Quarta-feira, 4 de Abril de 2018

Para não esquecer

IMG_6116.JPG

2017 foi um ano trágico quando se fala de incêndios em Portugal
Ardeu uma área de 440 000 hectares de floresta, morreram 45 pessoas e 70 ficaram feridas e muitas sem casa.
Não me vou alongar na reflexão sobre as causas ou atribuir culpas, apenas deixo esta foto para que não esqueçamos esta terrível tragédia.

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

publicado por Existe um Olhar às 09:31
link do post | comentar | favorito
44 comentários:
De L.Reis a 4 de Abril de 2018 às 10:48
E 2108 vai ser um ano trágico e 2019 vai ser uma ano trágico e por aí fora. Não será por falta de informação, não será por falta de experiência, não será por falta de alertas. Será pelas razões habituais: a estupidez, o deixa andar, e o cinismo condescendente de quem governa.

Uma fotografia cheia de ação e, certamente, aflição.


De Existe um Olhar a 4 de Abril de 2018 às 11:21
Quero ser mais optimista Lina, quero acreditar que esta tragédia não se vai repetir.
Estes foram momentos de verdadeira aflição, estava perto e as chamas lavravam com uma fúria assustadora


De Anónimo a 4 de Abril de 2018 às 11:15
Triste e bem marcante acontecimento! bjs, chica


De Existe um Olhar a 4 de Abril de 2018 às 11:22
Sem dúvida , foi um ano para esquecer, ou para não esquecermos para que não se volte a repetir.

Beijos Chica


De Cidália Ferreira a 4 de Abril de 2018 às 11:37
Como esquecer? Se num passeio pelas serras está tão presente! :(

Beijos e um excelente dia.


De Existe um Olhar a 4 de Abril de 2018 às 11:39
Impossível esquecer, eu ainda não me atrevi a ir visitar as áreas ardidas

Beijos Cidália e um óptimo dia para ti também.


De Francisco Oliveira a 4 de Abril de 2018 às 11:50
Um excelente momento fotográfico e convém mesmo não esquecer.
Um abraço e boa semana.

Andarilhar (https://andarilharar.blogspot.pt/)
Dedais de Francisco e Idalisa (http://dedaisfranciscoidalisa.blogspot.pt/)
O prazer dos livros (http://livros-autografados.blogspot.pt/)


De Existe um Olhar a 4 de Abril de 2018 às 12:10
Este em especial não esqueço, porque vivi-o bem de perto e é impossível esquecer as tragédias que aconteceram no nosso país.

Um abraço Francisco


De Chic'Ana a 4 de Abril de 2018 às 11:50
Esperemos que este ano não se repita...
Beijinhos


De Existe um Olhar a 4 de Abril de 2018 às 12:11
Como sou optimista por natureza, quero acreditar que não.

Beijos Chic`Ana


De Ana Lúcia a 4 de Abril de 2018 às 13:12
Excelente foto Manu, só é pena que o tema seja tão triste.


De Existe um Olhar a 4 de Abril de 2018 às 13:15
A vida é assim, há momentos bons e menos bons, há que saber aceitar ambos, Ana Lúcia.


De P. P. a 4 de Abril de 2018 às 13:29
Por aqui, tudo continua preto ou castanho. Perto das casas, nem uma árvore preta ou castanha.
Também nada de reflorestação com espécies autóctones e os senhores que perderam as casas... continuam sem nenhum apoio do governo.
Bjs


De Existe um Olhar a 4 de Abril de 2018 às 13:40
Concluindo...muitas promessas e pouca acção.
Só vê propaganda eleitoralista na comunicação social
Ainda não tive coragem para ir ver esses cenários desoladores, só espero que este ano não se repitam.

Beijos


De omeumaiorsonho a 4 de Abril de 2018 às 15:16
Esperamos que já tenham sido tomado medidas!!
Acho que ninguém se vai esquecer de tamanha tragédia


De Existe um Olhar a 5 de Abril de 2018 às 13:11
Impossível esquecer, espero bem que os nossos governantes também não esqueçam e que 2018 seja um ano sem tragédias destas.


De Anónimo a 4 de Abril de 2018 às 16:14
Oxalá as tragédias de 2017, originadas pelos incêndios, não mais se repitam.
Mas como actualmente isso é um negócio... duvido que os incêndios este ano não voltem em força.
.
* Promessas de Amor em Versos Poéticos * (https://brincandocomaspalavrass.blogspot.pt/)
.
Deixando um abraço


De Existe um Olhar a 5 de Abril de 2018 às 13:13
Também espero que nada do que aconteceu se repita e como sou optimista acredito que nada disto volte a acontecer.

Um abraço


De Elisa Fardilha a 4 de Abril de 2018 às 17:26
"Belíssimo" e inesquecível momento de horror que captaste com mestria.

Uma tragédia que nunca será esquecida!

Parabéns pelo "acordar" das memórias!

Beijinhos.


De Existe um Olhar a 5 de Abril de 2018 às 13:17
Um momento que quis registar, lembrando algo muito trágico que todos nós sentimos apesar da impotência de nada podermos fazer.
Tenho esperança que não se repita.

Muito obrigada pelas tuas palavras.

Beijos Elisa


Comentar post

Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

.Quem me segue

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 235 seguidores

.pesquisar

 

.Abril 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
12

16

23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. De olhar derretido

. E ela pousou

. Mudei as cortinas

. No lago negro

. Dia para comemorar

. Lagarto, lagarto...

. Passei por aqui e gostei

. Quero soltar-me

. Eu quero uma casa no camp...

. A minha primeira foto ana...

.arquivos

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. O regresso

. A MORTE e as PENAS.

. As cores do tempo

. ...Ah e tal são meras Teo...

. O cheiro da luz

. Um Livro, Uma Imagem

. A verdadeira história de ...

. CARTA À MINHA AMIGA INÊS

.links

.Lista de links

.Quem me visita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds