Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Existe um Olhar

Não te preocupes com os que não te conhecem, mas esforça-te por seres digno de ser conhecido. (Confúcio)

Existe um Olhar

Não te preocupes com os que não te conhecem, mas esforça-te por seres digno de ser conhecido. (Confúcio)

Existe sempre um caminho


Existe um Olhar

17.09.12

Onde não falta vontade existe sempre um caminho.

(John Lennon)
 
Torre de menagem
Vila Velha de Rodão
Setembro de 2012
 
 

O cais e a saudade


Existe um Olhar

13.09.12

 
 
 

Momentos


Existe um Olhar

12.09.12

O mar da vida é cheio de ondas fortes (que eu chamo de momentos), não devemos afundar, porque quando elas passam, tudo se transforma, tudo se ilumina!

Fatyly
 
 
 

Pintado de fresco


Existe um Olhar

12.09.12

Não existe arte abstracta. Deve-se sempre começar com algo. Depois podem remover-se todos os traços da realidade, então não há dano, porque a marca do objectivo, terá deixado uma marca indelével.
(Pablo Picasso)
 
 
 

Hoje sentei-me aqui


Existe um Olhar

09.09.12

 
 
 
...a tentar não pensar, só as cores tomaram conta de mim.
 
 
Bateira na Lagoa de Óbidos
9 de Setembro de 2012
 
 
 

Agarra-te a mim


Existe um Olhar

08.09.12

Tolo é aquele que afundou seu navio duas vezes e ainda culpa o mar.
Publilus Syrus
 

 

Saudade é...


Existe um Olhar

07.09.12

 
 
 
 
"Saudade é a solidão acompanhada, é quando o amor ainda não foi embora, mas o amado já...."
(Pablo Neruda)
 
 

Um pouco de céu além Tejo


Existe um Olhar

04.09.12

 
 
 
 
 

Na calma do cais


Existe um Olhar

04.09.12

 
Ténue é o cais
no Inverno frio.
Ténue é o voo
do pássaro cinzento.
Ténue é o sono
que adormece o navio.
No vago cais
do balouço da bruma
ténue é a estrela
que um peixe morde.
Ténue é o porto
nos olhos do casario.
Mas o que em fora nos dilui
faz-nos exactos por dentro.

Fernando Namora, in 'Marketing'

 

Vila Velha de Rodão

Agosto de 2012

 

 

Entre fragas apertado


Existe um Olhar

03.09.12

 
 
 

Se algo for por água abaixo, não desvie sua correnteza...
Pois é da foz de rios que nascem belas cachoeiras.

(Lucas Ferreira)
Rio Tejo
Vila Velha de Rodão
Agosto de 2012
 
 
Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

Quem me segue

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links

Lista de links

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D