Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Existe um Olhar

Não te preocupes com os que não te conhecem, mas esforça-te por seres digno de ser conhecido. (Confúcio)

Existe um Olhar

Não te preocupes com os que não te conhecem, mas esforça-te por seres digno de ser conhecido. (Confúcio)

Pedaços de mim...

IMG_6716a.jpg

 

...que me entretenho a arrumar e desarrumar, para que seja infinito o tempo de estar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Meus olhos e eu

IMG_5506a.jpg


De frente ao espelho,
“eu e meus eus”,
meus olhos e eu
observando 
os reflexos ampliados
das marcas do tempo,
no corpo e na alma

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sinais

IMG_8285a.jpg

 "Tentei afogar minhas dores, mas elas aprenderam a nadar"

Frida Kalho

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Raízes que contam histórias

Raízes

As raízes contam histórias, já foram árvores frondosas, deram folhas, flores e algumas frutos, já serviram de sombra, mas tal como na vida tudo é efémero e um dia sucumbem e são apenas destroços que lembram momentos.

Fica um olhar do que imaginamos que  foi .

 

"Afundo um pouco o rio com meus sapatos.

Desperto um som de raízes com isso
A altura do som é quase azul."

Manoel de Barros

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

A água, flexível e frágil...

Água , frágil e maleável

 

Neste mundo, nada é mais maleável e frágil quanto a água. Contudo, ninguém, por mais poderoso que seja, resiste à sua ação (corrosão, desgaste, choque de ondas), ou pode viver sem ela. Não é bastante claro que a flexibilidade é mais eficaz que a rigidez? Poucos agem de acordo com essa convicção

Lao Tsé

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Numa noite de ventania

IMG_0357.JPG

Lá fora o vento rugia, a chuva não parava, encostei-me à janela e parecia que a qualquer momento as palmeiras eram arrancadas, mas os seus ramos reflectiam-se no candeeiro como que provocando a luz que permanecia a brilhar.

“A maior dor do vento é não ser colorido.”

Mário Quintana

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Reflexos do tempo

Fotografias
Há ventos
Que nos trazem pessoas
No reflexo do tempo.
Mesmo a distância,
Perpetuam-se no pensamento.
São fotografias
Das quais a saudade
Terá sempre os negativos
Revelados na memória.
Há pessoas
Que nos trazem ventos
No reverso do tempo
Preso à substância,
Revelando sentimentos.
São maravilhas
Das quais a sinceridade
Terá sempre os negativos
Revelados na história.

Autor desconhecido

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Parei aqui

 Parei, contemplei, imaginei ver o meu reflexo na água, mas ela devolveu-me algo mais real, uma espécie de caminhos com curvas e desvios, efeitos especiais que tornam a vida mais colorida.

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pinceladas


"Eu não procuro. Descubro."

Picasso


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As sombras ficaram para trás

Volta teu rosto sempre na direção do sol, e então, as sombras ficarão para trás.

Sabedoria oriental

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D