito senhor também me entra todos os dias na minha carteira e já anda a prometer que em breve o roubo vai ser maior. Isto admite-se?

Beijos Questiuncas


De Remus a 27 de Agosto de 2014 às 14:59
Será que ele na sua carteira é tanto, que até tem que ficar a arejar ao vento?
Queria ter uma carteira dessas.


Vai ter que contar como surgiu a oportunidade desta fotografia. Foi uma oportunidade criada ou uma oportunidade encontrada?
Os bancos suíços são assim? O dinheiro é tanto que até fica em estendais?


De Existe um Olhar a 28 de Agosto de 2014 às 08:25
Aqui o dinheiro é suado e para que não fique a cheirar mal, tenho que o pôr a arejar, caso consiga guardar algum, o que duvido.
Aproveitei, que a dona da casa estava a estender a roupa e resolvi também estender as poucas notas que me restam no mesmo estendal

Beijos Remus


De Anónimo a 27 de Agosto de 2014 às 15:14
O que eu me ri com a frase. Ah pois é.
A minha avó usa muito essa expressão «nem lhe vejo a cor». :)


De Existe um Olhar a 28 de Agosto de 2014 às 08:27
É também o que eu digo em certas alturas e se estou fora, como é o caso, as tentações são mais que muitas
Só em chocolates , gasto uma pipa de massa.

Beijos Nadine


De mfc a 27 de Agosto de 2014 às 17:03
Voa e de que maneira...
Uma foto bem original e muito bem conseguida.

Beijos.


De Existe um Olhar a 28 de Agosto de 2014 às 08:28
Oh se voa!!! Eu bem o tento segurar, mas de nada me valem os meus esforços.
Obrigada pelo apreço.

Beijos Manuel


De poetazarolho a 27 de Agosto de 2014 às 17:42
A pergunta compreender
Será demasiado exigente
Mais fácil será responder
Sem escutar nada da gente

Somos povo p'ra espremer
Não creio que seja diferente
Enquanto a gente ceder
A tanta proposta indecente

Novo começo é possível
Mas sem esta humanidade
Toda conspurcada de sangue

Cada vez mais previsível
A explosão e a luminosidade
Resultante do novo big bang.


De Existe um Olhar a 28 de Agosto de 2014 às 08:30
Pena tenho eu de não conseguir responder em verso. Um dom que não é concedido a todos.
O tema escolhido não podia vir mais a propósito.
Muito obrigada.

Beijos Poeta


Comentar post

Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

.Quem me segue

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 226 seguidores

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
14
16
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. O templo dourado

. Caíram desamparadas

. Fui lá...

. Tudo ao contrário

. Há pano para mangas

. Eu quero uma casa no camp...

. A descer

. Chapéus há muitos

. Tu que passas...

. Em tons de verde

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. O regresso

. A MORTE e as PENAS.

. As cores do tempo

. ...Ah e tal são meras Teo...

. O cheiro da luz

. Um Livro, Uma Imagem

. A verdadeira história de ...

. CARTA À MINHA AMIGA INÊS

.links

.Lista de links

.Quem me visita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds