Quarta-feira, 2 de Novembro de 2016

Quando os nossos olhares se cruzaram

ml4ORDjBVWST38CTbh5O

Éramos perfeitas desconhecidas, mas quando os nossos olhares se cruzaram, parecia que há muito nos tínhamos encontrado.
Não falávamos a mesma língua, mas isso revelou-se desnecessário, os nossos olhos falaram mais que qualquer palavra que pudéssemos trocar.
Falámos dos nossos mundos tão diferentes, mas unidos pela ternura, compaixão e carinho.

Penso que me achaste parecida contigo, se sim, não te enganaste. Ambas estávamos unidas por um destino que nos era comum, ambas sabíamos que algures as nossas vidas se tinham cruzado e que as nossas emoções eram pautadas pela cordialidade, pela fé que nos movia e pelo amor incondicional de dois seres que nada pedem, mas tudo dão. 

E neste diálogo mudo, descobrimos ou melhor ambas sabíamos, que basta saber olhar para que duas almas fiquem ligadas para sempre.

Sabes uma coisa? - Gostei de te conhecer!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 21:00
link do post | comentar | ver comentários (40) | favorito (3)
|
Quarta-feira, 10 de Dezembro de 2014

Comemoração dos Direitos Humanos- 10 de Dezembro de 2014

 

Este foi um ano em que as crianças foram as maiores vítimas e que se violaram a maior parte das leis que constituem os direitos humanos.

Não posso aqui enumerar todos eles, mas o que mais me toca é precisamente o primeiro.

Artigo 1.º

Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. Dotados de razão e de consciência, devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade.

 

Esta menina encontrei-a à beira da estrada no Uganda e nem o peso do um cacho de bananas  a impediu de nos cumprimentar. Será justo começar tão cedo a trabalhar?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 21:36
link do post | comentar | ver comentários (21) | favorito
|
Terça-feira, 24 de Junho de 2014

Sedução

A vida esconde nos lugares mais simples sua grande beleza que revela qual o significado de porque persistimos em continuar vivendo. 

(Pablo Neruda)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 20:30
link do post | comentar | ver comentários (15) | favorito
|
Quinta-feira, 4 de Abril de 2013

Tira-me uma foto?


“Treine seus olhos para capturar a história que seu cérebro quer contar.” 

 Vered Koshlano


E esta foto tem uma história:

Andava à beira Tejo de máquina sempre prontinha a disparar, quando dois casalinhos de namorados, vagueavam bem dispostos por ali.

Simpáticos, bem dispostos, aos beijos, rindo, dizendo graçolas e a certa altura , já não sabia se era eu que os andava a seguir se eles a mim, até que de repente uma delas pergunta-me:

-Tira-nos uma foto?

- Uma? só? eu tiro todas as que quiserem.

É raro encontrar alguém que goste de ser fotografado e se há motivo que gosto de fotografar são as pessoas.

Depois foi um clicar contínuo, fizeram pose, tirei a cores, a P&B e no final deixaram-me o mail para lhas enviar.

Podia aqui colocar muitas mais, mas estes olhos azuis, certamente não deixam ninguém indiferente

Namorado sortudo{#emotions_dlg.blink}

 

 

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 19:28
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
|
Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

.Quem me segue

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 226 seguidores

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
14
16
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Quando os nossos olhares ...

. Comemoração dos Direitos ...

. Sedução

. Tira-me uma foto?

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. O regresso

. A MORTE e as PENAS.

. As cores do tempo

. ...Ah e tal são meras Teo...

. O cheiro da luz

. Um Livro, Uma Imagem

. A verdadeira história de ...

. CARTA À MINHA AMIGA INÊS

.links

.Lista de links

.Quem me visita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds