Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Existe um Olhar

Não te preocupes com os que não te conhecem, mas esforça-te por seres digno de ser conhecido. (Confúcio)

Existe um Olhar

Não te preocupes com os que não te conhecem, mas esforça-te por seres digno de ser conhecido. (Confúcio)

Um caminho por onde gosto de andar

02.04.19, Existe um Olhar
Um caminho pedonal com alguns quilómetros, pouca gente e onde gosto de ir porque posso passear e descomprimir sem barulho, com calma e muita tranquilidade. De um lado a Lagoa de Óbidos, do outro muita vegetação. Esta é uma ponte que atravesso, mas o resto do caminho é em terra batida. Geralmente faço-o sozinha porque de vez em quando preciso de paz, de renovar energias e para isso não há lugar melhor que este.  

Estranho caminhar

23.12.16, Existe um Olhar
 Estranho é caminhar na densa névoa: Solitária esta cada planta ou pedra, Nenhum arbusto enxerga o seu vizinho, Cada um está só. Cheio de amigos era, para mim, o mundo Quando luminosa ‘inda era minha vida; Agora que a névoa caiu, Ninguém mais é visível. Não é deveras um sábio Quem não conhece a escuridão Que, suavemente, nos separa De tudo inexorável. Estranho é caminhar na densa névoa: Viver é estar solitário Entre gente que se ignora. Todos estamos sós! Hermann Hesse  

Dias nublados

22.01.16, Existe um Olhar
Nem todos os dias são de sol, se fossem não lhe daríamos valor quando ele aparece. Há que dar valor às sombras para apreciarmos a luz. Será amanhã mais um dia de neblina?  De manhã escureço De dia tardo De tarde anoiteço De noite ardo. A oeste a morte Contra quem vivo Do sul cativo O este é meu norte. Outros que contem Passo por passo: Eu morro ontem Nasço (...)

A trote

07.08.15, Existe um Olhar
 Caminhavam calmamente junto da Lagoa de Óbidos, gosto de os ver com aquele ar imponente, só não gostei de ver a bosta que deixaram no meio do caminho, não eram precisas pistas tão mal cheirosas. Culpa deles? Claro que não, os donos deviam cuidar para que tal não acontecesse e há meios para o evitar.  

A paz está aqui

17.07.14, Existe um Olhar
"Existe um silêncio que é totalmente impessoal. Não é fruto do trabalho de alguém. A paz está lá, mas não há nenhum guardião da paz. Esta paz só é conhecida quando o ruído da pessoa não está presente. Na ausência da ‘pessoa’ não há distrações. Somente a consciência sempre pura prevalece. O Absoluto não é, de todo, a realização de alguém."(Mooji)

A sombra das nuvens

27.06.14, Existe um Olhar
As nuvens são sombrias Mas, nos lados do sul, Um bocado do céu É tristemente azul. Assim, no pensamento, Sem haver solução, Há um bocado que lembra Que existe o coração. E esse bocado é que é A verdade que está A ser beleza eterna Para além do que há. Fernando Pessoa
Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

Quem me segue