Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Existe um Olhar

Não te preocupes com os que não te conhecem, mas esforça-te por seres digno de ser conhecido. (Confúcio)

Existe um Olhar

Não te preocupes com os que não te conhecem, mas esforça-te por seres digno de ser conhecido. (Confúcio)

Gosto de sorrisos assim

14.06.18, Existe um Olhar
Sorrir é a melhor arma para enfrentar a conquista dos nossos sonhos Esta é uma foto que tirei algures em S. Tomé a uma senhora que nos sorria atrás da sua quitanda (taberna) onde vendia as famosas nacionais, cerveja bem fresquinha que tem que ser bebida na hora, porque não  há reciclagem e todas as garrafas são reutilizadas. Com o calor que se sentia muitas nacionais eu bebi e o sabor não fica nada atrás, em qualidade, das que se vendem por cá.

Fragilidades

10.04.15, Existe um Olhar
   E me perguntei a que me referia com coisas frágeis. Parecia um belo título para um livro de contos. Afinal, existem tantas coisas frágeis. Pessoas se despedaçam tão facilmente, sonhos e corações também. Neil Gaiman    

No aconchego do meu canto

28.12.14, Existe um Olhar
 Todos partiram, apagaram-se as luzes. Um silêncio desejado envolveu-me. A lareira crepita, fixo o meu olhar nas chamas que iluminam a sala, o meu olhar perde-se no meio delas, voo para longe...sonho, embalo os meus pensamentos que se embrulham e desalinham e voam para um mundo que quero só para mim, que eu invento, reinvento e me transportam para longe da realidade. Deixo de ser eu, sou por breves instantes o que quero ser quando um dia as chamas se apagarem e voltar a acordar para (...)

Passam os sonhos por mim

24.05.13, Existe um Olhar
Como nuvens pelo céu  Passam os sonhos por mim.  Nenhum dos sonhos é meu  Embora eu os sonhe assim.  São coisas no alto que são  Enquanto a vista as conhece,  Depois são sombras que vão  Pelo campo que arrefece. Símbolos? Sonhos? Quem torna Meu coração ao que foi?  Que dor de mim me transtorna?  Que coisa inútil me dói? Fernando Pessoa Praia da Foz do ArelhoCaldas da Rainha 

Como nuvens no céu passam os sonhos por mim

20.10.12, Existe um Olhar
Como nuvens pelo céu Passam os sonhos por mim. Nenhum dos sonhos é meu Embora eu os sonhe assim. São coisas no alto que são Enquanto a vista as conhece, Depois são sombras que vão Pelo campo que arrefece. Símbolos? Sonhos? Quem torna Meu coração ao que foi? Que dor de mim me transtorna? Que coisa inútil me dói?  (Fernando Pessoa) S. Martinho do PortoOutubro de 2012  
Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

Quem me segue