Terça-feira, 9 de Setembro de 2014

Silêncio e um pouco de luz

Lá fora ficaram as montras, os devaneios, os sorrisos, a vaidade...banalidades que me acompanharam sem certezas de verdades.

Lá fora quem fui?... Menina?... Mulher?... Mentira?... Ou apenas um pouco de nada?

Agora cá dentro, quero desafiar o tempo, passar-lhe á frente, ignorá-lo, como se o tempo que tenho, não fosse aquilo que  resta.

Ficou  a noite... o despir de tudo o que fui.

Ficou o silêncio de um quarto, de um sonho desfeito, de um presente, de um momento, de um olhar, de suspiros, de saudade...

Ficou ainda uma réstia de luz.

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 20:31
link do post | comentar | favorito
|
14 comentários:
De numadeletra a 9 de Setembro de 2014 às 20:51
Movimento, brilho... esta foto está excelente!

Aproveita o silêncio...
https://www.youtube.com/watch?v=pMfV0sVQ_VU

Beijinhos


De Elisa Fardilha a 9 de Setembro de 2014 às 22:48
Havendo uma réstia de luz, há esperança!

Em silêncio , encantei-me com a tua belíssima foto!

Beijinhos.


De Photo Attraction a 10 de Setembro de 2014 às 09:22
Fabuloso o efeito que conseguiste!
Umas zonas nitidas, outras "esfumadas". Uma fotografia com muito movimento e uma composição diferente.


De Remus a 10 de Setembro de 2014 às 11:17
Mau!!!
Mau... Mau... Manu....
Anda a brincar ao "vamos enervar o Remusito"?
Desde já lhe digo que está a brincar e jogar muito bem.


O efeito conseguido com as luzes e o próprio candeeiro, está espectacular.
Muito bom! Muito bom!


De DyDa/Flordeliz a 11 de Setembro de 2014 às 02:14
Bom, bom, bom...
Tal como o pensamento, também a imagem nos transporta para o sem fim.
Continuação de boas tentativas e metas atingidas.
Beijinho


De Isa a 11 de Setembro de 2014 às 10:38
um efeito interessante, um forma diferente de fotografar a luz.


De lis a 11 de Setembro de 2014 às 13:29
Muito bonito de ver suas fotos trabalhadas ou simplesmente vista por outro ângulo que fuja do normal.E quem sabe um dia aprendo... rs
Muito boa ficou essa luz ,em sépia e com um brilho próprio ,
O texto excelente poderia ser meu _ silêncio e quarto vazio rs estou a desafiar o tempo.O importante é a luz que ainda existe.
beijo


De Miguel Alexandre Pereira a 11 de Setembro de 2014 às 21:56
Adoro o efeito da fotografia, consegues sempre deixar uma fantástica referência. Gosto imenso do teu trabalho :)


De cristina a 11 de Setembro de 2014 às 22:02
Adorei esta foto, muito interessante.


De mfc a 14 de Setembro de 2014 às 20:56
Um olhar incomum e uma composição perfeita!

Beijo


Comentar post

Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

.Quem me segue

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 226 seguidores

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
14
16
18

19
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Porta número 8

. O templo dourado

. Caíram desamparadas

. Fui lá...

. Tudo ao contrário

. Há pano para mangas

. Eu quero uma casa no camp...

. A descer

. Chapéus há muitos

. Tu que passas...

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. O regresso

. A MORTE e as PENAS.

. As cores do tempo

. ...Ah e tal são meras Teo...

. O cheiro da luz

. Um Livro, Uma Imagem

. A verdadeira história de ...

. CARTA À MINHA AMIGA INÊS

.links

.Lista de links

.Quem me visita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds