Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Existe um Olhar

Não te preocupes com os que não te conhecem, mas esforça-te por seres digno de ser conhecido. (Confúcio)

Existe um Olhar

Não te preocupes com os que não te conhecem, mas esforça-te por seres digno de ser conhecido. (Confúcio)

Segurança libertadora


Existe um Olhar

30.07.15

 Sentirmo-nos seguros e protegidos, é sempre um objectivo comum ao ser humano, tanto no plano físico como emocional, sem contudo termos a sensação de vivermos aprisionados e sem liberdade para tomar decisões para fazermos as nossas escolhas.

 

“Aqueles que renunciam à liberdade em troca de promessas de segurança acabarão sem uma nem outra.”

George Orwell

 

Ao longe... o meu castelo!


Existe um Olhar

27.07.15

 O alcaide-mor da Blogosfera, Remus Sumer do blog Pontos de Vista resolveu chamar-me marquesa, mas enganou-se, desculpo-o porque o reinado dele já foi posterior ao meu quando rainha em Óbidos.

Passo a explicar:

Durante 7 anos fiz-me acompanhar pelas Rainhas, Santa Isabel, Catarina de Áustria e D. Leonor e contar a milhares de crianças de todo o país algumas das "estórias" da História desta vila encantada.

Óbidos foi Casa de Rainhas desde o reinado de D. Dinis até 1834. 

A rainha Santa Isabel foi a que mais tempo aqui passou e mandou construir fora das muralhas um hospital e casas para os leprosos, local designado por Gafarias.


D. Catarina de Áustria foi de todas a que mais obra fez e mandou construir um aqueduto e um chafariz para abastecer a vila de água que vinha de uma nascente de um aldeia vizinha, a Usseira. Teve 9 filhos, morreram todos antes dela, ficando apenas com o um neto, o rei D. Sebastião.

 

D. Leonor fundadora das misericódias (a primeira em Lisboa e a segunda em Óbidos) veio para esta vila chorar a morte do seu único filho, Afonso, que dizem ter morrido afogado nas águas do Tejo.

 

Durante a visita todas as três interagiam com as crianças e no final, junto do Castelo, hoje transformado em Pousada, a Rainha D. Leonor oferecia um pergaminho a comprovar a visita e que dizia assim:

 

Certifico que o menino Remus Sumer, visitou a "mui nobre e sempre leal vial de Óbidos" no dia 25 de Julho do ano da graça do Senhor de 2015

Assinado:
Rainha Manu de aquém e além mar

Assombração


Existe um Olhar

25.07.15

 Há sombras que nos perseguem, há fantasmas que teimam em nos acompanhar, umas vezes são o nosso espelho, outras apenas uma assombração daquilo que não gostamos de ver em nós.

"A vida é uma simples sombra que passa (...); é uma história contada por um idiota, cheia de ruído e de furor e que nada significa."

William Shakespeare

 

Além da Terra, além do Céu...


Existe um Olhar

23.07.15

 


Além da Terra, além do Céu,
no trampolim do sem-fim das estrelas,
no rastro dos astros,
na magnólia das nebulosas.
Além, muito além do sistema solar,
até onde alcançam o pensamento e o coração,
vamos!
vamos conjugar
o verbo fundamental essencial,
o verbo transcendente, acima das gramáticas
e do medo e da moeda e da política,
o verbo sempreamar,
o verbo pluriamar,
razão de ser e de viver.

Carlos Drummond de Andrade

 

 

O prazer de ler


Existe um Olhar

17.07.15

 Aproveitei esta foto que tirei a uma concentrada leitora que encontrei em Óbidos, para expressar aqui o quão importante é para mim uma boa leitura.
Quando vou escolher um livro, tenho que lhe tocar, sentir-lhe o cheiro, a apresentação e sentir que aquele livro estava ali à minha espera. 

Depois embrenho-me na leitura e acompanho os cenários, visualizo as paisagens, coloco-me no papel das personagens , analiso-os e tento descobrir a subtileza, ironia, malvadez, amor, traições... e finalmente sorrio quando há finais felizes.

Penso muitas vezes:- Ai quem me dera saber escrever assim! Como não sei, tento compreender o que aquele livro me ensinou e quase sempre concluo que chegou no momento certo.

Nota: Aproveito, e já que estamos a falar de leituras, para esclarecer algumas pessoas que gentilmente vêm aqui comentar, que há uns tempos atrás os comentários iam ter à minha conta de Hotmail, que entretanto apanhou um vírus e foi desactivada. O problema foi resolvido mudando para o gmail.
De vez em quando vou dar uma vista de olhos a postagens antigas e tenho descoberto que a muitos não respondi, pelo facto , peço desculpa.

 

Apita o comboio...


Existe um Olhar

16.07.15

...ou melhor, é já raro apitar. A linha do Oeste está praticamente inactiva e de vez em quando lá passa um comboio que devido aos horários desajustados, não serve as populações. Quase só os turistas a utilizam porque não têm horários a cumprir.

"A CP suprimiu 14 comboios na linha do Oeste devido a falta de material.

Fonte oficial da empresa diz que “estas supressões ficaram a dever-se a necessidades de imobilização de material circulante, que não foi possível antecipar” e que a frota disponível para o Oeste “não tem permitido, efectivamente, disponibilizar alternativas para substituir as unidades imobilizadas”.

Como parte das estações não têm pessoal em serviço, grande parte dos passageiros fica apeado, sem qualquer informação. A situação tem afectado, sobretudo, o eixo Caldas da Rainha – Torres Vedras. No Bombarral, por exemplo, estudantes e trabalhadores têm ficado em terra, sem transporte para a escola ou para o emprego." (notícia tirada daqui)

Muito mais haveria a dizer sobre esta linha que já teve melhores dias, agora resta ver passar um ou outro de vez em quando.

Vamos à pousada?


Existe um Olhar

14.07.15

O Castelo de Óbidos localiza-se na freguesia de Santa Maria, vila e concelho de Óbidos, no distrito de Leiria em Portugal.

Erguido sobre um pequeno monte, outrora à beira mar, domina a planície envolvente e o rio Arnóia, a este. Fruto de diversas intervenções arquitetónicas ao longo dos séculos, integra o conjunto da vila, que preserva as suas caraterístas medievais. Classificado como Monumento Nacional, em 7 de Julho de 2007 foi eleito como uma dasSete maravilhas de Portugal.

Mais informações aqui.

 

 

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

links

Contador de visitas

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D