Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Existe um Olhar

Não te preocupes com os que não te conhecem, mas esforça-te por seres digno de ser conhecido. (Confúcio)

Existe um Olhar

Não te preocupes com os que não te conhecem, mas esforça-te por seres digno de ser conhecido. (Confúcio)

Além da Terra, além do Céu...

23.07.15, Existe um Olhar
  Além da Terra, além do Céu, no trampolim do sem-fim das estrelas, no rastro dos astros, na magnólia das nebulosas. Além, muito além do sistema solar, até onde alcançam o pensamento e o coração, vamos! vamos conjugar o verbo fundamental essencial, o verbo transcendente, acima das gramáticas e do medo e da moeda e da política, o verbo sempreamar, o verbo pluriamar, razão de ser e de viver. Carlos Drummond de Andrade    

Em terra estranha

22.11.10, Existe um Olhar
A chuva chove mansamente… como um sono que tranqüilize, pacifique, resserene… A chuva chove mansamente… Que abandono! A chuva é a música de um poema de Verlaine… E vem-me o sonho de uma véspera solene, em certo paço, já sem data e já sem dono… Véspera triste como a noite, que envenene a alma, evocando coisas líricas de outono… …Num velho paço, muito longe, em terra estranha, com muita névoa pelos ombros da montanha… Paço de imensos corredores espectrais, onde (...)
Direitos de Autor Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março. Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo para que sejam retiradas de imediato. manuelapereira3@sapo.pt

Quem me segue