Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Existe um Olhar

Não te preocupes com os que não te conhecem, mas esforça-te por seres digno de ser conhecido. (Confúcio)

Existe um Olhar

Não te preocupes com os que não te conhecem, mas esforça-te por seres digno de ser conhecido. (Confúcio)

Na Rua da Vitória

Sem que estivesse à espera surgiu a oportunidade de visitar o Porto, pena que tenha sido só por um dia.
Nesta cidade estudei e fui muito feliz, queria lá continuar a viver, mas não me deixaram, sabe-se lá porquê.
Não vi tudo o que queria, não vi a rua onde vivi nem onde estudei, mas tudo o que visitei deixou-me emocionada.
Hoje, mais do que nunca, quero voltar, porque...

 

"Ausência física, ausência da voz e do cheiro, das risadas e do piscar de olhos, saudade da amizade que ficará na lembrança e em algumas fotos."

Martha de Medeiros
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

On line forever

Uma estrela mais brilhante que as outras brilhou no céu e inundou de luz todos aqueles que contigo privaram no mundo da blogosfera e fora dela.
Estejas onde estiveres nunca te esqueceremos.
 
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O cais e a saudade

 
 
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Saudade é...

 
 
 
 
"Saudade é a solidão acompanhada, é quando o amor ainda não foi embora, mas o amado já...."
(Pablo Neruda)
 
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Passei o dia a ouvir o que o mar dizia

 
Eu ontem passei o dia
Ouvindo o que o mar dizia.
Chorámos, rimos, cantámos.
Falou-me do seu destino,
Do seu fado...

Depois, para se alegrar,
Ergueu-se, e bailando, e rindo,
Pôs-se a cantar
Um canto molhado e lindo.

O seu hálito perfuma,
E o seu perfume faz mal!
Deserto de águas sem fim.
Ó sepultura da minha raça
Quando me guardas a mim?...

Ele afastou-se calado;
Eu afastei-me mais triste,
Mais doente, mais cansado...
Ao longe o Sol na agonia
De roxo as águas tingia.

Voz do mar, misteriosa;
Voz do amor e da verdade!
- Ó voz moribunda e doce
Da minha grande Saudade!
Voz amarga de quem fica,
Trémula voz de quem parte...»
. . . . . . . . . . . . . . . .

E os poetas a cantar
São ecos da voz do mar!

António Botto, in 'Canções'

 

Onde o mar se junta com a Lagoa de Óbidos

Agosto de 2012 

 

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Saudades do Outono

"Quando morremos, deixamos atrás de nós tudo o que possuímos e levamos tudo o que somos." (Autor desconhecido)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

A imponência da costa

"No meio de toda dificuldade encontra-se a oportunidade." (Albert Einstein)
 
 
O Sábado estava chuvoso, nuvens cinzentas e encasteladas decoravam o céu. Gosto de dias assim. Gosto de regressar e recordar os  passeios que fiz ao longo  deste areal que se estende por vários quilómetros desde a Lagoa de Óbidos até á praia da Almagreira, bem perto do Baleal.
Hoje lá do alto contemplo a paisagem e mais não posso fazer que isso. A erosão é de tal ordem que me impede de fazer a caminhada de outrora, se o fizesse arriscava ficar presa nalguma rocha logo que a maré subisse.
Não houve passeio...ficou um olhar!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

Quem me segue

Mais sobre mim

imagem de perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Lista de links

Quem me visita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

links