Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Existe um Olhar

Não te preocupes com os que não te conhecem, mas esforça-te por seres digno de ser conhecido. (Confúcio)

Existe um Olhar

Não te preocupes com os que não te conhecem, mas esforça-te por seres digno de ser conhecido. (Confúcio)

Estou na onda...

Maio 27, 2013

Existe um Olhar

Uma onda que me faz sonhar que destes vinhedos da região do Bombarral, vão transbordar preciosos néctares.
 
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

São de pedra menina, são de pedra...

Maio 23, 2013

Existe um Olhar

Eu avisei, mas ela teimosa, ainda foi certificar-se se eram mesmo{#emotions_dlg.tongue}
 
Estátua em Sintra
Maio de 2013
 
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tantas histórias por aqui

Maio 19, 2013

Existe um Olhar

As pessoas esqueceram como contar uma história. As histórias não têm mais um meio ou um final. Elas normalmente têm um início que nunca pára de começar. 
 Steven Spielberg
 
Sintra
Maio de 2013
 
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Abrindo caminhos

Maio 18, 2013

Existe um Olhar

Ainda que os teus passos pareçam inúteis, vai abrindo caminhos, como a água que desce cantando da montanha. Outros te seguirão...
 (Saint-Exupéry)
 
Cascata do Pantanha
Rio Mondego
 
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

A subir e a descer contemplando o mar

Maio 13, 2013

Existe um Olhar

 
 
Onde anteriormente só haviam falésias, foi construído um percurso pedonal que nos permite com segurança fazer um agradável passeio sempre a contemplar o mar.
Termina de uma maneira original que mostrei na foto anterior.
 
Passeio pedonal na Foz do Arelho
Maio de 2013

 

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Dorme onde o rio corre

Maio 07, 2013

Existe um Olhar

Entre o sono e sonho,
 Entre mim e o que em mim
 É o quem eu me suponho
Corre um rio sem fim.
Passou por outras margens,
 Diversas mais além,
 Naquelas várias viagens
Que todo o rio tem.
Chegou onde hoje habito
 A casa que hoje sou.
 Passa, se eu me medito;
Se desperto, passou.
E quem me sinto e morre
 No que me liga a mim
Dorme onde o rio corre
 Esse rio sem fim.
Fernando Pessoa, in "Cancioneiro"

 

Rio Mondego

Maio de 2013 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

Quem me segue

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links

Lista de links

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D