Quarta-feira, 23 de Julho de 2014

Uma voz na pedra

...e quando pensamos que vamos tropeçar acende-se uma luz!

Não sei se respondo ou se pergunto.
Sou uma voz que nasceu na penumbra do vazio.

Estou um pouco ébria e estou crescendo numa pedra.
Não tenho a sabedoria do mel ou a do vinho.
De súbito, ergo-me como uma torre de sombra fulgurante.
A minha tristeza é a da sede e a da chama.
Com esta pequena centelha quero incendiar o silêncio.
O que eu amo não sei. Amo. Amo em total abandono.
Sinto a minha boca dentro das árvores e de uma oculta nascente.
Indecisa e ardente, algo ainda não é flor em mim.
Não estou perdida, estou entre o vento e o olvido.
Quero conhecer a minha nudez e ser o azul da presença.
Não sou a destruição cega nem a esperança impossível.
Sou alguém que espera ser aberto por uma palavra

António Ramos Rosa 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 21:25
link do post | comentar | favorito
|
22 comentários:
De Nadine Pinto | Fotografia a 23 de Julho de 2014 às 23:01
Este é um tipo de fotografia que eu adoro, mas agora que faço da fotografia trabalho, tenho tido menos tempo para me dedicar a estes detalhes. Talvez agora em agosto, nas férias.
Parabéns pela excelente fotografia.
Beijinho


De Existe um Olhar a 24 de Julho de 2014 às 19:05
Pois eu adoro o trabalho que andas a fazer, é notável a ternura e perfeição com que o fazes.
Esta foi mesmo um acaso ao entrar num túnel.

Beijos Nadine


De jabeiteslp a 23 de Julho de 2014 às 23:40
Cansadas escadas da nossa vida

numa imagem bem conseguida...


Xoxo de aqui dos calhaus da Serra


De Existe um Olhar a 24 de Julho de 2014 às 19:06
Resta-nos o consolo de ainda as podermos subir e descer com aquela sensação boa de conseguirmos chegar onde queremos.

Beijos João


De jabeiteslp a 24 de Julho de 2014 às 21:15
Sem mais

Bela noite


De lis a 23 de Julho de 2014 às 23:56
Oi Manu
Depois de uma temporada de descanso desses teclados volto com saudade de todos,
E suas fotos estive olhando cada uma mais bela que a outra.
Essa muito bem conseguida, gostei! inusitada !
um abraço


De Existe um Olhar a 24 de Julho de 2014 às 19:08
Lis
já tinha saudades, de vez em quando ia espreitar o seu blog, finalmente tive oportunidade de ver as bonitas fotos que lá deixou.
Obrigada pelas palavras de apreço.

Beijos Lis


De DyDa/Flordeliz a 24 de Julho de 2014 às 02:50
Nem tudo é escuridão.
A foto está diferente e leva-nos a meditar.
Parabéns


De Existe um Olhar a 24 de Julho de 2014 às 19:21
Felizmente que de vez em quando se faz luz e a tua presença aqui é sempre mais uma luzinha que se acende.

Beijos amiga


De Remus a 24 de Julho de 2014 às 12:22

Vi esta fotografia e fiz automaticamente uma vénia.
Olhe para mim a fazer vénia. Até chego com a cabeça mesmo ao chão. Até faz-me doer as "minhas cruzes".


A sua alteza real das fotografias fantásticas, já permite que me levante ou prefere que fique aqui vergado por mais tempo?



Está fantástica!!!!!!


De Existe um Olhar a 24 de Julho de 2014 às 19:31
Este comentário entrou às 12h e 20m eu estou a responder às 19 h e 25...será que ainda está vergado?
Eu não quero ser responsável pelas suas cruzes, se estivesse perto ainda podia oferecer uma massagem, como estou longe aconselho-o a não repetir o gesto, embora me deixe aqui a rir só a imaginar o Remus nessa posição terá sido por isso que fez uma foto caoticamente bela?
Grata pelas palavras!

Beijos Remus


De Remus a 25 de Julho de 2014 às 19:52
Estive aqui vergado até agora, porque só foi agora que levantei os olhos e fiz refresh na página.
Estou com as costas completamente num oito.

Moral da história: Devia ter feito refresh à página há mais tempo.


De Existe um Olhar a 25 de Julho de 2014 às 21:01

Espero que hoje, 25 do 7 esteja bem desmpenado


De Ana Freire a 24 de Julho de 2014 às 12:54
Extraordinária foto, Manu!
Porque tudo o que é simples... simplesmente se torna... grandioso.
E um excelente texto, de um autor que não conhecia... mas que já me passou pelas vistas... algures noutro blog... um dia destes...
Para lhe prestar mais atenção... assim que puder...
No conjunto... um resultado sensacional, por aqui!
Parabéns, Manu.
Bjs
Ana


De Existe um Olhar a 24 de Julho de 2014 às 19:41
Tinha-a aqui guardada há imenso tempo e muito indecisa se a devia colocar ou não, embora sentisse um certo fascínio pelo que ela me transmitia, até que me decidi e pelas tuas palavras e das de outros amigos que aqui vieram comentar, acho que em boa hora o fiz..
Quanto ao poeta Ramos Rosa, tem um trabalho literário que aprecio, deixo-te alguma informação sobre o seu trabalho.
http://nescritas.com/homenagemarrosa/obra.html

Beijos Ana


De Miguel Alexandre Pereira a 24 de Julho de 2014 às 17:40
um imagem extraordinária, o jogo de luzes é incrível. as cores são fantásticas, mais uma demonstração de grande talento :)


De Existe um Olhar a 24 de Julho de 2014 às 19:43
Obrigada pelas palavras, acho que muitas das minhas fotos, não são de talento, mas pura intuição, porque quando tento tirar alguma muito bem estudadinha , geralmente sai asneira, gosto mais da minha impulsivividade.

Beijos Miguel


De Elisa Fardilha a 24 de Julho de 2014 às 18:58
Que tenhamos sempre essa luz para nos amparar!

Fiquei sem palavras perante tão bela e rara foto!

Beijinhos.



De Existe um Olhar a 24 de Julho de 2014 às 19:47
Eu acredito que todos somos seres de luz, só que de vez em quando a nossa alma e o nosso coração teima em ver o lado escuro, mas só conhecendo e experienciando dois estados antagónicos, podemos escolher aquele que nos faz sentir melhor.

Beijos Elisa


De numadeletra a 30 de Julho de 2014 às 21:42
Uau...


De mariam a 2 de Agosto de 2014 às 13:44
Excelente! Tudo. Pbs :)


Comentar post

Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

.Quem me segue

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 227 seguidores

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
14
16
18

19
22
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Hoje vou meter água

. Quem sou eu?

. Porta número 8

. O templo dourado

. Caíram desamparadas

. Fui lá...

. Tudo ao contrário

. Há pano para mangas

. Eu quero uma casa no camp...

. A descer

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. O regresso

. A MORTE e as PENAS.

. As cores do tempo

. ...Ah e tal são meras Teo...

. O cheiro da luz

. Um Livro, Uma Imagem

. A verdadeira história de ...

. CARTA À MINHA AMIGA INÊS

.links

.Lista de links

.Quem me visita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds