Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Existe um Olhar

Não te preocupes com os que não te conhecem, mas esforça-te por seres digno de ser conhecido. (Confúcio)

Existe um Olhar

Não te preocupes com os que não te conhecem, mas esforça-te por seres digno de ser conhecido. (Confúcio)

Será preciso apertar o cinto?


Existe um Olhar

12.10.19

IMG_0350.JPG

Novo governo, novas estratégias, tudo ficará melhor ou há que fazer poupanças? Será que os mais pobres continuarão na mesma e os mais ricos continuarão com os bolsos cheios?
O futuro o dirá.

Casamento de luxo


Existe um Olhar

11.10.19

IMG_0157.JPG

Quando se trata de um casamento, não há muito a dizer, apenas desejar que sejam felizes

As melhores sardinhas que já comi este ano


Existe um Olhar

09.10.19

IMG_0647 (1).JPG

Não, não foi por cá na altura delas, foi em Marrocos no mês de Setembro em Essaou no porto de pesca (Skala du Port).
Num ambiente onde haviam muitos pescadores e peixe com fartura, optámos pelas sardinhas que eram uma delícia.
Foram comidas à mão e o pão servia de prato.
Pena não haver um tintinho, só água ou chá de hortelã, por lá são proibidas bebidas alcoólicas.
Foram as melhores sardinhas que já comi.

Sempre azul


Existe um Olhar

07.10.19

IMG_0759.JPG

As casas podem ser velhas ou novas.
As pessoas podem ser ricas ou pobres, feias ou bonitas,  o céu quando é azul é para todos, sem distinção.

Quem dera que os homens fossem como ele!

 

Voar, isso não dói


Existe um Olhar

05.10.19

_MG_0240 (1).JPG

 

Voar com asa ferida?
Abram alas quando eu falo.
Que mais foi que fiz na vida?
Fiz, pequeno, quando o tempo
estava todo do meu lado
e o que se chama passado,
passatempo, pesadelo,
só me existia nos livros.
Fiz, depois, dono de mim,
quando tive que escolher
entre um abismo, o começo,
e essa história sem fim.
Asa ferida, asa ferida,
meu espaço, meu herói.
A asa arde. Voar, isso não dói.

Paulo Leminski

 

 
 
 
 
 

Cabras empoleiradas


Existe um Olhar

03.10.19

_MG_0271.JPG

Quando ia a caminho de Marrakesch, vi algumas ávores com cabras empoleiradas. Na altura não soube a razão para estarem assim
Finalmente soube  o porquê.
Esta é a árvore de Argan e tem uns picos gigantes.

Usam as cabras para subir e comer o fruto.

Como elas não comem caroços, cospem-nos e estes são recolhidos por um grupo de mulheres que os usam para fazer óleo para corpo , cabelo,etc
Mais tarde visitei uma cooperativa onde encontrei as senhoras a partir os caroços, para mais tarde serem transformados. Ao lado uma loja onde se podiam adquirir os mais diversos produtos.
Eu não resisti e comprei um óleo para o corpinho. Muito bom!

Eu lavo as minhas mãos


Existe um Olhar

01.10.19

_MG_0367.JPG

Eu lavo as minhas mãos em relação àqueles que imaginam que falar seja conhecimento, que silêncio seja ignorância, e que simpatia seja capacidade.

Khalil Gibran

 

 
 
 
 
 
Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

Quem me segue

Pág. 2/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links

Lista de links

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub