Segunda-feira, 17 de Agosto de 2015

Vida difícil a do caracol !

 

 "Vida difícil é a do caracol que leva todos os problemas de casa nas costas."

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 09:00
link do post | comentar | favorito (1)
|
28 comentários:
De Kok a 17 de Agosto de 2015 às 11:26
Não é fácil escrever um comentário ao ritmo dum caracol porque ou os caracteres se amontoam ou o comentarista se esquece do que pretende expressar.
Por isso e sem cacarejar digo-te: para fotografares este deves ter tido uma enorme dose de paciência e umas quantas horas perdidas até que ele (ou ela, não se percebe em que estádio se encontra), se tenha posto a jeito.
Beijinhos e sorrisos, sem pressas.

§-comunicaram como?, linguagem gestual?


De Afrodite a 17 de Agosto de 2015 às 11:31
Notável esforço! :))

(quando o meu filho era bebé e tínhamos de sair de fim de semana para algum lado, era literalmente assim que eu me sentia... com "a casa às costas"! :)))

Beijinhos Minha Querida
(^^)


De green.eyes a 17 de Agosto de 2015 às 11:33
Ai tem vantagem os pequenitos ... a casa é mais pequena e supostamente mais leve ...


De chica a 17 de Agosto de 2015 às 11:46
Linda foto! Palavras certas e verdadeiras. Mas por outro lado, ele é feliz: tem a sua casa e ninguém a tira,rs bjs, chica


De Remus a 17 de Agosto de 2015 às 12:18
Se os caracóis estão a subir as paredes ou os muros, é sinal que vem chuva.
(As coisas que se aprende com a sabedoria das pessoas do campo.)

Os caracóis são uns verdadeiros campistas. Andam sempre com a caravana. E este aqui, mesmo em esforço, conseguiu meter a primeira e subir a encosta íngreme.


Bem retratado.


De Roadrunner a 17 de Agosto de 2015 às 12:21
...E ainda é dizimado pelo predador Homem!
Ainda este fim de semana foram 2 travessas deles!

Saudações lentas!


De Miguel Alexandre Pereira a 17 de Agosto de 2015 às 16:08
Essa é que essa, pobre bicho que mesmo que queira mudar de casa não pode XD Falando mais a sério, gostei imenso da foto e da sua definição. Ficou um close-up extraordinário :D

http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/


De Maria Ladeira a 17 de Agosto de 2015 às 19:38
Que olhar e pensamento espetaculares!!! Bj


De Teté a 17 de Agosto de 2015 às 20:04
Pois, e ainda há uns lambareiros que os comem... sem a casa que carregam nas costas! Como eu! :)))

Beijocas


De Existe um Olhar a 28 de Outubro de 2016 às 12:10
Já somos duas! Adoro!

Beijos Teté


De omeumaiorsonho a 17 de Agosto de 2015 às 22:28
Andar com a casa às costas não deve ser nada fácil 😀


De Existe um Olhar a 28 de Outubro de 2016 às 12:11
Também acho que não, por isso andam tão devagarinho
Beijos


Comentar post

Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

.Quem me segue

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 227 seguidores

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
14
16
18

19
22
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Hoje vou meter água

. Quem sou eu?

. Porta número 8

. O templo dourado

. Caíram desamparadas

. Fui lá...

. Tudo ao contrário

. Há pano para mangas

. Eu quero uma casa no camp...

. A descer

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. O regresso

. A MORTE e as PENAS.

. As cores do tempo

. ...Ah e tal são meras Teo...

. O cheiro da luz

. Um Livro, Uma Imagem

. A verdadeira história de ...

. CARTA À MINHA AMIGA INÊS

.links

.Lista de links

.Quem me visita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds