Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Existe um Olhar

Não te preocupes com os que não te conhecem, mas esforça-te por seres digno de ser conhecido. (Confúcio)

Existe um Olhar

Não te preocupes com os que não te conhecem, mas esforça-te por seres digno de ser conhecido. (Confúcio)

Talvez seja Natal e não Dezembro

IMG_1438.JPG

Entremos, apressados, friorentos,
numa gruta, no bojo de um navio,
num presépio, num prédio, num presídio
no prédio que amanhã for demolido...
Entremos, inseguros, mas entremos.
Entremos e depressa, em qualquer sítio,
porque esta noite chama-se Dezembro,
porque sofremos, porque temos frio.

Entremos, dois a dois: somos duzentos,
duzentos mil, doze milhões de nada.
Procuremos o rastro de uma casa,
a cave, a gruta, o sulco de uma nave...
Entremos, despojados, mas entremos.
De mãos dadas talvez o fogo nasça,
talvez seja Natal e não Dezembro,
talvez universal a consoada.


David Mourão Ferreira

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Há peixes no ar

IMG_1872a.jpg

 Ao passar por Aveiro, fui agradávelmente surpreendida numa rua pedonal que estava decorada com redes e peixes feitos com diversos materiais, o que dava um colorido lindo a toda a rua. 

 

"Quando tudo o resto falhar ou faltar resta-nos a imaginação.”

Albert Einstein

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ovos de Páscoa

O ovo é um símbolo de nascimento e vida e está relacionado com a Páscoa comemorada pelos cristãos, pela representação da Ressurreição de Jesus Cristo, com a esperança de uma nova vida.
Presentear as pessoas com ovos é um costume antigo, comum entre os povos que habitavam a região do Mediterrâneo, do Leste Europeu e do Oriente. Durante as festividades realizadas com a chegada da Primavera, depois do Inverno, os ovos eram cozidos e pintados com desenhos lembrando as plantações que tinham início nesse período. A esperança de fertilidade do solo e de abundantes colheitas, eram representadas com a troca de ovos coloridos.
O mais comum nos nossos dias são os ovos de chocolate que se oferecem , sobretudo aos mais pequenos, embora os graúdos mais gulosos não os dispensem.
Foto tirada no hotel Alambique , perto da Covilhã
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Com e sem maquilhagem

 

A M. de 5 anos , achou que aquele tronco estava a precisar de uma corzinha e vai daí toca a pegar no que tinha à mão e o velho tronco ganhou mais vida.
 
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tu que passas...

 
Tu que passas e ergues para mim o teu braço
antes que me faças mal, olha-me bem.
 
Eu  sou o calor do teu lar nas noites frias de inverno
eu sou a sombra amiga que tu encontras sob o sol de Agosto
 
E os meus frutos são a frescura apetitosa que te sacia a sede nos caminhos
Eu sou a trave amiga da tua casa, a tábua da tua mesa
A cama em que descansas e o lenho do teu barco
 
Eu sou o cabo da tua enxada, a porta da tua morada
A madeira do teu berço e do teu próprio caixão
Eu sou o pão da bondade e a flor da beleza
 
Tu, que passas, olha-me bem e não me faças mal
 
Hoje ao passar em frente à EB1 da Foz do Arelho, reparei em duas árvores enormes que ficam em frente à escola e que estavam completamente decorados com materiais diversos..lã, plástico, cápsulas de café, embalagens de iogurte..e no tronco de cada boneco estava a mensagem que acima escrevi
Impossível ficar indiferente a este apelo,  de louvar este excelente trabalho!
 
Foz do Arelho, 5 de Maio de 2012
 
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vamos subir as escadas?

Depois da biblioteca subamos as escadas e admiremos as paredes

 

 
 
 
 
 
O que vamos encontrar a seguir?
 
 
Lisboa-14 de Fevereiro de 2012
 
 
 
 
 
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Rosa Brava

 

 

 

Quero
branco o poema, e ruivo ardente
O metal duro da rima fragorosa,
Quero o corpo suado, incandescente,
Na bigorna sonora e corajosa,
E que a obra saída desta forja
Seja simples e fresca como a
rosa.

José
Saramago

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

Quem me segue

Mais sobre mim

imagem de perfil

links

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Lista de links