Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Existe um Olhar

Não te preocupes com os que não te conhecem, mas esforça-te por seres digno de ser conhecido. (Confúcio)

Existe um Olhar

Não te preocupes com os que não te conhecem, mas esforça-te por seres digno de ser conhecido. (Confúcio)

Santuário do Senhor Jesus da Pedra


Existe um Olhar

02.03.21

IMG_5243sr jesus da pedra.JPG

O Santuário fica à entrada da Vila de Óbidos na estrada que liga à cidade de  Caldas da Rainha. Foi construído em 1747 e tem como arquitecto o Capitão Rodrigo Franco.

O interior é composto por 3 capelas dedicada ao Calvário (capela-mor) onde se destaca a pintura de André Gonçalves e as suas outras 2 capelas laterais devotas à Nossa Senhora da Conceição e à Morte de São José com pinturas de José da Costa Negreiros.

Um dos pontos altos da visita é a imagem de pedra de Cristo crucificado, em maquineta própria no altar-mor, figura essa que se encontrava numa ermida junto à estrada que liga a Vila de Óbidos à cidade de Caldas da Rainha.

O Santuário do Senhor Jesus da Pedra é um dos mais ricos exemplares do Património religioso de Óbidos.

Casa da Música- Porto


Existe um Olhar

26.08.20

1-IMG_5600 casa da música.JPG

A Casa da Música no Porto, foi dos edifícios que mais gostei de visitar. Fiquei fascinada pelo interior e igualmente pelo exterior.


Imaginada para assinalar o ano festivo de 2001, em que a cidade do Porto foi Capital Europeia da Cultura, a Casa da Música é o primeiro edifício construído em Portugal exclusivamente dedicado à Música, seja no domínio da apresentação e fruição pública, seja no campo da formação artística e da criação. O projecto Casa da Música foi definido em 1999, como resultado de um concurso internacional de arquitectura que escolheu a solução apresentada por Rem Koolhaas - Office for Metropolitan Architecture. As escavações iniciaram-se ainda em 1999, no espaço da antiga Remise do Porto na Rotunda da Boavista, e a Casa da Música foi inaugurada na Primavera de 2005, no dia 15 de Abril.

 

Casa da Música


Existe um Olhar

18.07.17

IMG_5590.JPG

 

IMG_6197.JPG

 

IMG_6196 (2).JPG

 Visitei e adorei!
Uma visita guiada de uma hora que deu para apreciar todo o excelente trabalho do arquitecto holandês  Rem Koolhaas.

A arquitectura do edifício foi aclamada internacionalmente. Nicolai Ouroussoff, crítico de arquitectura do New York Times  classificou-o como “o projeto mais atraente que o arquitecto Rem Koolhaas  já alguma vez construiu” e como “um edifício cujo ardor intelectual está combinado com a sua beleza sensual”. Compara-o também “ao exuberante projecto” do Museu Guggenheim Bilbao.

“Olhando apenas o aspecto original do edifício, verifica-se que esta é uma das mais importantes salas de espectáculos construída nos últimos 100 anos”

Mais sobre mim

foto do autor

links

Contador de visitas

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D