Sábado, 1 de Abril de 2017

No jardim

IMG_2150.JPG

Consideremos o jardim, mundo de pequenas coisas,
calhaus, pétalas, folhas, dedos, línguas, sementes.
Sequências de convergências e divergências,
ordem e dispersões, transparência de estruturas,
pausas de areia e de água, fábulas minúsculas.

Geometria que respira errante e ritmada,
varandas verdes, direcções de primavera,
ramos em que se regressa ao espaço azul,
curvas vagarosas, pulsações de uma ordem
composta pelo vento em sinuosas palmas.

Um murmúrio de omissões, um cântico do ócio.
Eu vou contigo, voz silenciosa, voz serena.
Sou uma pequena folha na felicidade do ar.
Durmo desperto, sigo estes meandros volúveis.
É aqui, é aqui que se renova a luz.

António Ramos Rosa, in "Volante Verde"

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 14:36
link do post | comentar | ver comentários (42) | favorito (1)
|
Quarta-feira, 23 de Março de 2016

Não tenho um jardim, mas...

 

IMG_6531.JPG

 "A primavera chegará, mesmo que ninguém mais saiba seu nome, nem acredite no calendário, nem possua jardim para recebê-la."
Cecília Meireles

Ps. Grata pelos vossos comentários, voltarei em breve

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 13:03
link do post | comentar | ver comentários (18) | favorito
|
Domingo, 10 de Janeiro de 2016

O cheiro da chuva

O cheiro da chuva

 Eu já tinha esquecido o cheiro da chuva

Assim como de tantas outras coisas que a chuva traz

Hoje a mesma trouxe o cheiro, e...

Lembranças, sabores, cores e outros cheiros

Trouxe uma infinidade de sons e sentimentos

entre eles uma e outra coisa que há tempos não sentia.

Senti a chuva de um tempo

de algo, de alguém dos amigos...

Senti falta!

Logo passou assim como a chuva

Tudo rápido: flashes , slides...

Muito rápido!

Assim como a vida, um instante, um gesto

E como tudo o que passa muda modifica e passa: ficou!

Aqui está um cheiro que permaneceu

Está em mim, faz parte de mim.

Um cheiro!

Assim como aqui estão:

Pessoas, saudades e tantas gentilezas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 15:31
link do post | comentar | ver comentários (28) | favorito (2)
|
Quinta-feira, 10 de Dezembro de 2015

Viajar pela leitura

Em paz com a natureza

Viajar pela leitura
sem rumo, sem intenção.
Só para viver a aventura
que é ter um livro nas mãos.
É uma pena que só saiba disso
quem gosta de ler.
Experimente!
Assim sem compromisso,
você vai me entender.
Mergulhe de cabeça
na imaginação!

Clarice Pacheco

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 12:00
link do post | comentar | ver comentários (28) | favorito
|
Quinta-feira, 7 de Maio de 2015

Jardim com flores

 

 
Quem me compra um jardim
com flores?
borboletas de muitas cores,
lavadeiras e passarinhos,
ovos verdes e azuis nos ninhos?
Quem me compra este caracol?
Quem me compra um raio de sol?
Um lagarto entre o muro a hera,
Uma estátua da Primavera?
Quem me compra este formigueiro?
E este sapo, que é jardineiro?
E a cigarra e a sua canção?

E o grilinho dentro do chão?

(Este é o meu leilão)
 
 
 
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 08:35
link do post | comentar | ver comentários (36) | favorito
|
Terça-feira, 11 de Fevereiro de 2014

Fugindo dos espinhos

"Fugindo dos espinhos, mesmo que com isso eu perca o perfume de algumas flores."

Eddy Santos

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 09:30
link do post | comentar | ver comentários (26) | favorito
|
Domingo, 26 de Janeiro de 2014

Hora de cavar daqui

Diga a verdade e saia correndo.

Provérbio Jugoslavo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 23:45
link do post | comentar | ver comentários (18) | favorito
|
Quinta-feira, 28 de Fevereiro de 2013

A infinita benção do recomeço

" -Tudo tem seu apogeu e seu declínio... É natural que seja assim, todavia, quando tudo parece convergir para o que supomos o nada, eis que a vida ressurge, triunfante e bela!... Novas folhas, novas flores, na infinita benção do recomeço! "

Chico Xavier
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 14:16
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|
Segunda-feira, 28 de Janeiro de 2013

Chove. Há silêncio

 
Chove. Há silêncio, porque a mesma chuva
Não faz ruído senão com sossego.
Chove. O céu dorme. Quando a alma é viúva
Do que não sabe, o sentimento é cego.
Chove. Meu ser (quem sou) renego...

Tão calma é a chuva que se solta no ar
(Nem parece de nuvens) que parece
Que não é chuva, mas um sussurrar
Que de si mesmo, ao sussurrar, se esquece.
Chove. Nada apetece...

Não paira vento, não há céu que eu sinta.
Chove longínqua e indistintamente,
Como uma coisa certa que nos minta,
Como um grande desejo que nos mente.
Chove. Nada em mim sente...

Fernando Pessoa, in "Cancioneiro"
 
No jardim do museu do Oriente
Janeiro de 2013

 

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 19:17
link do post | comentar | ver comentários (31) | favorito
|
Sábado, 10 de Novembro de 2012

Decorando a alma

 

 O tempo é algo que não volta atrás.
Por isso plante seu jardim e decore sua alma,
Ao invés de esperar que alguém lhe traga flores ...

(William Shakespeare)
 
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 19:30
link do post | comentar | ver comentários (22) | favorito
|
Terça-feira, 17 de Julho de 2012

Quando uma flor se abre

Quando uma flor se abre,
nunca é apenas uma flor
- ela ativa um processo;
então, flores continuam a abrir-se.
A primeira flor pode ser difícil,
mas as outras simplesmente virão.
A primeira experiência é difícil,
porque você não a permite.
Uma vez que a permitiu,
então não é só uma flor que se abre
- mil e uma flores se vão abrir...

 
 
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 10:32
link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito
|
Sexta-feira, 6 de Julho de 2012

Ausência

Por muito tempo achei que a ausência é falta.
E lastimava, ignorante, a falta.
Hoje não a lastimo.
Não há falta na ausência.
A ausência é um estar em mim.
E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços,
que rio e danço e invento exclamações alegres,
porque a ausência, essa ausência assimilada,
ninguém a rouba mais de mim.

Carlos Drummond de Andrade
 
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 09:16
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito
|
Quarta-feira, 27 de Junho de 2012

Uma única rosa pode ser o meu jardim


 " Uma única rosa pode ser meu jardim ... um único amigo, o meu mundo. "

 

Leo F. Buscaglia

 

 

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 01:52
link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito
|
Terça-feira, 5 de Junho de 2012

Presa por um fio, mas renascendo


 

As flores desabrocham para continuar a viver, pois reter é perecer.

 Gibran Khalil Gibran

 

 

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 11:00
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito
|
Quinta-feira, 23 de Fevereiro de 2012

Amores quase perfeitos

 

 

Porque quem ama nunca sabe o que ama
Nem sabe porque ama, nem o que é amar
Amar é a eterna inocência,
E a única inocência, não pensar...

Fernando Pessoa
 
Amores perfeitos no jardim em Alcobaça
Fevereiro de 2012
 
 
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 22:00
link do post | comentar | ver comentários (29) | favorito
|
Sábado, 4 de Fevereiro de 2012

Deixa-me entrar no jardim

 
 
 
 
 
 
 
 

Tiago Bettencourt

Quero-te regar, minha flor.
Quero cuidar de ti.
Deixa-me entrar no jardim,
Deixa-me voltar a dormir.

Quero-te regar, minha flor,
Dar-te de novo a paz que perdi.
Quero desvendar a parte triste que há em ti.
Deixa-me existir no espaço novo que acordaste em mim.

E não vês que é de nós o jardim que se fez
Não vês que é para nós o jardim que nos faz em olhar
Que este frio faz tremer quem fica
E faz voltar o que tens e que é meu

Não vês que é de nós o jardim que se fez
Não vês que é para nós o jardim que nos faz em olhar
Que este frio faz tremer quem fica
E faz voltar o que tens e que é meu

Porque é meu...
Porque é meu.

 

 

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 11:30
link do post | comentar | ver comentários (19) | favorito
|
Quinta-feira, 5 de Janeiro de 2012

Jardins proibidos

 
 
 
Jardins proibidos-Paulo Gonzo
 
 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 19:02
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito
|
Sexta-feira, 28 de Outubro de 2011

Não há como fugir ao destino

 
 

Parado e atento à raiva do silêncio
de um relógio partido e gasto pelo tempo
estava um velho sentado no banco de um jardim
a recordar fragmentos do passado

na telefonia tocava uma velha canção
e um jovem cantor falava da solidão
que sabes tu do canto de estar só assim
só e abandonado como o velho do jardim?

o olhar triste e cansado procurando alguém
e a gente passa ao seu lado a olhá-lo com desdém
sabes eu acho que todos fogem de ti pra não ver
a imagem da solidão que irão viver
quando forem como tu
um velho sentado num jardim

passam os dias e sentes que és um perdedor
já não consegues saber o que tem ou não valor
o teu caminho parece estar mesmo a chegar ao fim
pra dares lugar a outro no teu banco do jardim

o olhar triste e cansado procurando alguém
e a gente passa ao seu lado a olhá-lo com desdém
sabes eu acho que todos fogem de ti pra não ver
a imagem da solidão que irão viver
quando forem como tu
um resto de tudo o que existiu
quando forem como tu
um velho sentado num jardim

 

Mafalda Veiga-música

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 08:30
link do post | comentar | ver comentários (32) | favorito
|
Segunda-feira, 23 de Maio de 2011

As rosas que me custaram um valente raspanete

 

 

 

 

 

 

Por diversas vezes passei naquela estrada e olhava com alguma cobiça fotográfica para aquelas rosas à beira da estrada, vedadas com uma rede verde em que as rosas sobressaiam acima dela.

Um dia destes. não resisti e resolvi parar. Olhei em redor para ver se via alguém a quem pudesse pedir autorização para fotografar, embora para isso não fosse necessário entrar dentro da propriedade.

Estava eu completamente absorvida , quando de repente ouvi uma voz de mulher austera de olhar severo, que me perguntou o que andava a fazer. Expliquei com muita calma, até elogiei o bonito jardim, mas ela não estava disposta a ouvir-me.

Depois de um grande sermão e argumentos parvos...ouvi...ouvi, pedi desculpa, não sem antes lhe dizer:

-As suas rosas são lindíssimas, mas o seu coração tem mais espinhos que elas.

Dei meia volta e esqueci.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 21:08
link do post | comentar | ver comentários (21) | favorito
|
Quarta-feira, 2 de Março de 2011

Olho para as flores e sorrio

E olho para as flores e sorrio…
Não sei se elas me compreendem
Nem sei se eu as compreendo a elas,
Mas sei que a verdade está nelas e em mim.

(Alberto Caeiro)

Flores no jardim do meu amigo A. Gomes

Março de 2010

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 00:12
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito
|
Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

.Quem me segue

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 228 seguidores

.pesquisar

 

.Janeiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12

14
16
18
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. No jardim

. Não tenho um jardim, mas....

. O cheiro da chuva

. Viajar pela leitura

. Jardim com flores

. Fugindo dos espinhos

. Hora de cavar daqui

. A infinita benção do reco...

. Chove. Há silêncio

. Decorando a alma

.arquivos

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. O regresso

. A MORTE e as PENAS.

. As cores do tempo

. ...Ah e tal são meras Teo...

. O cheiro da luz

. Um Livro, Uma Imagem

. A verdadeira história de ...

. CARTA À MINHA AMIGA INÊS

.links

.Lista de links

.Quem me visita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds