Terça-feira, 19 de Abril de 2016

Um dia diferente

IMG_1425a.jpg

Hoje não houve Tv, jogos, mensagens de Tm, ou outras coisas que fazem com que não se saia de casa.

Pai e filho sairam à rua, pedalaram, riram, competiram... num radioso dia de Domingo.

Hoje vai sendo raro o convívio ao ar livre e quando vejo situaçãoes destas, dá-me um gosto especial registar.

 

"A arte de viver é simplesmente a arte de conviver... simplesmente, disse eu? Mas como é difícil!"

Mario Quintana

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 01:49
link do post | comentar | favorito
|
30 comentários:
De green.eyes a 19 de Abril de 2016 às 09:39
E faz tanta falta esses momentos !!!


De Existe um Olhar a 20 de Abril de 2016 às 17:23
Sem dúvida, embora reconheça que muitos pais não têm tempo nem disponibilidade para o fazer, outros , não estão para se chatear


De chica a 19 de Abril de 2016 às 09:49
Momento lindo registrado! Faz tão bem! Vale muito para os dois! bjs, chica, lindo dia!


De Existe um Olhar a 20 de Abril de 2016 às 17:25
Eu também gosto de ver pais e filhos ao ar livre em alegres brincadeiras, por aqui nem sempre o tempo o permite, mas mal o sol brilha dá gosto vê-los..

Beijos Chica


De Chic'Ana a 19 de Abril de 2016 às 12:10
Nem mais, estes momentos são valiosos, e acho que as pessoas estão a perder essa noção ao isolarem-se cada vez mais!
Beijinhos


De Existe um Olhar a 20 de Abril de 2016 às 17:27
Neste caso os culpados são os pais, deviam promover mais actividades ao ar livre com os filhos, embora acredito que nem sempre é possível.

Beijos Chic`Ana


De Elisa Fardilha a 19 de Abril de 2016 às 13:23
Momentos raros, hoje em dia.
Como tu, gosto de os ver.
A foto está magnífica e uma ternura.

Beijinhos.


De Existe um Olhar a 20 de Abril de 2016 às 17:29
Então temos pelo menos um gosto em comum
Se há coisa que aprecio é observar, gestos, expressões, comportamentos e tudo somado, fazer uma análise, tirar conclusões que podem ou não ser verdadeiras.

Beijos Elisa


De Maria Ladeira a 19 de Abril de 2016 às 14:34
É bom vê_los assim e ainda se vão vendo...pelo menos aos fins de semana!
Um belo olhar...bj amigo


De Existe um Olhar a 20 de Abril de 2016 às 17:30
Felizmente sim, nos parques das cidades, nalgumas aldeias, sobretudo quando o sol brilha.

Beijos Graça


De jabeiteslp a 19 de Abril de 2016 às 14:37


"Ó Paiêêêê"...

Feliz fim de semana
e um xoxo dos Calhaus


De Existe um Olhar a 20 de Abril de 2016 às 17:32
Quiiiii éééée´

Resto de boa semana com muitas passeatas

Beijos João


De Teté a 19 de Abril de 2016 às 17:10
Também gosto de ver pais e filhos a conviverem ao ar livre. Já não se aguenta tanta gente agarrada aos telelés em vez de conviver. Mas pronto, cada um é como é...

Beijocas


De Existe um Olhar a 20 de Abril de 2016 às 17:35
Por vezes mete impressão quando se vai a uma esplanada e se vê a grande maioria das pessoas agarradas ao telelé, mas felizmente já existem muitos parques e aí sim dá gosto ver pais e filhos a conviver saudavelmente.

Beijos Teté


De Remus a 19 de Abril de 2016 às 17:24
Vamos ver se nos entendemos!
1.º: Como é que a Manu sabe que são pai e filho?
2.º: Como é que a Manu sabe que não houve tv, jogos e mensagens de telemóvel?
3.º: Como é que a Manu sabe que era domingo?
Bem... Esta é capaz de ser fácil demais!


E como acaba esta história de domingo? O Pai não acabou por levar algum dente no bolso dos calções? O Filho não levou um joelho esfarrapado para casa? Não existiu sangue? Queria que esta história tivesse um final, digno de uma qualquer telenovela.


De Existe um Olhar a 20 de Abril de 2016 às 17:42
Ora então vamos lá às respostas
1º- Sei que são pai e filho porque os conheço.
2º- Durante o período em que estive a observar não houve nada disso, o que fizeram depois já não tenho nada a ver com isso
3º- Sei porque fui eu que tirei a foto e lembro-me bem que foi num Domingo de Verão.

Eu só gosto de finais felizes, nada de dramas...quando acabaram o pai foi beber uma bejeca e o filho comeu um gelado...há lá melhor final que este?
Esclarecido?

Beijos Remus


De Rui Pires a 19 de Abril de 2016 às 17:40
E que maravilhoso momento captaste!
Bjs


De Existe um Olhar a 20 de Abril de 2016 às 17:44
Gosto destes momentos de rua, embora nem sempre sejam fáceis de captar porque estamos sujeitos a levar um raspanete, neste caso como estava longe , não corri esse perigo.
Muito obrigada.

Beijos Rui


De Janita a 19 de Abril de 2016 às 20:27
Não há um dia igual ao outro, mas há dias melhores que outros!
Seja qual for o grau de parentesco que una estes dois ciclistas domingueiros, a verdade é que dá gosto ver duas gerações partilhar o mesmo prazer!

E, claro, lá estavas tu para registar o agradável momento!

Beijocas, Manu.


De Existe um Olhar a 20 de Abril de 2016 às 17:48
Eu também adoro ver esta sã convivência que leva a um melhor desenvolvimento emocional de ambas as partes, sobretudo se são pais e filhos, se não for, só se aprende socializando.
E eu claro estava sentadinha numa parte bem alta de olho neles

Beijos Janita


Comentar post

Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

.Quem me segue

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 226 seguidores

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
14
16
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. O templo dourado

. Caíram desamparadas

. Fui lá...

. Tudo ao contrário

. Há pano para mangas

. Eu quero uma casa no camp...

. A descer

. Chapéus há muitos

. Tu que passas...

. Em tons de verde

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. O regresso

. A MORTE e as PENAS.

. As cores do tempo

. ...Ah e tal são meras Teo...

. O cheiro da luz

. Um Livro, Uma Imagem

. A verdadeira história de ...

. CARTA À MINHA AMIGA INÊS

.links

.Lista de links

.Quem me visita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds